Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioPortalGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Código da Origem - Galruk

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Set 29, 2018 6:35 pm

- Vejo que está realmente interessado.

ele caminha de volta para a escada, enquanto fala:

- Se sairmos agora, chegamos lá ao anoitecer. Inclusive, eu estava indo para lá quando te encontrei, mas estava disposto a auxiliá-lo se fosse preciso. Enfim, Chagando lá, um dos companheiros nos levará a um abrigo, que fica próximo da casa de Hethshep. Quando a noite cair completamente, é que vamos agir, pois é só essa a vantagem que temos. Os magos de Mulhorand são muito poderosos, e os que podem pagar caro, empregam guerreiros tão fortes quanto. E ainda assim, temem os perigos da noite. Devemos ser sorrateiros e rápidos, e com a ajuda dos harpistas infiltrados teremos êxito.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Set 29, 2018 6:43 pm

Sorrateiros... É um plano arriscado. Mas ainda um bom plano.

- Então podemos ir, pois já gastamos algum tempo aqui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Set 29, 2018 8:15 pm

Vocês fazem o caminho inverso pelo qual vieram, e o pequeno pega, antes de deixarem a casa, alguns mantimentos para se manterem na viagem. Você observa que ele fica preocupado, como se algo tivesse sumido.

- Devia ter pedido mais um pouco de torrada para o Gendrew, quando estive na Capital.... - diz ele indignado. então volta-se para você - Vamos, temos que pegar uma montaria para nós, assim chegamos mais rápido a Neldorild.

E vocês saem, com a esfera queimando escaldantemente sem dó sobre suas cabeças.

- Cubra-se! Evita que nos identifiquem e que se queime com esse calor!

Caminham discretamente por uma rua movimentada, as pessoas parecem ignorar a presença de vocês lá, você vê uma Criaturinha branca peluda, de olhos vermelhos, com orelhas compridas e patas traseiras avantajadas atravessando a rua no sentido oposto ao que fazem, e quando o animal está perto o suficiente para ser pego por vocês, Esselyn desvia e deixa-o passar. Vocês continuam até que chegam a uma outra casa, onde há criaturas muito exóticas para sua vista: algumas brancas e elegantes, outras marrons e desengonçadas, mas você vê que os cidadãos montam nelas. O pequeno escolhe uma delas - estranhamente a mais desengonçada - e entrega algumas moedas ao vendedor, que entrega o animal a você, e não pra Esselyn.

- Já montou em alguma criatura antes? - Pergunta.

Então ele improvisa uns arreios e sobe com facilidade no animal, aguardando que você faça o mesmo.

Citação :
OFF: Faça um teste de cavalgar.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Set 29, 2018 11:08 pm

Criaturas estranhas e costumes estranhos era de se esperar num mundo estranho. Mas absorver tudo isso é um impacto que não se prevê completamente. Criaturas que se sustentavam em quatro pernas sustentavam outras criaturas. Já ouviu falar de montarias, mas aquelas eram inusitadas. As duas criaturas se encaixavam com tamanha perfeição que pareciam ter sido feitas para isto. Mather Esselyn passa então algumas cordas e tecidos pelo torso da criatura e pula pra cima. E então é a sua vez.

O githzerai tenta imitar os movimentos de seu pequeno companheiro. Porém este era mais leve e possuía mais facilidade para a manobra. Galruk apoia um braço nas cordas e tenta dar o salto jogando seu corpo para deslizar por cima do cavalo, começando por uma das pernas até ficar na posição montada.

Tesde de cavalgar escreveu:
Paulo efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
12
Mod Des +5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Set 30, 2018 4:07 am

- Muito bem! - Diz o pequeno - Para um estrangeiro, até que você tem jeito para a coisa! Então você guia o "camelo"! Eu só digo a direção que vamos seguir.

Esselyn dá um comando com a boca, fazendo um ruido seco, e o animal se põe a andar. Ele é tão desengonçado, que o balanço nos quadris e ombros chega a ser incômodo. Ele refuga algumas vezes quando é necessário mudar de direção, ou logo depois de parar, ter que andar novamente. Só o fato de tentar domar a criatura já daria uma verdadeira Saga! Você vê, enquanto se aproximam dos limites da cidade, uma espécie de veículo, flutuante, com algumas peças de pano muito grandes que reagem com o soprar do vento, indo em direção à uma daquelas estruturas enormes, talvez a Universidade, ou a Escola de magia.

O caminho entre Gheldaneth e Neldorild é muito arenoso, semelhante ao caminho que fizera quando atravessou o portal para este plano.  De vez em quando um vento sopra mais forte, os obrigando a cobrir os rostos... Há muitas daquelas "hastes" flexíveis com profusão verde no topo enquanto estão perto da cidade, mas até onde a vista alcança, não se vê nada a não ser a areia branca cobrindo tudo e fazendo o efeito da esfera brilhante ficar mais intenso, que aliás, você observa que por mais que se distanciem da cidade, a esfera brilhante insiste em os acompanhar!

Às vezes avistam ao longe, caravanas se deslocando no sentido oposto ao que seguem, as pessoas os cumprimentam, mas quando podem vê-los melhor, se assustam e aceleram a marcha, deixando-os para trás. Tirando esses contratempos e o calor, a viagem é tranquila; parece até mais segura que estar andando na cidade. Algum tempo depois, a esfera finalmente parece ter se cansado e começa a se esconder ao longe, ao mesmo tempo que vocês se aproximam da entrada de Neldorild.

A primeira vista, a cidade é muito parecida com Gheldaneth, com estruturas enormes e rebuscadas, exceto por haver muitas construções inacabadas que parecem concentrar boa parte dos escravos.  Tem um "homem" que assim que os avista, faz um sinal e Esselyn diz para você guiar o camelo até lá, pois ele é um dos Harpistas que estão ajudando no resgate. Amarram o animal numa das dependências da casa, então entram e aguardam anoitecer completamente. Enquanto isso não acontece, "o anfitrião" tira o capuz e se apresenta:

- Sou Jaheira de Tethyr, prazer em conhecer, Sr?

É uma humanoide clara com orelhas um pouco compridas, madeixas douradas dispostas em tranças muito bem trabalhadas e olhos verde-azulados. Por baixo do capuz e da capa suas vestes são de pele de alguma criatura da região e farrapos.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Set 30, 2018 5:28 pm

Em situação normal ele utilizaria o tempo da viagem para fazer algumas perguntas. Mas o calor era tão intenso que preferia economizar energia e seguir calado. Ele lembra do mapa que Esselyn lhe mostrara com inscrições em um idioma familiar.

Que idioma é esse?

Quando se aproxima do homem, para a surpresa do githzerai, por baixo do capuz é uma mulher.

Citação :
- Sou Jaheira de Tethyr, prazer em conhecer, Sr?

- Meu nome é Galruk. Eu vim com Mather Esselyn para ajudar com o resgate.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Set 30, 2018 8:40 pm

Citação :
OFF: escrito com o alfabeto que os Illitids escravagistas usavam para escrever seus documentos: o Espruar

Galruk escreveu:
- Meu nome é Galruk. Eu vim com Mather Esselyn para ajudar com o resgate.

- Por favor, minha casa é sua! Se é amigo de Esselyn, é meu amigo também!

Então eles abrem uns mapas no chão e começam a falar sobre as estratégias do resgate de logo mais. Eles te chamam para a conversa, para que esteja a par de toda a operação. Como só têm uma noite para fazer todo o processo, é crucial que todos saibam seus papéis para não haver falhas. Eles também, separam os mantimentos, pois provavelmente passarão aqui antes de seguirem de volta para Geldaneth. A anfitriã, lhe pergunta:

- Então, Galruk, parece que está engajado na missão. Já tem equipamentos? De qual função ficou encarregado?

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Set 30, 2018 10:02 pm

Citação :
Citação :
OFF: escrito com o alfabeto que os Illitids escravagistas usavam para escrever seus documentos: o Espruar
Com a lembrança uma grande surpresa toma o githzerai e um arrepio invade seu corpo, que ele afasta sacudindo o corpo com veemência.

Citação :
- Por favor, minha casa é sua! Se é amigo de Esselyn, é meu amigo também!

Sem saber o que responder, Galruk faz um singelo e respeitoso meneio de cabeça, como quando lá no monastério recebia uma palavra ou tarefa que lhe confiavam responsabilidade.

Citação :
- Então, Galruk, parece que está engajado na missão. Já tem equipamentos? De qual função ficou encarregado?

Galruk perde o olhar por uns instantes para pensar e responder:

- Eu posso me adaptar a várias situações e normalmente observo a situação antes de agir. E tenho algumas habilidades para um combate leve.

Depois olha para Jaheira de Tethyr e pergunta:

- Onde ficam os cativos do mercador Kohar-De Hethshep e como é o local? Quantos somos nessa missão e quais as habilidades de cada um?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Seg Out 01, 2018 2:07 am

Galruk escreveu:
- Onde ficam os cativos do mercador Kohar-De Hethshep e como é o local?


Ela te leva a um local mais alto da casa, e te mostra uma outra, a poucos metros de distância.


- Vê aquela casa ali? É onde Hethshep mora e mantém os escravos mais valiosos. - Mostra um papel com um desenho.

- Eles ficam no piso de cima. Quando a noite cair, subiremos por essa escada - diz fazendo o caminho com o dedo indicador (em amarelo).

Galruk escreveu:
Quantos somos nessa missão e quais as habilidades de cada um?

- Somos nove, com você.  Eu e o pequeno Mather aqui, somos servos dos Deuses, agentes da natureza. Ele é mais da cidade, e eu das florestas. Temos um Harpista que nos aguardará do outro lado do portal, para guiar os Aaracrokas a um refúgio, e os demais são espiões infiltrados como servos de Kohar-De Hethshep. Todos muito habilidosos. Se algo der errado, eles nos darão cobertura.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Seg Out 01, 2018 9:35 am

- São cinco harpistas disfarçados como servos. - responde depois de fazer o cálculo.

Eles não estão tão despreparados como eu temi.

- Somos nós três entraremos e retiraremos os prisioneiros de lá? Como saberemos quem é harpista? Acredito que vocês têm tudo planejado, então eu gostaria de saber todos os detalhes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Seg Out 01, 2018 6:43 pm

Os dois riem, mas compreendem seu questionamento. O pequeno lhe diz:

- Fazemos isso há muitos anos, Caro Galruk, temos plena confiança uns nos outros.
- Mas se quer uma dica - completa Jaerana - serão os únicos acordados quando chegarmos.


Então eles mostram no mapa onde cada espião estará ao invadirem a casa: um deles é o guarda, o outro é o mordomo, outro é o cozinheiro, outro cuida dos silos e outro cuida dos animais e escravos.

- Eles permanecerão na casa, mesmo depois de sairmos. Devemos ser rápidos e precisos, pois do nosso sucesso depende a integridade física dos espiões.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Ter Out 02, 2018 1:55 pm

- Eu me coloco à disposição de vocês.

Coloca a mão direita no peito e depois estica o braço. Reforçando suas palavras com gestos, indicando sua confiança nestes dois.

- Utilizem minhas habilidades para o sucesso dessa missão.

Tomando um ar menos solene e mais prático, diz:

- Quanto ao equipamento eu carrego essas adagas - toca as adagas com as mãos - e uma lança.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Qua Out 03, 2018 3:10 am

Esselyn diz:

- Pode levar, esperamos não ser necessário, mas pode nos ser útil!

Eles voltam para a parte de baixo. Nisso, o pouco que se ouvia da movimentação lado de fora, quase não é mais perceptível, e Jaheira "desperta o fogo" em umas colunas partidas pela metade que se dispõem nos cantos da casa, para que não fiquem totalmente no escuro.

- Esta "noite", "Shar" tomou o lugar de sua irmã, portanto não teremos a proteção dela. Levemos algumas "tochas" extras, pois estará bem escuro!

Ela então pega uns bastões bem rústicos, e um recipiente com um líquido espesso. Pega umas tiras de tecido branco e os embebe nesse líquido, depois enrola essas tiras numa das extremidades de cada bastão, e os coloca juntos numa espécie de "carregador de bastões".

- Mather - pergunta preocupada - Trouxe aquelas comidas especiais?

- Infelizmente não, esqueci de passar na casa do casal quando estive na capital... - Diz o pequeno triste.

- Tudo bem, tenho umas "poções" aqui. Espero que não tenham muitos feridos.

Depois do diálogo, eles continuam os preparativos para a missão de resgate. Eles te ensinam alguns sinais que usarão para não terem que usar a voz para se comunicar. E você percebe que a claridade lá fora começa a desvanecer lentamente. A casa, também tem um tratamento especial: eles forram o chão com algumas coberturas, provavelmente para receber os mais fracos ou feridos antes de voltar para Gheldaneth... Ao final, te entregam um daqueles bastões e ficam no aguardo.

- Falta pouco agora...- Diz Esselyn ansioso - Não será possível contar com as bênçãos de "Selûne", mas poderemos ver suas "Lágrimas". - Mostrando a janela para você - Assim que avistá-las, vá lá fora, pegue o camelo e ponha os equipamentos nele - com o máximo de discrição possível. Eu e Jaheira tomaremos a dianteira...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Qua Out 03, 2018 9:25 am

O estrangeiro ouve algumas expressões novas -shar, tocha, selûne -, porém agora não havia tempo para explanações. Deveria compreender o melhor que pudesse, pois o essencial já havia sido comunicado. Porém, uma clava parcialmente enfaixada lhe fora entregue. Talvez tivesse o uso óbvio de uma clava, porém aquela faixa molhada servia para que?

- Qual a função?

Lágrimas de "sêlune". Enquanto olhava pela janela parte da história de seu povo que lhe fora contada repassou por sua memória. Seu povo, ainda escravo dos devoradores de mente, havia se preparado por muito tempo em segredo de seus captores. Zerthimon descobriu a força da mente e preservou a liberdade de seu espírito mesmo em meio ao cativeiro. Cada um de seu povo também conheceu essa liberdade, e juntos eram mais fortes. Agora era vez de outros conhecerem a liberdade.

Sua atenção é chamada por alguns pontos luminosos que surgem distantes. Lágrimas de selûne. Galruk então pega as tochas extras, poções e outros equipamentos que deixaram para que ele carregasse, desce e os leva até o camelo. Observando a criatura prende os equipamentos às cordas e tecidos atados a ela. Depois de observar o serviço e se imaginar montando a criatura, rearranja algumas partes do equipamento de modo que não atrapalhe o processo que experimentara durante o percurso de Mulhorand até Neldoril.

O githzerai então retira seu psicristal, que ficava guardado em um compartimento interno de suas vestes, e leva-o em sua mão. Observa se não há ninguém ao redor ou em seu caminho até à casa de Hethshep e avança até a entrada da casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Out 06, 2018 4:19 pm

Paulo escreveu:
- Qual a função?



- Já verá. - diz Mather fazendo um sinal positivo com a cabeça para Jaheira.

Esta então aproxima o bastão dela da coluna flamejante próxima, que "aceita" a transposição prontamente e em seguida aproxima o bastão dela ao seu, ocorrendo o mesmo fenômeno. Você deduz que aquele ritual praticado com as tiras de pano anteriormente, certamente produziram uma espécie de "condutor" do fogo! Primitivo, mas engenhoso...

Como planejado, Esselyn e Jaheira seguem para a casa de Hethshep na dianteira, enquanto você os acompanha silenciosamente com os equipamentos logo atrás. Neste momento, você entende porque o pequeno escolhera o animal desengonçado: Neste solo arenoso, suas patas se ajustam adequadamente, e não fazem barulho algum, pois ele se mostra bastante adaptado a esta condição. No caminho, silencio... Talvez o fenômeno mais incomum que já tenha experimentado desde que chegou a este plano. Não tem luz, não venta, não há som de animal ou habitante, somente as tochas acesas e o respirar e o bater de seus corações os acompanham no percurso.

Quando se aproximam da fachada da "prisão", o 1º dos Harpistas os recebe, com gestos silenciosos:

O Harpista pergunta

ele- quem é?

Esselyn responde

ele - apoio - junto - nós
Então o harpista diz

guardas - arqueiros - dono - dormir

Águias (por associação Aaracrokas) - pequenos - grandes - familia

Aaracrokas - algemados - acorrentados - espaço pequeno

Ele então mostra o caminho da escada para vocês seguirem, e pega o camelo e leva-o para o jardim da casa, para que não levante suspeitas caso alguém passe por lá. A expectativa, ao chegar, era de ver os Aaracrokas todos juntos mas, para sua surpresa, o cômodo está vazio! Então todos os três presentes se vêem num impasse.

Citação :
OFF: você está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Out 06, 2018 9:41 pm

Seguiu os outros dois, perseguindo o fluxo, resultado da organização e experiência deles. Possuíam um sistema de gestos para se comunicarem em silêncio, com movimentos expressivos e interessantes de se observar. Chegaram num ponto que saía fora do plano. O objeto da missão não estava onde era esperado. Olha para eles tentando perceber se havia compreendido mal alguma coisa, mas todos estava perdidos.

Será que ainda estão na casa?

Galruk observa o cômodo para tentar perceber algum sinal de que houve prisioneiros ali.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Out 07, 2018 3:25 am


Enquanto Jaheira e Esselyn verbalizam por gestos, você nota que o Cômodo está vazio, limpo, sem sinal de que alguma alma esteve aí. Não tem decorações, forro no chão, nada; a não ser pela parede cheia de inscrições em idioma local... Com a iluminação da tocha, as inscrições reagem como os adornos de alguns cidadãos que vira mais cedo, quando estavam sob efeito da esfera luminosa. Tem umas imagens maiores e inscrições em volta delas, inscrições estas que cobrem do teto ao rodapé das paredes.

Citação :
OFF: Você pode jogar procurar /observar/ ou ativar alguma habilidade psiônica
ou ainda, fazer algo totalmente diferente do sugerido!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Out 07, 2018 9:31 am

Ele se aproxima dos dois e interrompe a conversa por gestos, fazendo um sinal para que vejam os símbolos e inscrições, aproximando a tocha da parede. Se tivesse algum significado eles talvez soubessem dizer.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Ter Out 09, 2018 1:20 pm

Quando vocês passam da linha do umbral, vocês sentem um formigamento muito forte, começando das extremidades e seguindo para o coração, dando uma sensação enorme de "desfazer-se". Segue-se um zumbido audível interiormente e depois um clarão, que o cega momentaneamente. Algum tempo depois você se vê com seus companheiros em um recinto escuro, construído com pedaços de pedra retangular lisa. Não há inscrições na parede, o teto é liso como as paredes, mas parece que o ambiente aqui é úmido.

- Caímos numa armadilha - diz Mather
- Calma... Ainda pode haver uma forma de encontrar os prisioneiros e sair daqui - Diz Jaheira calmamente.

Além desse lugar onde vieram parar, que é um quadrado da mesma extensão do quarto no terraço, vocês vêem um corredor que se estende na escuridão.

Citação :
OFF: Está livre para (inter)agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Ter Out 09, 2018 6:18 pm

Jaheira de Tethyr escreveu:
- Calma... Ainda pode haver uma forma de encontrar os prisioneiros e sair daqui.

- Sempre tem.

A liberdade começa dentro de si.

- Vamos ver o que temos aqui.

Estende a mão com a tocha para iluminar todos os cantos da sala, baixo e alto, pra ver se encontra algo significativo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Qua Out 10, 2018 3:03 am

Na sala não tem nada, só as pedras lisas e aparentemente "brancas". Só há muita umidade e a saída para o corredor que segue indefinidamente. enquanto você averigua o local, seus acompanhantes se preocupam:

- Só temos nossas armas e duas tochas!
- Espero que durem por todo o percurso e mais um pouco!


Citação :
OFF: você pode armar uma estratégia com eles se quiser.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Qui Out 11, 2018 7:26 pm

Citação :
- Só temos nossas armas e duas tochas!
- Espero que durem por todo o percurso e mais um pouco!

- Vamos procurar uma saída.

Enquanto anda até o corredor, pergunta: - Qual a duração das tochas?

Chega ao corredor, e observa se o corredor vai por apenas um lado. Ativa a auto-propulsão de seu psicristal, para que ele vá seguindo pelo teto. Como parece que ninguém tem a vantagem de conhecer o local, eu posso tomar a dianteira.: - Eu vou na frente, mas não se desatentem com as costas.

Do pequeno cristal que carregava surgem membros finos e luminescentes, de uma substância sólida, mas levemente translúcida, tomando forma das pernas de uma aranha. Suas pernas começam a se movimentar e rapidamente o cristal sobe pela parede até chegar ao teto, logo acima dos três, acompamhando a velocidade do grupo e mantendo-se, aproximadamente, a um metro deles.

Galruk põe-se então a andar conforme sua visão acostumada a pouca luz lhe permitia, com seus sentidos atentos a qualquer anormalidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Out 13, 2018 2:43 am

- Vamos procurar uma saída. Qual a duração das tochas?

- Bem observado, Caro Galruk, Elas duram entre uma e duas horas... Como só temos duas, mantenhamos a sua acesa somente, e quando o fogo estiver apagando, acendemos a de Jaheira, assim teremos iluminação por mais tempo! - Lhe diz Esselyn com um ar de "Fiz bem em trazer o forasteiro conosco!"

Jaheira faz um sinal positivo com a cabeça e cobre a tocha com o couro de seu equipamento, e o fogo fenece rapidamente. Para você, dois pontos ficam no ar: o primeiro, é esse período de tempo deles - uma hora, duas horas... não é muito preciso. o segundo ponto é como essas criaturas deste plano tão estático conseguiram ter "poder" sobre o elemento fogo dessa forma? Elas o subjugam, não são unas com ele, e ainda assim, ele cede aos seus caprichos...

Você chega à "entrada" do corredor e a iluminação da tocha te permite ver até a distância de seis passos largos seus que o corredor desce numa rampa íngreme, porém escalonada, que dá para apoiar os pés sem deslizar ou cair. Além dos seis passos, a tocha ilumina debilmente até doze passos largos e você enxerga mais seis passos no escuro além destes... porém, só vê parede lisa, o teto iguelmente liso, que acompanha a rampa.

- Eu vou na frente, mas não se desatentem com as costas.

Os acompanhantes apenas oscilam as cabeças positivamente. Tanto Jaheira quanto Esselyn, sacam suas armas, e o acompanham o mais próximo que podem, sem no entanto, atrapalhar seus movimentos. Lá embaixo, mesmo a essa distância considerável e a iluminação precária, Você vê pontos minúsculos de luz, parados, num canto inferior do corredor.


Citação :
OFF: Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 267
Idade : 31
Data de inscrição : 30/07/2008

Ficha
Nome: Daemot
Raça: Humano
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Sab Out 13, 2018 1:49 pm

Ao ver os pontos luminosos à distância Galruk se comunica com seu cristal para se adiantar e aumentar a distância relativa para dois passos, enquanto caminha preparado para sacar alguma de suas armas ou usar algum de seus poderes. Como seu psicristal tem uma sensibilidade maior, com isso ele aumentar seu campo de visão, permitindo um tempo maior de reação antes de encontrar alguma surpresa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 296
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   Dom Out 14, 2018 1:40 am

O cristal se adianta enquanto você prossegue com cautela. Ele lhe "diz" que são criaturas minúsculas que estão amontoadas, mas não tem como saber se são agressivas.  É um grupo de quinze companheiros e quando percebem que vocês estão se aproximando começam a fazer um ruído muito agudo, chega a incomodar.

- São ratos? - pergunta Jaheira
- São sim! - responde Esselyn
- Nesse caso, não há perigo. Ratos fogem ao menor sinal de perigo. - Diz Jaheira a você, enquanto toca seu ombro.

Porém, assim que chegam lá embaixo, os animais se mostram agressivos e os atacam, dividindo-se igualmente para cada aventureiro.


Citação :
OFF: Rolagem das Iniciativas!

Galruk - Role sua iniciativa, seu ataque e dano se quiser, ou também, alguma outra manobra que achar propícia

Iniciativas dos demais:
Jaheira +2:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
4
Esselyn +5:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
20
ratos +2: (três d20, 1 para cada grupo de 5)
Erulindya efetuou 3 lançamento(s) de dados (d20.) :
16 , 6 , 11

Jogadas de ataque:
Jaheira (sabre)+2:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
17
Esselyn (sabre)+2:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
17
ratos (mordida)+4:
Erulindya efetuou 3 lançamento(s) de dados (d20.) :
14 , 7 , 8

Jogadas de Dano, caso acertem:
Jaheira +1:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
5
Esselyn +1:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados d4 (Imagem não informada.) :
2
ratos -4 :
Erulindya efetuou 3 lançamento(s) de dados d3 (Imagem não informada.) :
3 , 1 , 3
[/quote]

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Código da Origem - Galruk   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Código da Origem - Galruk
Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» Consiga um código pra alpha de Evoke
» Tutorial Bug Cupon - DDTANK PIRATA
» Gavião Negro terá origem contada em Arrow e The Flash
» [VB3/VB4][Dica][Código] Quando usar SendKeys
» Tradutor de LUA para Python código fonte.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: PLAY BY FÓRUM :: Jogos :: Forgotten Realms :: Temporário-
Ir para: