Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko

Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 12:25 am

Faerun

Ano da Magia Selvagem

Véspera do Dia do Inverno Morto

As pessoas estavam animadas na noite passada, muita gente decorando suas casas com fitas, algumas igrejas colocaram algumas imagens para fora e decoram as entradas com as cores de suas divindades, o comércio local ao invés de fechar para descansar preferiu deixar as portas abertas para recepcionar sabe-se lá quem. Ruas ficaram enfeitadas, o fluxo dos guardas locais aumentou consideravelmente, senhorinhas montavam barraquinhas de doces e guloseimas na frente de suas casas. Todos esbanjavam um sorriso contagiante como se algo muito bom estivesse pra acontecer, apesar de o frio e da neve tomar conta nessa época do ano.

À medida que a noite avança, você nota que chegam caravanas e mais caravanas, seja pela Estrada Real, seja pelo porto da cidade, todos animados. Estes "forasteiros" não são muito diferentes dos habitantes de Hlammach, talvez sejam de cidades próximas daqui de Impiutur mesmo. Mas eles, passam direto para se hospedar em algum lugar enquanto ainda há vagas. A neve cobre toda a vista com uma fina camada, o suficiente para divertir as crianças que correm serelepes não muito longe da vista dos pais.

Dia do Inverno Morto

No dia seguinte as festividades começam cedo. O Senhor destas terras Lord Eldrar Forgecrown sobe num púlpito e anuncia o início do festival.

- Declaro iniciadas as festividades do Dia do Inverno Morto! Divirtam-se!

Ele sai em seguida e desaparece no meio da multidão que o observava falar. Os clérigos abençoam o festival e as crianças da cidade. As pessoas que dormiram nas estalagens saem para curtir a festa e conhecer o local. Não demora muito para você ouvir uma confusão acontecer numa taverna... E o dia segue alegre e festivo. Cheio de oportunidades de aventuras. Você se vê dentro deste contexto.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 3:05 pm

Que lindo dia.....

Com essas palavras em sua pente a jovem despertou, estava muito entusiasmada, logo seria dado inicio as festividades... Bardos com suas musicas e histórias, comidas gente bonita e principalmente com itens brilhantes.... Itens brilhantes, como gostava de brincar e apanhar coisas em meio a tanta gente que chegava a cidade nessa época.
Gente que a mais de 3 dias chegavam aos bocados, mais do que de costume, em especial na noite anterior, verificou um número maior adentrando a cidade, enquanto passeava pelos telhados das casas em busca de alguma janela entreaberta.

Logo logo o regente daria por iniciada as festividades, não sei por que isso, afinal as pessoas já estavam em clima de festa, cidade decorada, pessoas com suas melhores roupas.. Como se algumas palavras de aprovação ou reprovação pudessem mudar o clima da cidade que lucrava muito nesse tempo.

Mas tudo bem, hora de se misturar em meio a multidão, procurar alguns itens e talvez vender outros que entalhara ou mesmo se desfazer de algum pelo qual perdera o interesse.

Ah como era bom estar ali, ver outras crianças pulando e pregando algumas peças. Sem duvida pregar peças nos anões era o melhor, ver aqueles ranzinzas com olhar de raiva, e boca suja de tantos xingamentos.

Tédio não existia, afinal seria só dar uma ida na taverna para escutar algum bardo bêbado, ou algum brutamontes querendo se mostrar o mais forte... Brigas servirão apenas para uma coisa, bolsas de ouro perdidas e a minha esta vazia, talvez uma visitinha não seja ruim, ao menos sempre conseguia alguma bebida de graça ou alguma informação, afinal tinha que estar sempre de ouvidos bem abertos, nessa vida, conhecimento era a melhor de suas armas.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 4:51 pm

Seguindo para a taverna, você vê que as pessoas de porte mais "nobre" evitam entrar lá. Tem alguns cavalos aguardando seus cavaleiros do lado de fora, uma ou outra moça sai para dar uma respirada... Entrando no estabelecimento, oque era uma zona se converte em silêncio, porque todos - todos mesmo, incluindo as meninas que servem os baderneiros - param para ver você. Enquanto anda por entre as mesas, pescoços torciam para manter as cabeças voltadas para você, um ou outro ameaçava tocá-la, mas as atendentes os impediam. Parecia que sua imagem era como um raio de sol a iluminar aquelas pobres faces que agora sofriam com a chegada do inverno.

No caminho, você vê que a casa está cheia, tem muitos clientes, muitos beberrões, as meninas estão muito bem distribuídas pela casa, não tem mesa livre para você se sentar. Tem um grupo distinto vendo uns anúncios no mural ao lado, tem panelinha aqui para todos os gostos...

O taverneiro faz sinal para que você vá até o balcão, pois há um lugar livre lá. No caminho ouve cochichos:

- De onde veio essa Deusa?
- Como nunca a vi antes por aqui?
- Se tivessem me dito que teríamos esse espetáculo teria vindo antes.
- Será que deita comigo?
- Quem será?
- Como será?
- Porque não?
- Ora, fiquem quietos! Ela deve ser uma escolhida!

E por aí vai. Quando chega no balcão, o taverneiro lhe diz:

- Como pode ver, a casa hoje está cheia. Se quiser se apresentar, tudo o que eles te derem em moeda é seu. Quando tiver fome ou sede é só me avisar que eu te sirvo.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 5:53 pm

Casa cheia, isso é bom, também já era de se esperar, era interessante interagir com pessoas, umas agradáveis outras nem tanto.

-É Ralf, a casa tá mesmo cheia -Dirigia a palavra ao taverneiro, cujo nome podia ou não ser Ralf, mas era um bom nome, tinha acústica, e sendo franca, ele realmente tinha cara de Ralf.
Era hora do Show... acenou para as meninas que serviam as mesas, claro que as conhecia, e sempre que podia as ajudava, principalmente com as gorjetas que alguns "clientes" não deixavam mas que deveriam. Claro que a doação não era voluntaria mas também não poderia ser algo que comprometesse sua presença. As moedas em si eram boas, os aplausos divertidos, o que realmente importava era a sensação. Quem sabe em outra ocasião de seu passado não haveria de ter nascido em uma família com algum Bardo? Quem sabe?.
Se dirigiu ao local nos fundos da taberna, onde podia se preparar, já havia trazido uma outra muda de roupa, e alguma maquiagem. Um disfarce para cantar, afinal fama não era bom para os negócios, e já era dona de uma aparência muito exótica.


Pronta, hora do show, acenou para as meninas se prepararem, elas é que passavam as informações sobre quais clientes mereciam, possuíam ou estavam bêbados de mais para perder suas gibreiras de ouro.
d20 20 1

________________________________________________


Última edição por Kitsune Neko em Dom Set 09, 2018 3:19 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 6:22 pm

Realmente, você capta a atenção dos baderneiros de plantão na taverna. Até mesmo "Ralf" assiste sua apresentação. Enquanto se apresenta, você vê as meninas apontando discretamente para um ou outro aventureiro distraído - e apaixonado - nas mesas. Você ouve comentários:

- É uma Diva...
- Podia ter nos fulminado com sua presença, mas preferiu nos entreter!
- Taverneiro! Pague uma dose de sua melhor cerveja para essa distinta Dama!
- Não, taverneiro! Eu pago!
- Não, eu!
- Eu, eu!
- A deusa é minha!

Vira uma bagunça! Quase todos se levantam e começam e discutir quem seria o sujeito que pagaria uma bebida à sua pessoa, ainda DURANTE sua apresentação. As meninas piscam pra você, sinalizando o momento de agir! Com a zona armada, "Ralf" espera apenas que seu estabelecimento chegue ao fim do dia inteiro...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 6:47 pm

Ovacionado por uma plateia nada exigente... Um dia quem sabe poderia se apresentar em alguma sala de nobres com seus lindos adornos, que é claro estariam melhor em mim do que neles. Mas até esse momento chegar, o local era esse e a questão era o agora. Captou rapidamente os olhares e sabia para quais alvos se dirigir.

Rápida como uma gatinha, pulava de gibreira em gibreira, enquanto apanhava varias canecas de cerveja, claro que não era preciso beber todas afinal estava a trabalho, e tão pouco podia deixar os clientes infelizes, pois Ralf precisava vender. Ksune precisava de roupas novas para as festividades, e as meninas da taberna estas seriam reembolsadas pelos "Desagrados"

lançamento(s) de dados  (d20.) :

- Prestidigitação +4 furtar os meliantes
Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
14

- Blefar +7 em caso de se apanhado seduzindo
Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
13

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 7:07 pm

Habilidosamente faz uns movimentos sedutores na direção das vítimas er... audiência. As meninas fazem o possível para te dar cobertura nas manobras ladinas, o que lhe dá uma grande vantagem.

Observar dos baderneiros (3)

Erulindya efetuou 3 lançamento(s) de dados (d20.) :
18 , 1 , 1

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 7:30 pm

A "Colheita" é relativamente facil pra vocês. Na verdade, você nunca achou tão fácil lucrar com a distração alheia como neste momento. O primeiro alvo, estava discutindo com os companheiros de mesa sobre quem pagava a bebida pra você, quando passa a mão sem querer no local do dinheiro no exato momento que você o retira, mas com seu charme consegue ludibriá-lo o suficiente para levar a bolsa de couro consigo. E ainda dá um beijinho de agradecimento nele!

o Segundo alvo já estava nas vias de fato com os companheiros de equipe, quando você se esgueira pelas pernas deles e além da algibeira, tem tempo para pegar uns itens da bolsa de viagem dele, que ficou esquecida no meio da briga.

o terceiro alvo, já estava caído no chão, sob ataque de socos e pontapés dos companheiros, e você conseguiu tirar da bota dele algumas pedras brilhantes. Deu tempo de roubar dele uma garrafa de barro, cheia de um líquido viscoso doce. Você usa as ceroulas dele pra guardar tudo - eca!.

Depois disso, as meninas guardam os frutos do furto e voltam a andar pelo recinto distribuindo mais cerveja e comida aos brigões. Quando você volta ao palco improvisado, uma delas numa mesa e grita para todos!

- Mas que falta de respeito! Nossa Diva ainda está se apresentando! Assim ela não volta mais!

Nesse momento, eles resolvem deixar para ajustar suas diferenças mais tarde, e pedem mais comida e bebida ao taverneiro! "Ralf", claro, fica bastante satisfeito!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 8:02 pm

Hora de aproveitar, facil como ... Bem digamos que apenas foi uma das idas mais fáceis que já tivera, afinal era o grande festival

-Obrigada a todos e Lembrem se, é o festival do Dia do Inverno Morto, então vamos beber pois la fora tá uma "Neve de Matar"

Piadinhas a parte, seu trabalho já estava realizado, era hora de sair no auge. Mesmo que depois se dessem conta, não teria como ligar o show aos furtos, pouca roupa significava que enquanto estavam de olhos na exótica garota, não se davam conta de onde as mãos passavam, apenas suas curvas e o encanto da linda voz. Comeu um pouco aqui outro ali, não muito mas o suficiente, pois tinha que haver mais espaço sobrando para as guloseimas das barracas, quanto a beber, ao menos não agora, pois tinha que aproveitar o festival. Sorrateiramente se desvencilhou da plateia, indo no quarto escondido nos fundos, tirar a maquiagem e colocar outras roupas mais adequadas. Separou a pilhagem conforme de costume, cada parte a suas ajudantes em moedas, impossíveis de serem rastreadas. Já os itens brilhantes mais tarde seriam avaliados. Material para seu outro trabalho como ourives, aprendido junto a Igreja na confecção de símbolos sagrados e ornamentos.

Com um ultimo abraço em Ralf, deixou a taverna. Abraços eram boas formas de se despedirem, nada de palavras, apenas com um abraço se podia dizer muita coisa não em palavras mesmo as ditas por um bardo, e o que Neko queria dizer? Nada, apenas que estava feliz e quem sabe passaria ali, novamente para descolar comida, bebidas e informações. Mas essa noite queria mesmo ver a musica na praça, e os magos com seus feitiços de luzes....

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 10:51 pm

As meninas ficam felizes com as moedas, é muito mais do que elas jamais pensariam em receber pelo mês inteiro de trabalho. "Ralf" a abraça contente, pois as vendas do dia estão apenas começando. E os rumores da apresentação da "Diva" certamente durará o dia todo, quiçá a dezena inteira. Para um taverneiro, ter um estabelecimento famoso "vale mais do que ouro-ma"!

Lá fora, o festival acontece. Tem malabaristas se apresentando de um lado, tem barraquinhas de comida do outro, tem pessoas carregando coisas para lá e para cá. E a neve, deixando sua marca suave em todo canto que a vista alcança. Enquanto procura alguma atração para se entreter, você ouve, de uns sujeitos que saíram da taverna logo depois de você, um assunto estranho:

- Tô te dizendo, meu avô me contou... A prova de que a história é verdadeira está lá, só não vê quem não quer.
- Então você estã me dizendo que vai investigar o caso...
- Eu nada, tá louco? Esse negócio de fantasma não é comigo não! Sou muito mais um bando de kobolds!
- Mas é covarde mesmo! Se a história for real mesmo, quem encontrar o navio, encontra o tesouro!
- Esquece isso, vamos curtir o festival!

Os dois então aceleram o passo e põe-se a catar doces nas barraquinhas. Como você é uma figura muito exótica, até mesmo para uma cidade portuária, um ou outro incauto te assedia. Só pelo prazer de ver você se incomodar.


Off:
Lucros do Furto escreveu:
- 6PO
- 77 PP
- uma pedra de jaspe
- um peridoto
- um pedaço de papel com coisas escritas numa língua que você não conhece
- um pergaminho com umas coisas escritas numa lingua que você não conhece
- uma vareta esquisita e muito sem graça
- uma garrafa de mel
- uma ceroula.

________________________________________________


Última edição por Erulindya em Sab Set 01, 2018 11:22 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Sab Set 01, 2018 11:10 pm

ISSO é chato, isso é feio, isso cheira mal... Assim eram as respostas que saia dando para cada pergunta mental feita a si mesma a cada barraca que passava. Nem tudo era realmente verdade, apenas estava perdendo o interesse, ser diferente era legal, ser muito diferente era tediante.

Ouvidos aguçados nas conversas alheias... tesouro, navio e fantasmas... tudo em uma frase só? Se houvesse também a palavra maldição aí sim seria épico, mas tá bom... Quem sabe uma pequena olhadinha.

Se a mocinha tinha um ponto fraco era sua curiosidade....

-Ei meninos... troco esses doces que tenho na mão, olhe que são obras primas da culinária estrangeira, em troca de mais informações sobre esse tesouro fantasma, navio...

Real ou não a informação, seria divertido a teoca, pois um dos doces era feito de uma erva que deixava a língua e garganta pegando fogo, uma bala apimentada. Não estava mentindo sobre serem estrangeiras, só uma pequena brincadeira... pena que os doces de tinta de polvo haviam acabado...

Enviado pelo Topic'it

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Dom Set 02, 2018 12:19 am

Neko escreveu:
-Ei meninos... troco esses doces que tenho na mão, olhe que são obras primas da culinária estrangeira, em troca de mais informações sobre esse tesouro fantasma, navio...

Surpreendidos pela voz angelical que os conclama, voltam suas atenções para a doce dama e prontamente verborrejam sem parar.

- Mas o que é isso, senhorita? Uma dama tão distinta não deve se arriscar numa jornada perigosa dessas!
- Sua coragem é surpreendente, de fato. Mas nós não poderíamos permitir que se machuque, não é?
- Sim, mas a gente conta a história pra você...
- O fato é que meu avô Jack Caolho contou-me há muito tempo a história desse navio. E ali na taverna tinha um aviso da cidade onde esse navio naufragou. e Justo quando? quando a lenda diz que é a época dele aparecer. O meu avô, Jack Caolho, conta melhor essa história. Se quiser, podemos acompanhá-la até a casa do velho, e investigar se o tesouro existe mesmo.
- Ah, agora tu dá uma de corajoso, né?
- Silêncio! Se a Diva aqui quer conhecer o navio fantasma, ela vai conhecer!

Nisso eles ficam disputando para qual deles você vai dar a mão para seguir viagem.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Dom Set 02, 2018 9:40 am

-Vamos, vamos vamos...

Entrelaçou se segurando nos braços dos meninos, um de cada lado

-Por que os pirata sempre tem nomes irados com nome de membros que não possuem mais?

Enviado pelo Topic'it

________________________________________________


Última edição por Elessar III em Seg Set 03, 2018 9:42 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Seg Set 03, 2018 8:41 pm

Eles ficam super felizes - quando que uma Diva ia dar bola para dois aventureiros assim e ainda mais se interessar por uma lenda tão simplória - que a conduzem até suas respectivas cavalgaduras, que os aguardavam numa estalagem próxima.

- A casa do Vovô caolho fica a um dia de cavalgada daqui. Chegando lá, ele pode até dar pistas mais específicas para podermos investigar esse mistério.

Um deles então te põe na garupa do cavalo, e os três seguem viagem...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Seg Set 03, 2018 9:21 pm

Uma aventura fora da cidade? Era isso mesmo que estava acontecendo?
Maldita curiosidade que fazia isso em momentos tão inoportunos, a obrigava a ir ao invés de ficar, a seguir em uma aventura a presenciar as certezas de um festival. Seguia a contra mão dos mercadores... Mas que tipo de velho iria preferir ficar em casa no inverno a se esquentar com uma boa bebida ?
É será que o velho era coalho do olho direito ou do olho esquerdo?

-Vai demorar a chegar? Tô com frio....

Fazia uma carinha dócil e inocente enquanto se encolhia todinha a fim de se proteger do vento frio


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 4:33 am

Os rapazes prontamente a cobrem com capas de frio. e põe-se a cavalgar. No caminho, falam mais da lenda:

"Reza a lenda que o Galeão assassino singrava os mares espalhando terror por toda a costa. O capitão, Barba Sangrenta era conhecido por sua sanguinolência e sua tripulação era a pior corja de assassinos que o mundo ja conheceu. Quando o Lord local soube da chegada do Navio, decidiu agir para proteger a aldeia e ordenou que o velho farol fosse apagado e acendeu uma luz brilhante numa colina próxima. Isso desorientou os piratas e o navio se arrebentou nos recifes próximos, portanto nunca chegando a invadir a aldeia. O lord nunca fez alarde da proeza, mas a história da troca dos farois ficou famosa."

A viagem é relativamente tranquila, e você chegam ao local no final do dia. Você vê que se trata de uma cidadezinha cuja economia é voltada à pescaria, visto a quantidade de barquinhos pesqueiros ancorados no cais. Seus acompanhantes logo perguntam onde está o vovô Caolho e os pescadores respondem que ele estranhamente não apareceu para pescar hoje. Acham que ele deve ter adoecido. Inclusive, um bêbado passa por vocês gritando que o velho pirata voltou em busca de vingança. Rola um burburinho pela cidade enquanto prosseguem à casa do Vovô:

- Será que estamos seguros?
- O velho Jack desapareceu!
- Vou me mudar o quanto antes!
- Juro que vi um navio fantasma.

Todos andam a passos rápidos, como se estivessem a postos para fugir. Menos vocês!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 9:24 am

Não, como isso é possível? Logo agora que estava chegando.. Depois de longas horas nesse frio, eu chego e uma coisa dessas acontece? O velho Jack desaparecido... O que vou fazer agora?... Como foi saber se ele é caolho do olho direito ou do olho esquerdo?

-Olha pessoal eu não vim até aqui para ficar sem respostas...

Continuavam a ir para onde quer que fosse, talvez a casa do Caolho, ou a casa do Jack ou a casa do Vovô.

Barba Sangrenta, eu me pergunto de onde veem esses nomes, nunca vi uma barba sangrar, por que não seria barba magenta, barba carmim... Um pirada com barba sangrenta seria um pirata que foi muito surrado e ficou com barba ensanguentada? Ou é por que como carne crua?

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 2:56 pm

A casa do Vovô Jack, à distância, é uma cabana simples.

Ao entrar no recinto, um cheiro de morte nauseante impregna o lugar. A casa está toda revirada e uma mancha de sangue descansa no chão. Seus acompanhantes ficam horrorizados com a cena. Além do frio do inverno, um vento ululante provoca um calafrio enquanto tentam imaginar o que aconteceu aqui.

Citação :

OFF:

Você pode fazer teste de procurar (1d20)
Ou um teste de Sobrevivência (1d20)
ou pode escolher sair pela aldeia e fazer teste de obter informações (1d20)

o teste deles:
Sobrevivência do "Neto"
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
8
Procurar do amigo do "Neto"
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
17

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 3:16 pm

cheiro de morte... A cor purpura é uma cor tão bonita que se destaca em meio a natureza, nas flores, nos animais nas vestimentas, mas contudo não é nada belo ao se ver o sangue purpura em manchas pelo chão. Tudo revirado, quebrado destruído, uma cabana que de simples poria ter sido aconchegante, agora parecia um monte de entulhos. Bem que a Clerica lhe ensinara, não existe beleza na destruição, apenas lixo.
Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
3
------Procurava alguma coisa que não sabia em meio a tudo aquilo, não tinha ideia do que procurar, se objetos, se esconderijos, se um corpo já não vivo. Talvez uma pintura do caolho dos dois olhos?

-EU creio que o Vovô não era tão louco assim. *Pensar saia em sua voz quanto conversava com os garotos*

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 4:23 pm

Seus esforços em procurar pistas rendem alguma coisa depois de um tempo remexendo as coisas. O "Neto" do Caolho consegue descobrir, com muita dificuldade, um rastro de sangue que se converte em um rastro sinistro na areia que vai da casa em direção à praia. Já o amigo dele, pede singelamente para você se levantar pois estava usando como banquinho, caixa pequena que poderia ter pistas.

Abrindo, tem 13 moedas de prata e uma pérola.

De repente, surge um cachorro, rosnando para vocês!

- É o cachorro do Vovô Caolho - diz o amigo - É da família!

O Cão, porém não está com cara de bons amigos e os ataca prontamente!

Citação :
off: Role sua iniciativa(1d20) + sua destreza

Iniciativa dos personagens
Amigo:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
11
+2
Cachorro:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
14
+3
Neto: age por último, pois está fora da cabana.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 4:39 pm

O brilho da perola é algo que a fascina, cortado pelo latido do cão que fás com que os pelos de sua cauda arrepie em um susto inusitado.
*Chiado* -Rrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr
-Menino feio feio feioooo


Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
13
+ 5  (penalidade 2)

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 6:06 pm



Ordem da iniciativa escreveu:
Neko-chan : 18
Cachorro: 17
Amigo: 13
Neto por último.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 6:15 pm

-Calma amiguinho.. Não vou te fazer mal...  Vou te chamar de Paul, que tal ser um bom garotinho... Quer um docinho?

A pequena não tinha intenção de machucar o cão, mas não exitaria caso isso fosse necessário, em uma da mão já estava a ponto de pegar uma adaga, mas sem intenções ameaçadoras. Gostava de animais, não muito de cachorros, na verdade eles que não gostavam dela, talvez cães e gatos fosse mesmo inimigos.

( arriscar tentar ganhar a simpatia e confiança  do cão, com Adestrar animais +5,)
Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
15

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 6:27 pm

Com uma voz calma e angelical, Neko fala com o pequeno animal quanto se abaixa e com olhos baixos se coloca em uma posição submissa, a dar a entender que o cão é o chefe e não tem intenção de safio, ao menos essa dessa forma que aprendia um pouco sobre a destratamento com os artista de rua. Lamentava por não ter um petisco melhor, mas era o que tinha a tira colo no momento. Melhor fazer aliados do que inimigos esse era um bom lema, tanto para animais pensantes quanto para intintivos

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 7:08 pm

Você percebe que o cachorro fica rosnando por um tempo, mas à medida que você se aproxima sem demonstrar agressividade ele se rende aos seus encantos e aceita seu doce. mas ao invés de comer o doce, ele te lambe e chora bastante, como se já te conhecesse e não te visse há muito tempo. Você percebe que ele estava apenas assustado e que alguma coisa o deixara bastante acuado. Nisso deu tempo do neto do Caolho entrar na cabana e presenciar a cena toda. Os dois acompanhantes ficam muito encantados.

- Agora sim precisamos resolver esse mistério! -diz o neto.
- Vamos na estalagem, talvez encontremos alguma informação lá e também alimentamos o cachorro. - Diz o amigo.

Eles acham melhor levar os cavalos para a estalagem, pois o que quer que tenha feito aquela bagunça pode voltar e atacar os animais. O cachorro agora acompanha vocês.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Ter Set 04, 2018 8:37 pm

-Quem é a coisinha linda da gatinha? quem é? quem é? É voxeeee....*Quase um murmurio*

*Brincava com o cãozinho quento o acalmava. Era apenas um animalzinho assustado, se defendendo como pode, acuado com gente estranha em sua casa agora atacada. Talvez esse seja o sentimento de alguém que perde a casa, o lar, sua família... Algo que fugia da memoria da menina, que escapara na esperança de que um dia quem sabe possa voltar. Não que isso abalasse seu emocional, longe disso, apenas mais um mistério para sua curiosidade que jamais se saciaria, mas para sua sorte, enquanto não podia alimentar o prato principal, se satisfaria com pequenas aventuras, como descobrir qual era o olho caolho do Vovô.
Por hora, sair pela aldeia em busca de resposta e algum coisa pra beber e espantar esse maldito frio parecia ser a melhor das opções( fazer teste de obter informações (1d20))*

Kitsune Neko efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
18

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Qua Set 05, 2018 12:18 am

Você obtém as seguintes respostas com as pessoas ANTES de chegarem à estalagem:

pessoa 1: há alguns anos o velho farol foi desativado, e desde então, todos têm passado dificuldades econômicas.

pessoa 2: décadas atrás, um navio chamado Galeão Assassino se chocou contra o recife e toda sua tripulação morreu. Mas dizem que o capitão conseguiu escapar e escondeu seu tesouro em algum lugar da ilha.

pessoa 3: a aldeia estã amaldiçoada. O navio fantasma do velho pirata está navegando os arredores da aldeia e pode ser visto à noite em alto-mar.

pessoa 4: O Capitão, Barba Sangrenta, era conhecido por usar um tridente para ceifar a vida de homens, mulheres e crianças

pessoa 5: Na última semana, pelo menos 3 moradores saíram pra pescar à noite mas não voltaram. Eles podem ter se afogado devido ao mal tempo, mas seus corpos ainda não apareceram.

pessoa 6: há alguns meses um forasteiro chegou à aldeia procurando informações sobre o Galeão. Ele usava um longo manto negro e tinha uma voz sobria. Felizmente ficou por pouco tempo.

Ao chegar na estalagem, vocês tomam um susto. O local é um verdadeiro caos. Galinhas dividem o espaço com espadas e inúmeras cestas e potes espalhados pelo chão transformam o ato de andar um verdadeiro desafio. Um senhor de cabelos brancos e barba desgrenhada avança afobadamente na direção de vocês:

- Vieram comprar meus itens de qualidade ou descansar nas melhores acomodações da região?

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Qua Set 05, 2018 8:34 am

-Tiozinho, temo pela região.... *Olhava com pesar o local, pensou em arriscar dormir no farol mas já estava um pouco tarde para voltar, talvez se arriscar ao relento? Não era uma boa ideia dormir na floresta em uma noite de inverso e o pobre Paul? ele sim precisava de um lugar para dormir*

-Por hora descansar, e talvez, um ensopado de galinha

*Pistas, gente sumida, forasteiros macabros, navios fantasmas, tesouro, muita coisa a assimilar, com toda certeza não era uma simples historia. Agora iria comer, e avaliar suas conquistas ate o momento, - uma pérola
- uma pedra de jaspe
- um peridoto
- um pedaço de papel com coisas escritas
- um pergaminho com umas coisas escritas
- uma vareta esquisita e muito sem graça*

DECIFRAR ESCRITA +3 AVALIAÇÃO +3
Kitsune Neko efetuou 2 lançamento(s) de dados (d20.) :
20 , 15

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 159
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Qua Set 05, 2018 11:28 am

Resultado do Decifrar Escrita escreveu:
O pedaço de papel diz em alfabeto local:

RedBluff pede ajuda para descobrir o que está causando o desaparecimento dos habitantes. Aos corajosos aviso: Pode ser uma maldição!

O Pergaminho tem umas palavras escritas num alfabeto mais "familiar" para você, e você desconfia que seja uma "invocação" de origem mágica.

Resultado da Avaliação escreveu:
a pérola vale 10 PO
o perídoto vale 50 PO
Pedra de Jaspe vale 50 PO
o pedaço de pau-vareta, apesar de sem graça, você acha que consegue vender por 5PP ou trocar por outra gema mais bonita. Afinal, algo te diz que ele pode ser usado em refeições exóticas.

Seus acompanhantes então pedem uma refeição para três e bebida, e os restos do preparo da carne mais água para o cachorro. O taverneiro se apresenta como Tarimer. Enquanto aguardam a refeição chegar, vocês notam que o lugar é na verdade, uma mistura de pousada com um armazém de secos e molhados. Não demora muito, e o cheiro da comida rescende pelo ambiente.

- Se precisarem de mantimentos para viagem, aqui podem encontrar de tudo - Diz Tarimer ao entregar a refeição.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Kitsune Neko
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 664
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   Qua Set 05, 2018 1:14 pm

-Viajar? não não não... Mas eu não sei... Talvez ...
-Depois penso nisso, por que estou ouvindo minha barriguinha gruinirrrr


*Tomara que a comida seja melhor que a aparência do lugar, em todo caso a aventura não estava de todo ruim, para quem acordou com a algibeira vazia, até que de fome não sofreria por algum tempo. Esperava impaciente, pensando no próximo passo a ser dado. Iria se separar dos garotos e vagar pela praia em uma forma diferente? ao menos seria mais fácil poder enxergar na penumbra. Tesouro sem maldição realmente não seria coisa de pirata.*

-Ai ai minha cabecinha.... -rurrrrrrrrr-

-E ai meninos, o que querem fazer? Ainda não sabemos o que aconteceu com o VOVÔ

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A Arte da Guerra dos 777 Ronins - Neko
Voltar ao Topo 
Página 1 de 4Ir à página : 1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: PLAY BY FÓRUM :: Jogos :: Forgotten Realms :: Temporário-
Ir para: