Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
PortalInícioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8
AutorMensagem
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Ter Fev 05, 2019 11:30 pm

Yrel começa a pensar no que aconteceu, mas está confusa, como se o que vê estivesse em cenas desconectadas da outra e sente que um grande mal por pouco não corrompeu a sua alma e mesmo conseguindo resistir a corrupção, este mal a deixou confusa e lembrou das lições da sua mãe sobre detectar magias muito poderosas, porém não consegue concentrar-se o suficiente para lembrar dos detalhes, apenas de sentir que  o que aconteceu tem a ver com isso e com alguma energia imensamente maligna.

Apesar de confusa, consegue entender os sentimentos, mas não os fatos e decide não tentar detectar magia novamente naquele recinto e decide seguir a distância o homem que carrega as cuias e quando ele parasse, tentaria descansar e relaxar a sua mente para poder se recuperar melhor. Continua invisível e voando, pois não quer tocar o chão por enquanto e não entende bem o porque deste receio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qua Fev 06, 2019 12:21 am

Citação :
- Este templo está desativado há anos. É praticamente uma casa vazia, não se preocupe. Leve as tochas daqui para a outra câmara: siga pelo corredor à esquerda e quando vir dois cachorros sentados um de frente para o outro, é lá que deve entrar

- É justamente com templos abandonados que tenho receio...

Resmungou ele, falando baixo, se lembrando quantas e quantas vezes era necessário ter que esperar um armadilheiro terminar o serviço de em desativar todos os mecanismos, enquanto que soltou um risinho baixo da vez que um bárbaro não quis esperar e virou churrasco... Bons tempos...

Citação :
- Preciso mesmo... Parece até que fabriquei um item mágico...

-Pra você ter noção do quão valioso é esse meu corpinho... hehehe Vamos lá.

Então pegou uma tocha e ficou perto de Fadime para caso ela precisasse de ajuda, seguindo as instruções de Thulsa, procurando pelos tais cães. Para sua surpresa, a ultima coisa que poderia chamar ali seria de "abandonado", uma vez que tudo parecia inteiro e em ordem, contudo ficou curioso sobre o fato de se estava desativado a anos, Thulsa parecia conhece-lo bem. Quando tivesse oportunidade, gostaria de perguntar algo pessoal a ele...

Após chegarem e adentrarem na sala designada, observou bem e logo foi com a tocha nas piras, para facilitar que todos vissem melhor ali. Após acender as piras, veria se tem algum fogareiro ou algo assim ocupando posição central, um local onde eles poderiam dormir próximos ao fogo para se aquecer. Após Thulsa entrar com água para Fadime, observa se poderia usar algo para improvisar uma cama para a garota, seja uma madeira ou tecidos, procurando os que pudessem estar fáceis de retirar e que de preferência não aparentassem ser de uso religioso, para não perturbar o terreno sagrado de outro deus...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qui Fev 07, 2019 7:42 pm

YREL

Você acompanha o homem a certa distância e vê, quase no fim do corredor que ele segue, uma iluminação ficar cada vez mais intensa, mas não a ponto de se comparar com um dia ensolarado. A luz sai de uma entrada que tem duas imagens caninas uma de frente para outra, como lobos, mantendo a toca segura. Antes de entrar, o homem passa a mão na cabeça das imagens que permanecem paradas. A intensidade da luz aumenta mais um pouco. Mais perto das imagens, você vê que elas são esculturas de pedra polida, ou talvez cerâmica esculpida: são frias e duras; sem vida. Ao aproximar-se da entrada, você sente a temperatura mais amena e descobre que, tanto a fonte do calor como da luz, vem de tochas enormes de pedra em cada canto do recinto, que sustentam o fogo! E no centro, uma cuia gigante com fogo sobre a água!

Citação :
OFF: Está livre para agir

URTH

Com a sala iluminada, você vê que a sala é toda pintada e decorada com plantinhas e, no centro, uma espécie de tacho, fixo no chão. vazio. Fadime se senta em um dos degraus. Thulsa Vê que está procurando algo e diz:

- Esta aqui acende com óleo ou azeite. Alguns o fazem com bebida fermentada, mas considero um desperdício! - diz rindo apontando para a cuba.

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qui Fev 07, 2019 10:02 pm

Yrel segue o homem com cuidado e a uma distância prudente e ao longe vê uma luz forte e dois animais deitados ao lado da porta que limita onde ela está dó recinto luminoso, a temperatura do lado de cá da sala é amena e a fada, curiosa, verifica que os animais são de pedra ou cerâmica e magnificamente polida e esculpidas.

Yrel decide ficar na ante-sala perto das estatuas e procura um patamar mais alto para dormir, está cansada, mas não quer dormir no nível do solo e também não quer se deitar na sala exageradamente iluminada pois prefere a escuridão da noite para dormir, pois seus olhos sendo muito sensíveis à luz, precisam de um pouco de escuridão para relaxarem.

A pequena agora mais calma, fica pensando no que lhe sucedera e avalia que é bom ter cuidado na próxima vez que for detectar magia, pois é importante aprender novas agias, mas também é importante ficar viva e lúcida. E fecha os olhos e deixa os seus ouvidos vagarem a procura de estímulos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sex Fev 08, 2019 1:14 am

Com um pouco mais de iluminação, percebeu que poderia fazer uma fogueira maior, mas conforme a explicação de Thulsa, ficou claro que no momento não dispunham do material necessário. Teria que se virar com o que tinha a disposição, procurando deixar Fadime mais confortavel e tentando improvisar uma fogueira. Caso conseguisse, se aproximaria de Fadime para falar com ela.

- Tente descansar, vou ficar de olho e aproveitar pra tirar umas duvidas com o Thulsa.

Disse ele com tom tranquilo, para não criar alarme e garantir que ela dormiria bem. Caso concordasse, dai se aproximaria de Thulsa para conversar. Sua intenção era começar com perguntas simples, como aquelas que havia feito antes dele sair para fora do templo, mas posteriormente, quando tivesse certeza que Fadime havia adormecido, iria aprofundar o assunto...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sab Fev 09, 2019 11:43 pm

YREL

Você encontra não mais que um "beiço" de porta para se apoiar. Não é muita coisa, um rato ou um macaco, talvez eté um papagaio se virariam melhor aqui. Os Cães de pedra parecem mais confortáveis e lhe servem muito melhor e além do mais, daqui onde eles estão, o calor que sai do recinto também mantém a temperatura amena para você ficar confortável durante o resto da noite. Enquanto devaneia no entre-mundo material e dos sonhos... Você ouve :

   

Então fica mais claro e o calor também aumenta.

Citação :
OFF: Está livre para agir

URTH

Fadime usa a própria bolsa com instrumentos e escritos como apoio para a cabeça e se deita no fundo da câmara, bem embaixo de uma das piras. Nisso, Thulsa espera a Maga se deitar, faz um sinal para você observar, e então de posse de um de seus odres e derrama todo o líquido no tacho ao centro. Em seguida, pega o outro odre menor e derrama um óleo que, depois de um tempo, flutua sobre o líquido anterior. Então ele pega uma das tochas e ateia fogo no recipiente. Olha para você e sorri.

- Este truque economiza dias de azeite! - diz sussurrando para não acordar Fadime.

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 10, 2019 12:37 am

Percebe que Fadime se vira como pode e fica mais tranquilo a respeito, pelo menos ela não estaria tão desconfortável assim. Thulsa então surpreende mais uma vez, com um pequeno "truque" para acender a chama central, cochichando para Urth.


Citação :
- Este truque economiza dias de azeite!


- Acho que consigo imaginar uma outra utilidade baseado nisso, meu caro, mas eu precisaria de um navio para tal hehehe

Respondeu ele também em voz baixa, tentando manter o mesmo tom para não incomodar a garota. Pela aparência de esgotamento que ela apresentava, imaginava que não demoraria para que caisse no sono. Mas ja poderia começar a conversa que gostaria de ter.

- Diga-me. Existe algo que esta me tirando o sossego... Você num é igual a mim, não é? Digo, usando também esse truque das faixas...

Era uma desconfiança que tinha, tanto pelo fato de entender sobre seu estado quanto pelos rituais e conhecimento dos deuses, poderia ser que ele fosse um semelhante. Uma vez que a dúvida fosse sanada, iria dar uma olhada para ver se Fadime havia adormecido ou não. Caso tivesse, iria prosseguir, num tom mais formal e serio.

- Você estava certo sobre o ritual. Algo aconteceu mas não gostaria que elas soubessem por enquanto. Por tudo que você nos tem feito, acredito que seja mais do que de confiança para o que vou lhe falar. Uma Deusa, de minha cultura, quem me chamou durante o ritual.

Fez uma pausa, pensando em como resumir os fatos e colocar para ele, uma vez que haviam diferenças entre as divindades e queria evitar uma má interpretação.

- Ela me encarregou de algo e em compensação seguirei Seu caminho. Inclusive me disse parcialmente quem foi o responsável pelo o que aconteceu comigo e que a garota terá um papel nisso. Entretanto...

Novamente uma breve pausa, olhando não só Fadime, como também a reação de Thulsa a respeito do que dizia como também ao redor, uma vez que não gostaria de serem pegos de surpresa por algum desavisado que fosse entrando por ali.

- em minha terra, ela é conhecida por seus segredos e não é muito bem vista. Não sou ingênuo em pensar que tudo o que ela me disse foi a pura verdade ou que não haja uma segunda intenção, mas caso tenha sido verdade, pode ser que tenha a ver sobre o que me disse em nosso primeiro encontro... Há algo que você possa falar sobre isso?[/color]

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 10, 2019 1:56 am

URTH

Thulsa ri do seu comentário inicial e parte para as respostas dos seus questionamentos:

Urth escreveu:
Você num é igual a mim, não é? Digo, usando também esse truque das faixas...
- Não, meu caro! Sou de carne e osso até que Meu Deus Único assim o permita! - diz rindo e te mostrando a mão para averiguar.

Urth escreveu:
Uma Deusa, de minha cultura, quem me chamou durante o ritual [...]Há algo que você possa falar sobre isso?
- Meu Deus único me avisou que eu deveria ajudar uma pessoa à qual Meu senhor cometesse um grave engano. - Faz uma pausa - ... E acreditem, os instintos do meu mestre nunca falham! Por isso, quando tudo se resolveu, tive certeza que essa pessoa era você, ou a garota.

Ele então fica de pé em frente ao tacho de cerâmica e te chama para olhar para o líquido através do fogo, e diz:

- Para que entenda o que acontece consigo, precisa primeiro entender como tudo começou...

Fazendo um gesto, como se oferecesse o fogo a você, segue a história... A cada fato contado, você vê as imagens se formando na superfície do óleo e fenecendo no fogo, dando lugar a novas imagens, que fenecem, para outras virem e assim por diante. Até Thulsa finalizar.

Antes só existia o Deus Único. Então ele criou "Os Reinos", só que eles eram vazios. Havia um reino se sombras que pouco a pouco foi se definindo. Quando isso aconteceu, duas essências surgiram, uma se tornou o oposto da outra, duas lindas deusas-irmãs: uma sendo a Luz e a outra sendo a Escuridão. Elas criaram os corpos celestes e deram vida a Chauntea - esta orbe que estamos. Ela era iluminada pela luz sublime de Selûne e sombreada pelo abraço aconchegante de Shar, mas, mesmo sendo um desejo de Chauntea, ela não sustentava vida, pois não havia calor. Então as criadoras brigaram entre si, porque uma queria conceder o desejo a Chauntea, mas a outra não concordava, e do embate entre as duas surgiram os Deuses da Guerra, da morte, da doença e por aí vai... Bom, acontece que Selûne conseguiu trazer, dos confins do plano do fogo, um corpo celeste forte e quente o suficiente para que Chauntea realizasse seu desejo. Mas Shar ficou tão furiosa, que passou a suprimir toda luz e calor que havia nos Reinos, e sua irmã enfraquecida pelo grande feito, usou da própria essência para tentar parar sua contra parte sombria, perfurando-a, mas o resultado disso foi outro: a criação de Mistryl, a primeira Deusa da magia. Shar e Selûne fizeram uma trégua, pois embora Mistryl fosse feita de luz e trevas, ela favorecia Selûne. Então Shar amargou eras de solidão, mas sempre planejou vingança...

Ele finaliza, fecha os olhos e põe a mão no seu ombro:

- Acredito que agora você entenda onde seu chamado vai te levar...

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 10, 2019 1:39 pm

Yrel voa em torno da sala mas não acha nenhum lugar apropriado ou confortável para ficar e decide deitar nas costas de um dos cães de pedra, lá ele ouve um barulho de água sendo despejada em um recipiente e logo após outro liquido se chocando com a água e borbulhando e de súbito um ruído de chama ardendo como se um tocha tivesse encostado em um líquido inflamável.

Aquilo chamou a atenção da fada e ela sente um calor e uma luminosidade maior, como se o som tivesse chegado primeiro que a luz e, curiosa, se reposiciona para olhar para dentro da sala onde esta o fogo e alerta a sua excelente audição para ouvir qualquer feitiço conjurado ou conversa travada e fica bem concentrada.

Teste de Audição + 7:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 10, 2019 4:51 pm

[off: Testes]
Teste de Spot +10
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
15
Teste de Sentir Magia
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
14

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 10, 2019 5:45 pm

[b] Enquanto prestava atenção na historia contada por Thulsa, boa parte dela já conhecida por ele desde sua infância, sentia que algo não estava normal, havia algo de diferente no local, o deixando inquieto. Foi aguçando ainda mais os seus sentidos, expandindo-os para buscar a fonte do incômodo, até perceber que algo próximo a direção da entrada da sala. De relance parecia não ser nada, mas em alguns momentos parecia que algo se mexia, algo não claramente visível, algo estava ali invisível.

- Aquela criatura desgraçada seguiu a gente...

Esperou Thulsa terminar a explicação, enquanto se preparava com sua energia na ponta dos dedos, concentrando o frio de sua sua terra natal neles, um truque discreto porém eficaz contra praticamente tudo que não vive no frio do norte.

Citação :
- Acredito que agora você entenda onde seu chamado vai te levar...

- Acho que meu chamado vai ter que esperar um pouco... Temos um espião! Glacies digitos!

Conforme falou com Thulsa, se virou rapidamente, apontando seus dedos em direção a qual achava haver o invasor, tentando conjurar sua magia que disparava uma rajada gelada pela ponta dos dedos.[b]

[off: Teste Magia "Raio de Gelo"]
Ranged Touch Attack Roll: 1d20 + Base Attack Bonus + Dexterity Modifier + Feat (tiro certeiro)
1d20 + 4 + 3 + 1
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
20

Caso acerte, 1d3 dano de gelo
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados d3 (Imagem não informada.) :
1

Para defesa: Touch AC: 10 + Dexterity + size modifier + misc (deflection, luck, etc)

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Seg Fev 11, 2019 2:22 am

Citação :
OFF: Urth, antes de eu seguir a narração por favor jogue 1d8 ou random 8 para determinar onde você atingiu a fadinha. Os números correspondem aos locais do diagrama abaixo (se cair 3 ou 4, você considera 2; se cair 5, você considera 6):

[/color]

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Seg Fev 11, 2019 2:29 am

DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d8.) :
3

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Ter Fev 12, 2019 4:03 am



YREL

Assim que você se reposiciona para entender o que está acontecendo, algo muito, mas muito frio mesmo te atinge, e você sente como uma lança gélida trespassando seu corpo! A força e eficiência foi tão certeira que a arremessa na parede do corredor contrária ao portal do qual emana a luz! O frio se alastra lentamente pelo seu corpo. O calor que sai da câmara, não parece ajudar muito agora...

Citação :
OFF: Está livre para agir

URTH

Você sente a trama correr pelo seu corpo e se concentrar em sua mão. Assim que você pronuncia o gatilho e dispara sua magia, você sente como se tivesse sido intuído a mirar num determinado ponto, e o raio viaja até o "borrão brilhante" conforme sua vontade determina. Você ouve um baque, e em seguida, o mesmo som que ouvira quando lançou essa mesma magia na parede, quando treinava com Fadime na noite anterior... O ataque foi certeiro! Aos poucos, o frio se dissipa de sua mão.

Thulsa, presenciando tudo aquilo, diz:

- Não percebi ninguém nos seguindo!Mas não vamos nos exaltar! Melhor não perturbarmos o descanso da moça.

Ele vai em direção ao portal andando com o mínimo de barulho possível (mas não se esgueirando).

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Ter Fev 12, 2019 1:26 pm

Yrel curiosa rotaciona a cabeça, para reposicionar suas enormes e pontudas orelhas em direção ao som e neste momento é atingida por algo bastante gelado e a sensação é que foi atravessada por uma lança gélida e o impacto a arremessa contra a parede oposta e ela assustada e com dor reage se escondendo em algum recesso da parede no alto da sala e fica com medo de fugir e ficar vulnerável.

Paradinha e em absoluto silêncio, começa a pensar em porque fora atingida e sem fazer nada, prefere pensar que não foi a moça do robe bonito e vermelho, ela parecia tão machucada lá atrás... Devia ter sido o homem caveira ou o outro amigo dele, mas porque? apenas porque quero companhia e a informação de onde achar os dragões de prata e angustiada com esta maldade gratuita fica dividida entre se esconder, fugir ou procurar as causas, mas por enquanto ferida precisa ficar quietinha e escondida.


Teste de esconder-se +50:
 

OFF:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Ter Fev 12, 2019 6:14 pm

[off: começando a maratona de testes, aaafffffffff]

Talvez fosse pelo ritual, quem sabe influência de Shar ou mesmo outro fator que não sabia dizer, mas no momento que realizou a magia, nunca tinha sentido tanto poder fluir tão harmonicamente assim, o que era pra ser uma simples rajada mais parecia uma lança gélida.

O som do impacto e o que podia perceber, parecia que havia acertado algo, embora não tivesse certeza exatamente do que. Thulsa logo avança, tomando a dianteira, entretanto Urth estica o braço na frente dele, sem tirar os olhos da porta, num gesto de assumir a liderança.

- Deixa que eu vou na frente, provavelmente pode tentar nos atacar, se acontecer você corre e protege a Fadime que eu seguro ele aqui...

Sussurrou ele, baixo e serio, preparando suas energias para tentar novamente usar a magia, caso alguma coisa se mexesse, fizesse barulho ou perturbasse a trama vindo pela porta, andando silenciosamente até lá, para verificar se realmente havia acertado algo ou se foi alguma forma de delírio.[/b]

[Teste de observar+10]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
20
[Teste de Ouvir +9]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
16
[Teste de concentração +6 (para manter detectar magia)]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
4

Caso veja algo, teste de ataque
Raio de Gelo
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
15
Dano
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados d3 (Imagem não informada.) :
2

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qua Fev 13, 2019 11:41 pm

URTH

Interrompendo o avanço de seu amigo, e concentrando-se em identificar a localização do intruso, você, ainda no portal, encontra a marca deixada na pedra como efeito colateral de seu ataque certeiro. A criatura, no entanto, não está mais ali, pois sua visão para magias não reage a nenhuma presença. De repente, um farfalhar te direciona para a posição aproximada e sua detecção mágica termina o serviço: a criatura está bem acima da sua cabeça atravessando o portal para entrar na câmara!! Sem pensar duas vezes, você novamente permite que as sombras fluam pelo seu corpo e concentrem, juntamente com a indignação do momento, na extremidade de sua mão, e deixa que se convertam num raio gélido mortal. Mirando para a silhueta da criatura, pronuncia a palavra-gatilho e outro baque, dessa vez com gemido, é ouvido. Surge então essa criatura:



Ela está visivelmente debilitada: parte de seu corpo literalmente congelou, provavelmente devido ao primeiro ataque. Thulsa então age rápido, e corre na direção do tacho gigante e, com a cuia que trouxera consigo, joga água e óleo em chamas na criatura, que arde como se tivesse sido atingida por ácido!

- Que esta água consagrada enfraqueça suas forças, criatura maldita! - Fala firmemente.

Aquela feição calma e serena agora está austera e determinada. Mas, ao invés de juntar-se a você na batalha, ele vai até Fadime.

Citação :
OFF:E você está livre para Rolar sua iniciativa! (role também ataque e dano, se quiser)

Iniciativa da criatura +3:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
10
Ataque da criatura +8 (ferrão):
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
1
Dano da criatura:
Erulindya efetuou 1 lançamento(s) de dados (d4.) :
3

YREL

Você se desloca rapidamente em direção ao teto e não encontra nenhuma reentrância na parede para que possa se proteger, no entanto, as duas pessoas ainda aparentam saber a sua direção e um deles joga água em você e em seguida o outro a atinge com outro raio! E quando você achava que poderia ficar pior, ainda no teto, ouve uma voz interromper seus pensamentos:

- Ei, fada!

E você vê aquele mago Capitão do barco voador falando com você. Ele está no portal, olhando todo o lado de dentro do recinto, e segurando uma varinha nas mãos, como se estivesse esperando um ataque.

- O que faz aqui? Parece que viu  um fantasma!

Então você percebe que está de dia - visto os feixes de luz que cortam a câmara em determinados pontos, e que, de alguma forma, muitas horas se passaram!


- Vamos! - diz o Mago já saindo pelo corredor - Prometi que a levaria para o norte, e levarei. Não quero problema com os anciões de Halruaa!

Citação :
OFF: Está livre para agir
[/quote]

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qui Fev 14, 2019 12:03 am

[teste Iniciativa 3]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
6

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qui Fev 14, 2019 1:13 am

Sua desconfiança estava certa, embora a criatura fosse outra, ou quem sabe essa era a real forma daquela fada, disfarçado para tentar se aproximar e ataca-los quando tivessem vulneráveis. Pelo menos seus ataques o fizeram aparecer e inesperadamente Thulsa foi ágil o bastante para conseguir banhar a criatura com as chamas de seu deus. Nada mal para um homem religioso.

Logo em seguida foi em direção de Fadime para protege-la, conforme Urth havia falado antes, então cabia agora ao ossudo impedir o avanço da criatura e tinha um plano ousado em mente, imediatamente se colocando entre a criatura e os dois para não deixa-lo avançar.

Com Thulsa mais afastado, queria experimentar algo novo, usar aquela magia que elas ensinaram a ele, um bom treino pratico por assim dizer, vendo se realmente conseguiria e, uma vez sabendo a origem daquele poder e decidindo colaborar, não via problemas em utiliza-lo em menor escala, tentado conter para não acabar explodindo metade do salão junto com eles.

-  Magicae Tellum!

Novamente iria tentar conjurar aquele fogo gélido que havia aprendido com elas, deixando o poder de Shar fluir naquele momento, tentando assim terminar de congelar a criatura molhada.


[Teste de ataque a distância 4 +1 tiro certeiro]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
17
Caso acerte
DEATH efetuou 3 lançamento(s) de dados (d10.) :
9 , 10 , 6

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Qui Fev 14, 2019 8:30 am

Yrel não entende mais nada, ao ficar quieta para não fazer barulho e tentar não ser detectada, agora ela vê seus perseguidores e embora escondida e invisível e parada sem fazer barulhos, eles sabem onde ela está e a atacam, o saco de ossos com um raio gélido e o seu guia com uma água ardida e a fada sofre mais por não entender o ataque do que com a dor.

Enquanto fica pensando no porque de tanta maldade, seus pensamentos são interrompidos por uma voz que a chama e ela olha e vê que quem a chama é o mago vermelho que capitaneia o barco de onde fugiu e ela ouve ele dizer que ela parece um fantasma e a pequena sorri e pensa que se não fugir logo logo será um, pois não é um ser bélico para enfrentar aquele covarde agressor de fadas.

Porém ao olhar ao redor ela vê que na câmara bate raios de sol, como se fosse dia e o mago está com uma varinha na mão com estivesse prestes a receber uma ataque e confusa ouve o capitão dizer: - " Vamos, prometi leva-la para o norte e não quero confusões com os anciões de Halruaa".

A pequena fada assustada e triste, decepcionada com os humanos pesa os fatos e decide: - Vamos. E voa célere a todo vapor em direção ao corredor e para uma liberdade e sobrevivência por hora. O que pode ser pior que ser atacada sem nem saber o porque?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sex Fev 15, 2019 11:57 pm

YREL

Enquanto andam pelo corredor, o Mago aponta a varinha para todos os lados, como se procurasse algo. Mas fica só nisso até acharem a saída. Lá fora, já está de dia, e você vê como é movimentada essa cidade! Muita gente de branco andando, pessoas elegantes, pessoas sofridas, crianças, animais pequenos e grandes, pessoas exóticas acompanhando mulheres esnobes, etc... O Mago não fala com ninguém, pois todos se comportam com estranheza por vê-lo ali e abrem espaço para ele passar. E o caminho fica livre até bem perto da embarcação na qual vieram...

Citação :
OFF: Está livre para agir, se for interagir com os habitantes daqui, poste normalmente, se for com o Mago, vá para este link

URTH

A criatura ferozmente te ataca, mesmo debilitada, mas ela sequer faz cócegas em você. Ao contrário, se atrapalha toda e erra o ataque. Você novamente permite que as sombras fluam pelas suas fibras ósseas, fazendo com que elas atendam à sua vontade. Então concentrando-as na extremidade de sua mão, juntamente com o ódio e indignação do momento, pronuncia a palavra-gatilho e elas se condensam em bolas flamejantes e gélidas que atingem a criatura em cheio, fazendo com que sobre apenas estilhaços de carne - ou do que quer que ela fosse feita - espalhados pelo chão...

- Este lugar foi profanado! Precisará de uma limpeza depois! - Diz Thulsa pegando Fadime no colo - Por hora, deixemos o templo. Meu senhor deve retornar em breve com sua amiga negociadora, então vamos lá para fora preparar os Bactrians pra partida.

Quando ele passa pelo portal, olha para você e diz:

- Quando sair, faça um carinho nos cachorros por favor, Urth!

E vai andando pelo corredor até perto da Câmara ritualística.

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sab Fev 16, 2019 1:15 am

O ataque da criatura foi ridiculo, desprezivel, como ja poderia imaginar ao ter notado aquele ferrão em seu rabo, entretanto por sua vez seu ataque lhe surpreendeu, a potencia daquela magia foi capaz de transforma-lo em cacos sem dificuldades, revelando que seria extremamente util em situações futuras, trazendo-lhe uma satisfação por dominar um pouco mais aquele poder.


Citação :
- Este lugar foi profanado! Precisará de uma limpeza depois! - Por hora, deixemos o templo. Meu senhor deve retornar em breve com sua amiga negociadora, então vamos lá para fora preparar os Bactrians pra partida.


Foi despertado para a realidade com o comentário de Thulsa, vendo que precisavam sair dali, nem mesmo o local sagrado estava seguro. Seja quem fosse o perseguidor, parecia não dar tregua. Por sorte, ele também não daria.

- Deixe que eu a carrego, vá e prepare-os, você se dá melhor com eles do que eu.

Disse ele com uma pitada de humor mas falando sério, se aproximando para que ele entregue Fadime a ele e possa sair dali mais rápido.


Citação :
- Quando sair, faça um carinho nos cachorros por favor, Urth!


- Só num me pede pra levar pra passear ou limpar a bosta deles...

Caso tivesse Fadime no colo, iria ajeitar e fazer o carinho. Como estudioso, sabia que provavelmente era sim uma armadilha que deveria estar ali, então o gesto poderia ser para repara-la para atacar invasores e possiveis perseguidores. Quando saisse, iria olhar atento ao redor e tentar ouvir tudo que pudesse, a procura de sinais de observadores ou vigias que pudessem estar de olho neles, enquanto fala baixo com Thulsa.

[color=red] - Conhece algum lugar seguro pra esperarmos eles? Ao céu aberto podemos nos tornar alvos fáceis...[/colo]


[off: Teste de Observar e ouvir, respectivamente]
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
17
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados (d20.) :
14

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sab Fev 16, 2019 11:36 pm

URTH

Thulsa entrega Fadime a você depois que você passa pelo portal e faz carinho nas estátuas dos cachorros. Como se empenha em notar qualquer ruído ou movimento que possa surgir, você ouve, quando "afaga" os cães, um leve som de engrenagem e vê que eles brilham os olhos de azul. Thulsa ri de seu comentário e segue para a câmara ritualística. Lá dentro ele pega uns potes feitos de cerâmica

e os guarda uma caixa adornada, depois guarda esta caixa em um local reservado da câmara, saindo em seguida, com uma mini múmia em mãos.


- Antes de partirmos - ele diz te entregando o pequeno artefato - Escolha uma palavra e diga para este Ushabti. Mas pense bem antes de dizer! Isso finaliza o Ritual que executamos.

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Sab Fev 16, 2019 11:47 pm

Pelo que percebeu, realmente havia algo ali naqueles cachorros, embora não soubesse especificar a natureza da coisa, se seria uma armadilha inteiramente mecânica ou também mágica devido ao brilho dos olhos. Seja como fosse, cumpriu sua parte, preparando-os enquanto Thulsa estava um pouco mais ocupado com alguns potes, inclusive lhe dando uma pequena estátua.


Citação :
- Antes de partirmos - Escolha uma palavra e diga para este Ushabti. Mas pense bem antes de dizer! Isso finaliza o Ritual que executamos.


- Uma palavra? Como assim? Será que se falar agora a primeira coisa que disser será considerada? Não posso perguntar pra ele... Que seja.

E então buscou a fundo em sua lingua natal uma palavra que poderia servir, uma a qual dificilmente iria pronunciar numa conversa normal, ainda mais no meio do deserto, longe de seu povo. Provavelmente deveria ser algum gatilho, talvez da ativação e desativação da transformação. Então ainda com Fadime no colo, caminhando apressado em direção a saída, falou para a estátua.

- Ragnarok

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
zignon
Usuário
zignon

Número de Mensagens : 163
Idade : 37
Localização : Azeroth
Data de inscrição : 18/09/2018

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 17, 2019 1:01 am

Yrel fica um pouco confusa, a realidade das suas lembranças faziam com que a noite anterior fosse um pesadelo, e o que lhe trazia para a realidade era estar sem lesões e o mago a sua frente empunhando aquela varinha e decide segui-lo porém observando ao seu redor para ver se via algum elfo ou criatura amiga como um centauro ou uma criança com olhos inocentes...

Teste de Observar +5:
 

A medida que vão passando as pessoas vão abrindo caminho a figura do capitão, tudo é muito belo com a luz do sol e a fada está intrigada com a atitude do mago capitão em empunhar aquela varinha como se esperasse detectar algo ou se proteger de algo e se pergunta também que se o capitão foi em seu auxílio, porque não a deixou ir junto quando saiu ontem a noite?

Curiosa com seus pensamentos e procurando por pessoas de raça que lhe fossem "aliadas" ela se dirige ao mago e pergunta: - Senhor capitão, porque está empunhando a varinha? Há algum perigo que nos rodeie?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 17, 2019 1:30 am

[quote="Erulindya"]YREL

Citação :
OFF: Favor, vá para este tópico

URTH

Você diz a palavra para a estatueta e tanto ela quanto o escaravelho em seu peito (sim, você só nota que tem algo agora porque a ilusão do ritual mascara o item) brilham. Quando voltam ao normal, Thulsa pega a estatueta e guarda consigo.

- Quando eu purificar este lugar, guardarei este Ushabti aqui. Esta será sua nova casa. A sua Urth. - Vai andando pelo corredor estreito em direção à saída - Quando estiver em perigo... Um perigo muito grande mesmo, Diga a palavra e voltará pra cá.

Lá fora, por incrível que pareça para você, já está amanhecendo. Então você percebe que o ritual, de fato, durou a noite toda, mesmo a conversa com sua deusa ter sido tão breve. As pessoas começam a sair de suas casas, alguns pássaros cantam, começa o burburinho de uma cidade populosa. Os Bactrians estão a postos e Thulsa pega seu odre grande e enche com a água da rampa do templo.

- Meu Senhor deve estar próximo agora, Urth!

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 17, 2019 8:28 am

Não podia deixar de notar o brilho na estatua mas estranhou aquele brilho em seu peito, não havia reparado que tinha algo ali, provavelmente uma magia de ligação entre ambos e agora estavam em sintonia.

Citação :
- Quando eu purificar este lugar, guardarei este Ushabti aqui. Esta será sua nova casa. A sua Urth. - Quando estiver em perigo... Um perigo muito grande mesmo, Diga a palavra e voltará pra cá.

- Posso pressupor que seja uso único então... Acho melhor tomar cuidado e não falar essa palavra, vai que no meio de uma conversa sobre o fim dos tempos eu acabo soltando sem querer... hehehe

Enquanto conversam, saem do templo e percebe o amanhecer, com a cidade voltando a vida, com sua movimentação de vai e vem e seus integrantes peculiares. A noção de tempo realmente era outra, então ficaria atento a noite, quando fosse visitar sua deusas, se realmente ocorre essa aceleração do tempo, o que pode ser pouco proveitoso visto que o tempo que teria com ela seria relativamente curto.

Citação :
- Meu Senhor deve estar próximo agora, Urth!

Esperou para ver se Thulsa iria montar nos animais ou apenas aguardar próximo a eles para saber se iria deixar Fadime encostada em algo no chão ou se iria tentar coloca-la encima do animal.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 17, 2019 8:15 pm

Thulsa não sobe, ele só desamarra os animais e os põe à postos para partir. Algumas pessoas ficam olhando para vocês, alguns com uma cara desconfiada, outros com encantamento, outros com desdém, o velho orgulho da raiz Mulani.

- Vou aproveitar esse tempo até meu mestre chegar, e vou comprar alguns ingredientes para preparar um desjejum reforçado. - Ele sobe em um dos Bactrians - Se importa em ficar, Urth? Este é o local de encontro com meu mestre. Tentarei ser rápido, mas se ele chegar e não nos encontrar, podemos nos desencontrar.

Neste momento, a movimentação usual de uma cidade grande já se instalou por completo. Fica difícil até sair da rampa do templo... e você nota que as pessoas entram em todos os estabelecimentos menos neste templo.

Citação :
OFF:Está livre para agir

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
DEATH
Administrador
Administrador
DEATH

Número de Mensagens : 1137
Data de inscrição : 16/11/2010

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Dom Fev 17, 2019 11:22 pm

O olhar dos outros pouco lhe importa, ja estava acostumado a ser o centro das atenções, por isso sua atenção estava mais focada na garota e em Thulsa, que ao que tudo indicava, iria sair.

Citação :
Vou aproveitar esse tempo até meu mestre chegar, e vou comprar alguns ingredientes para preparar um desjejum reforçado. - Se importa em ficar, Urth? Este é o local de encontro com meu mestre. Tentarei ser rápido, mas se ele chegar e não nos encontrar, podemos nos desencontrar.

- Contanto que não termine com uma multidão raivosa com tochas me perseguindo, pode ir sossegado.

E então tentou ajeitar Fadime em alguma sombra próxima para esperar a volta de Thulsa. Observando o movimento local, achou curioso o fato de que todos evitavam o templo onde estavam, pensando na hipocrisia que todos acabavam cometendo, cultuando deuses apenas por conveniência de acordo com a necessidade, esquecendo-os o restante do tempo.

Por falar em deuses, se lembrou do cordão que carregava, que durante a noite havia jogado-o fora, mas foi apenas sua projeção que havia feito aquilo. Então enfiou a mão próxima a seu pescoço e puxou para fora o cordão de Mysthra para descarta-lo de verdade dessa vez.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário conectado
Erulindya
Administrador
Administrador
Erulindya

Número de Mensagens : 711
Idade : 37
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

Ficha
Nome: Erulindya
Raça: Elfo
Classe: Bardo

MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   Ontem à(s) 11:20 pm

Você põe Fadime confortavelmente à sombra de uma das palmeiras onde os Bactrians estavam amarrados. Quando se lembra de seu pingente, e o puxa para fora, as pessoas ficam alvoroçadas e parecem desviar de algo que se desloca a certa velocidade, levantando poeira no percurso. Quando está perto do templo, surge então a biga de Teth-Ankh, com toda pompa e seus cavalos magníficos. Kharin está com ele.

- Este é o ponto de encontro que meu servo indicou.

- Fadime! Mas o que está acontecendo aqui? - Diz ao ver a maga sob a palmeira. Então olha para você - Quem é você e o que fez com minha amiga? - já fazendo gestos claros de invocação de magia.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/ conectado
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
As Horcrux de Azkaban - Urth Wolfgan
Voltar ao Topo 
Página 8 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: PLAY BY FÓRUM :: Jogos :: ★ Forgotten Realms ★ :: Temporário-
Ir para: