Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Aventura I

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Seg Fev 06, 2017 8:47 pm

Teste de Observação
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Seg Fev 06, 2017 8:47 pm

O membro 'Goran Pandev' realizou a seguinte ação: Dados


'd6' : 1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 183
Idade : 30
Data de inscrição : 30/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Ter Fev 07, 2017 9:20 am

Uma criatura invocada cumpre sua missão sem precisar de comandos específicos a todo momento, a menos que haja uma situação adversa ao objetivo ou à sua natureza. Enquanto Giano observa a luta e espera a criatura que invocou atacar, se afasta um pouco, tentando ficar fora do alcance do monstro que enfrentavam, procurando um lugar fora das sombras mais fortes.

O urso parecia ter atravessado a criatura sem que seu golpe fizesse contato. Mas era perceptível a quem observasse com atenção que a criatura das sombras havia usado suas propriedades de sombra para evitar o ataque. Assim, o animal invocado pelo bardo percebendo sua falha e com a necessidade de cumprir seu objetivo, se vira para o elemental para desferir outro golpe com sua pesada pata.

Ataque F2 + H2 + 1d6
Paulo efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Ter Fev 07, 2017 7:55 pm

A situação se agravou muito no momento que o elemental sugou para a escuridão seu companheiro, odiando admitir, mas estava assustado como nivel da criatura que lidava. Sabia que elementais não eram tão assustadores assim, apenas os mais poderosos mantinham vinculo forte o bastante para arrastar para seu reino outros. Poderia ser que jamais voltassem a encontrar seu companheiro.

Se sentiu um tanto quanto impotente diante da situação, nenhum ataque seu resolveria e não tinha experiência suficiente para subjuga-lo, podendo claramente sentir o escarnio com o qual ele passou a olhar para eles, confiante de sua vitória.

Entretanto seu companheiro bovino tentou uma investida contra ele, mas como ele ja havia dito antes, ataques físicos são em vão. Mas se lembrou bem de seu companheiro, principalmente pelo fato de ter largado as armas, um sinal, ele iria usar aquele ataque, que particularmente ele detestou quando enfrentou-o no passado.

- Obedeça seu mestre, dai-me forças escuridão!

Falou ele imediatamente fazendo suas mãos se tornarem negras e surgirem um par de grandes mãos de trevas logo atras da criatura, imediatamente segurando-a com a força que havia aumentado graças sua magia.

- AGORA CHIFRUDO !!! TORRA ELE !!!

Gritou ele, dando o sinal para seu companheiro liberar sua carga de energia e atacar a criatura.

[off: Usando Magia FORÇA MAGICA, gasto de 8PM para dar bônus de força+4 (total 4) e a vantagem MEMBROS ELÁSTICOS da classe, que diz que pode "surgir" o membro dentro da distância]

Teste de força para segurar: F5
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 35
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Fev 08, 2017 1:15 am

​​​• Observando toda movimentação da batalha •
"​ Era aquilo ali na frente que fazia barulho? É aquilo que tem "gosto bom"? Ovopodre deve estar com muita fome, vai pegar o melhor pedaço! "
Arvedui, a.k.a "Mestre" escreveu:
(...) Quando as sombras o envolveram, os companheiros não o viram mais, não sentiram mais sua presença, como se houvesse simplesmente sido engolido e obliterado pelas sombras, absorvido pelo elemental. Era o fim do ronin. (...)
"hummmmmm"
​​​• Puxando o faro do Ronin •
"Ei! Ovopodre! Onde foi??"
Arvedui, a.k.a "Mestre" escreveu:
(...) O minotauro simplesmente atravessou o corpo de sombras do adversário, sentindo um frio mortal ao tocar aquele ser de sombras. (...) Seu corpo de sombras expandiu-se, engolfando o minotauro, envolvendo-o completamente.. (...)
"Tauron!!"
​​​• sentindo o "frio mortal" •
.• Morgoth "ouve" uma voz feminina infantil •
"Isso incomoda mais do que sair da casca! Faça isso parar, Tauron!"
Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
Coisa feia, só vou perguntar uma vez, o que fez com o cabeça de vento? E se pretende acabar comigo com um ataque fraco desses, nem vou me dar ao trabalho de esquivar, pode vir...

Com seu peito nu, o Minotauro fazia questão de se exibir, enquanto simplesmente abdicava de suas armas, era claro que esse era um gesto extremo de provocação...

JÁ JÁ VOU TE BUSCAR CABEÇA DE VENTO...
.• Morgoth continua ouvindo a voz falar... •
"Coizafeya? Cabeça diventu? O que é isso? Tauron! Não me deixe aqui como Ovopodre fez!!!"
​​​​​• começo a "andar desengonçadamente" pelo campo de batalha, indo em direção ao Minotauro - pelo caminho mais direto possível •
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 21
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qui Fev 09, 2017 11:37 am

Teste de medicina
Ninja efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
5

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qui Fev 09, 2017 12:55 pm

Teste do narrador para o elemental escapar
F2
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
6
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sex Fev 10, 2017 8:54 am

Preso pelos tentáculos de sombra do elfo negro, o elemental encontrava-se indefeso ante a fúria do minotauro. O Elemental esperneou, debateu-se, torceu-se, mas não conseguiu livrar-se do "abraço" de Espectro. Tanto se debateu que acabou ficando em posição desprivilegiada, tomando o toque de energia do minotauro sem qualquer chance de defesa. Assim que Morgoth tocou no elemental, as sombras se desvaneceram imediatamente. O inimigo se dissolveu como sombras na luz, literalmente. Espectro sentiu a presença em seus tentáculos afrouxar e, num segundo, já não havia mais nada ali além de ar. O inimigo estava derrotado.

A criatura invocada por Carlo sequer teve tempo de atacar. A investida conjunta do minotauro e do elfo negro havia sido bem sucedida. Contudo, desvanecendo-se o elemental, ficou a pergunta: aonde estava o Ronin? Tenshu não "apareceu magicamente" após a queda do inimigo. Provavelmente estava ferido em algum lugar. Talvez morto.

O meio-orc também havia sumido...

O dragãozinho aparentava confusão, chegou ao ponto de luta no instante preciso em que o elemental se escafedeu. A chuva continuava, trovões ainda ribombavam e, ocasionalmente, um raio rasgava o céu fazendo o corpo "elétrico" do pequeno vibrar.


==================================== ERIC e NINJA =============================

Na mansão, o meio-orc tenta novamente determinar a posição exata de seu anfitrião indigesto. Dessa vez, no entanto, consegue localizar uma pequena criatura, com metade do tamanho de um homem (e menos de um terço do tamanho de um meio-orc). Era rápido, parecia dominar o teleporte, assim como Jackbalis, por isso sua posição mudava tanto e com tanta velocidade.

Mas, nesse instante, no alto das escadarias do salão central da mansão, o meio-orc viu o pequeno halfling passando como um vulto. Sua magia, contudo, não fora bem sucedida na tentativa de paralisá-lo, já que além de rápido, o pequeno estava a pelo menos uns 6 metros de distância, no alto das escadarias.

Agora, no entanto, percebendo que fora descoberto, não parecia disposto a continuar esse joguinho. Sua vozinha fina e estridente fez os ouvidos do meio-orc doerem quando ele gritou:

- O feioso me achou! Você é sempre feio assim ou foi só hoje que acordou desse jeito?

A criaturinha riu da própria piada sem graça. Mas Jackbalis não se deixou enganar. Havia maldade naquele pequeno.

Tenshu, enquanto isso, embora não tivesse nenhum ferimento visível, estava lívido. A respiração já não era tão intensa. O ronin lutava contra a morte.

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sab Fev 11, 2017 1:24 pm

O ataque conjunto havia surtido efeito e como resultado o elemental não teve a menor chance. Agora, porém, restava saber para onde havia enviado o seu companheiro Ronin. Talvez até pudesse tentar usar suas energias das trevas para localiza-lo, mas poderia acabar sendo demorado de mais e talvez não tivesse poder para isso...

Em vez disso, sabia que o grupo contava com um especialista na questão de sumiços, mas no momento não estava ali presente. Pelas energia que havia sentido, sabia que estava na casa e talvez até mesmo combatendo ou procurando o conjurador.

- Vamos logo para aquela casa, o Verdão pode saber onde o Ronin foi parar

Quis se mover rápido, mas sentiu um cambalear, estava fraco, acabou usando mais energias do que planejava, precisaria pegar um pouco mais leve agora, seguindo no ritmo que conseguisse mesmo que o grupo fosse a sua frente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sab Fev 11, 2017 8:09 pm

A situação não estava da forma como pretendia. Seu amigo estava visivelmente lutando contra a morte, mesmo não aparentando ferimentos. Algo havia acontecido lá fora, e nesse momento não posso perder tempo com o pequeno halfling.

Sua voz estridente faz doer meus ouvidos. Sua piada sem graça me faz soltar um sorriso amarelo em sua direção e em seguida o respondo desaparecendo e aparecendo agachado ao lado Ronin:

- E seus pés sempre são peludos assim ou estava no galinheiro junto com suas irmãs?!

Ao término das frase abro um portal em nossa frente e me jogo nele empurrando o corpo do meu amigo junto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Seg Fev 13, 2017 8:55 am

Uma voz? Que voz é essa que escuto em minha mente? Será uma artimanha do inimigo?.... O MINOTAURO continuou a batalha, podia ser exibido mas em questão de luta era disciplinado e bastante focado. Enquanto se preparava para o golpe a voz doce e desprovidas de mácula continuará, podia agors sentir a presença de mais alguém, flash de memória podia ver a si mesmo lutando, como se pelos olhos de outro sentia algo que antes não existia.
Enfim a luta terminará, a criatura se esvai em sombras, seu corpo sentia o cansaço, a luta fora rápida mas a um custo elevado, seu amigo desapareceu, mas algo o prendia mais do que a perda de seu companheiro, olhou para o lado a procura da presença que seu espírito sentia se aproximar, não fazia sentido algum, mas claramente o que estava sentindo era a presença do bebê dragão. Podia agors fechar os olhos que com precisão sabia exatamente onde estava, seus sentimentos eram claro... Os dois agora tinham algo em comum...

Enquanto em seu devaneio de idéias conceitos imagens e pensamento 💭, o Minotauro não se deu conta de que suas pernas se moveram, caminharam em direção a pequena, nada precisava ser dito afinal...

-Vamos pequenina, você agora vem comigo...

Ouviu seu amigo elfo falar, mas pouco ligou sua preocupação era colocar o bebê dragão em um lugar seguro, e no momento não havia lugar mais seguro que acima de seus ombros
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 35
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Seg Fev 13, 2017 10:07 pm

​​​​​​• ​Foco na "Tauron"...  •
"​ ​Ela parece agitada... "
​​​​​​​• ​Mantém o foco​ - De repente: alívio! •
Arvedui, a.k.a "Mestre" escreveu:
(...) ​O dragãozinho aparentava confusão, chegou ao ponto de luta no instante preciso em que o elemental se escafedeu. A chuva continuava, trovões ainda ribombavam e, ocasionalmente, um raio rasgava o céu fazendo o corpo "elétrico" do pequeno vibrar. (...)
​​​​​• M​orgoth escuta:​ •​ ​"​Tauron! Estou Aqui!!"
​​​• ​Agitando o protótipo de asas  •
"​Não tem mais "gosto bom" ?"
​Demais companheiros de grupo escutam: Agitos felizes!
​Elfo Negro, a.k.a "​Espectro" escreveu:
​​- Vamos logo para aquela casa, o Verdão pode saber onde o Ronin foi parar
"​??? casa?? parar??"
​​​​​• ​a atitude de "Tauron" corta o raciocínio •
​​
Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
​-Vamos pequenina, você agora vem comigo...
​​​​​• ​Em meio à tempestade, as mãos quentes de "Tauron" a envolvem novamente, mas dessa vez para elevá-la a um local melhor de observação...  •
.•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Tauron... "​​Ovopodre" e "gosto bom" sumiram. Não os sinto mais... Para onde foram? "
​Demais companheiros de grupo escutam: Lamentos Tristes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Ter Fev 14, 2017 11:11 pm

Erulindya escreveu:
​​​​​​• ​Foco na "Tauron"...  •
"​ ​Ela parece agitada... "
​​​​​​​• ​Mantém o foco​ - De repente: alívio! •
Arvedui, a.k.a \"Mestre" escreveu:
(...) ​O dragãozinho aparentava confusão, chegou ao ponto de luta no instante preciso em que o elemental se escafedeu. A chuva continuava, trovões ainda ribombavam e, ocasionalmente, um raio rasgava o céu fazendo o corpo "elétrico" do pequeno vibrar. (...)
​​​​​• M​orgoth escuta:​ •​ ​"​Tauron! Estou Aqui!!"
​​​• ​Agitando o protótipo de asas  •
"​Não tem mais "gosto bom" ?"
​Demais companheiros de grupo escutam: Agitos felizes!
​Elfo Negro, a.k.a \"​Espectro" escreveu:
​​- Vamos logo para aquela casa, o Verdão pode saber onde o Ronin foi parar
"​??? casa?? parar??"
​​​​​• ​a atitude de "Tauron" corta o raciocínio •
​​
Morgoth​, a.k.a. \"Tauron"​ escreveu:
​-Vamos pequenina, você agora vem comigo...
​​​​​• ​Em meio à tempestade, as mãos quentes de "Tauron" a envolvem novamente, mas dessa vez para elevá-la a um local melhor de observação...  •
.•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Tauron... "​​Ovopodre" e "gosto bom" sumiram. Não os sinto mais... Para onde foram? "
​Demais companheiros de grupo escutam: Lamentos Tristes



Imagens, misturadas com nomes... tudo aquilo era uma overdose para os 5 sentidos do Minotauro, era complicado entende ao mesmo tempo que simples compreender o que aquele pequeno ser queria. Era muita sorte isso não ter acontecido antes da luta ou certamente seria impossível lutar, já que no momento parecia impossível se focar em algo... Enquanto as palavras surgiam, as imagens junto não se encachavam na descrição, tudo parecia um enorme quebra cabeças, e a maior dor de cabeça de todas....

-Calma miúda... Tenha calma ou vou acabar perdendo meus chifres antes do tempo....

para o restante do grupo talvez nada daquilo pareceria fazer sentido, afinal o Minotauro agira conforme os os sons eram pronunciados, rangidos de filhote que para ele eram palavras talvez para o resto do grupo apenas murmúrios, mas Morgoth não havia como saber, e até que alguém se manifestasse, acreditava que não só ele entendia aquela linguagem, assim como qualquer um que perto estivesse...

-Não sei onde "Ovo Cabeça Podre de Vento" foi parar, e não tenho ideia de onde procura...

-Ei Espectro, de nada adianta procurar se não pudermos ao menos continuar andando... Eu gosto de uma boa briga mas não posso mais me dar ao lucho de procurar sem estar preparado, já perdemos os Ronin por uma falha e excesso de confiança... Se o Verdão estivesse em perigo, ele seria o primeiro a vir me buscar, ninguém é mais rápido que ele em fugir de uma.

-Carlo não pode pedir a um de seus bichos ou um monte deles para saírem vasculhando todo o vilarejo a procura do meu amigo? Se morto ele estiver, ao menos devo encontrar seu corpo para as devidas honras, afinal foi uma boa luta...Crying or Very sad
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 35
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sab Fev 18, 2017 3:25 am

​​​• ​Daqui de cima, vejo o mundo como "Tauron" vê...  •


Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-Calma miúda... Tenha calma ou vou acabar perdendo meus chifres antes do tempo....​​

"​Miuda?? "
​​​• ​Por uns instante, compreendo tudo e nada ao mesmo tempo... tem algo a mais... e é confuso... Talvez uma mistura de bravura com ternura...  •
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Pequenina-Miúda... sou eu, "Tauron"? "

Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-Não sei onde "Ovo Cabeça Podre de Vento" foi parar, e não tenho ideia de onde procura...

​​​• ​A imagem que "vejo" de Tauron confirma minhas primeiras impressões... Ovopodre é, de fato quem achei que era... Mas algo está errado... •
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Miúda acha! "

Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-Ei Espectro, de nada adianta procurar se não pudermos ao menos continuar andando... Eu gosto de uma boa briga mas não posso mais me dar ao lucho de procurar sem estar preparado, já perdemos os Ronin por uma falha e excesso de confiança... Se o Verdão estivesse em perigo, ele seria o primeiro a vir me buscar, ninguém é mais rápido que ele em fugir de uma.​​

"Tauron fala Espectro... Hummmm"
​​​• Puxando Faro •​​
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Espectro cheira "Gostobom"... "

Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-Carlo não pode pedir a um de seus bichos ou um monte deles para saírem vasculhando todo o vilarejo a procura do meu amigo? Se morto ele estiver, ao menos devo encontrar seu corpo para as devidas honras, afinal foi uma boa luta...Crying or Very sad​​

​​​• ​Farejo Carlo assim que Tauron "me mostra" como é... E novamente a sensação de algo errado... •​​
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Morto? É isso que está errado? "​​

Nessa conversa toda, os companheiros ouvem, do dragão, apenas sons e ruídos desconexos... quem olha na direção do Minotauro, vê uma criaturinha agitando as "asículas" e cauda, como se o filhote urgisse em interagir com esse mundo novo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Dom Fev 19, 2017 3:42 pm

O Halfling caiu na gargalhada após a réplica do meio-orc, pouco se importando de estar sendo insultado. E riu mais ainda quando notou que Jackbalis pretendia abrir um portal para sair da mansão e voltar aos amigos. O pequeno caiu no chão e se dobrava de rir, não tendo tomado qualquer atitude para impedir a ação do mago.

Confiante, o meio-orc abriu seu portal e puxou Tenshu consigo. A mesma sensação familiar de estar viajando pelo tempo-espaço lhe assolou, mas quando saiu pelo que achou ser a outra ponta do portal, foi com uma desagradável surpresa que percebeu ter voltado exatamente para o mesmo lugar.

Em cima das escadas, o pequeno ainda ria de forma estridente.

- Eu acho que alguém não conseguiu o que queria! Hahahahaha - ironizou o pequeno.

Aproveitando-se da estupefação do mago, teleportou-se rapidamente para o lado do ronin, numa tentativa de pegar o corpo inerte, provavelmente para levá-lo a outro local.

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Dom Fev 19, 2017 3:56 pm

Goran Pandev efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
5
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Paulo
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 183
Idade : 30
Data de inscrição : 30/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Dom Fev 19, 2017 11:11 pm

O motivo da criatura invocada pelo bardo já não existe mais. Em honra ao auxílio da criatura, o bardo empunha a flauta e toca uma curta e solene harmonia.

O combate foi rápido, mas com o sumiço do ronin, o resultado não foi muito bom. E ainda havia, provavelmente por perto, aquele que invocara o elemental que acabaram de derrotar. Seu compamheiro meio orc teleportador que estava afastado do grupo seria uma grande ajuda para encontrar o amigo desaparecido.

Espectro escreveu:
- Vamos logo para aquela casa, o Verdão pode saber onde o Ronin foi parar.

Carlo também viu ele indo na mesma direção.

- Nós temos três situações a nos preocupar: nosso companheiro desaparecido no meio da luta, nosso inimigo que invocou esse monstro que acabamos de enfrentar e o nosso amigo meio-orc. Porém, eu também vi que ele foi na direção daquele casarão - se vira pro Espectro, confirmando a sugestão.

Depois de observar brevemente o comportamento da bebê dragão e o apego que o minotauro demonstrou a ele, se volta pro minotauro:

- Grandão, parece que o filhote de dragão gosta de você. É bom que você tome conta dele, mas também não vamos desconcertar do que estamos enfrentando aqui, ainda mais que ainda não sabemos o que é.

Se coloca a andar na direção que viram o teleportador indo, e diz:

- Vamos indo, sem demora. Não sabemos se ele está em perigo. Bem possível, já que ainda não voltou. E ele é nossa melhor chance de achar o ronin. Na pior das hipóteses, ele aumenta nossa velocidade de busca.

[Off]A que distância está o casarão? Se for necessário pra encurtar o tempo, eu sugiro ao grupo correr.[/Off]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Ter Fev 21, 2017 3:51 pm

O casarão não está longe, algo em torno de 1 quilômetro de caminhada pela rua principal do vilarejo. O grupo, em comum acordo, decide seguir para lá. Chegando ao local, deparam-se com a mesma visão que o meio-orc tivera instantes antes: uma mansão aparentando bom estado de conservação, mas sem qualquer som saindo de dentro dela e sem sinal de seus habitantes, a exemplo das demais construções da vila. O grupo, no entanto, sabia que o meio-orc se encontrava ali.

As portas e janelas estão fechadas. A escuridão da noite já engoliu todo o mundo, não há uma fonte de luz sequer no exterior do lugar, embora pelas frestas da porta e das janelas o grupo possa perceber - como antes o meio-orc percebera - uma luminosidade ígnea, o que parecia denotar a existência de ocupantes no local.

OFF:

O local tá trancado, vocês podem tentar arrombar as portas ou fuçar à vontade na esperança de serem levados pra dentro também, assim como foi o meio-orc.

========================== ERIC ==============================

O halfling foi mais rápido do que o meio-orc pudera prever. Jackbalis atrapalhou-se no momento em que tentou tocar o companheiro e evitar que ele fosse "levado" pelo pequeno. Assim, seu diminuto antagonista tocou a ponta dos pés de Tenshu e teleportou-se novamente para o topo da escadaria, dessa vez com o ronin desacordado a seu lado.

- É, parece que eu sou mais rápido no gatilho, feioso! - sorriu maldosamente - Agora, preciso ir. Vou levar esse seu coleguinha aqui comigo, ele já tá mais morto que vivo. Não tem mais serventia pra você, a não ser que pretenda comê-lo no jantar de hoje! HAHAHAHAHA

Dito isso, o pequeno sumiu com um estalo, mais rápido do que a visão poderia conceber. Logo que o pequeno sumiu, uma escuridão quase completa recaiu sobre o salão, a não ser por uma fantasmagórica luz verde que surgia de algum lugar indistinto. Um barulho ensurdecedor de portas batendo fez-se ouvir no amplo salão vazio e outra figura minúscula surgiu diante do meio-orc: uma pequena criatura verde, com não mais que um quarto da altura de um meio-orc, carregando na mão esquerda um lampião e na direita uma faca, vestido com um saco disforme à guisa de vestimenta. Não emitia qualquer som, mas caminhava silenciosamente em direção ao mago...

Spoiler:
 

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Mar 08, 2017 11:12 am

Qualquer lugar é melhor para inciar uma busca do que simplesmente ficar parado, e assim Morgoth segui os companheiros enquanto carregava o bebê. Aquilo era confuso, não costumava carregar ninguém afinal, toda criatura digna deveria caminhar com suas próprias patas... Talvez por ser um bebe o grandalhão tenha abrandado ou pelo fatos de que estava confuso com a mistura de sensações e imagens. Podia não entender, mas sabia e parecia até natural a ligação com a Miúda.

•​ Para​ Miúda •​ ​​​"​ Morto! É isso que está errado!!... Sim é isso mesmo... O vimos cair e não se levantar e por isso estamos a procura de nosso outro aliado que não retornou. Ele tem o habito de sumir mas não por tanto tempo assim "​​​
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sab Mar 11, 2017 10:30 am

A cena de ter visto meu amigo ser capturado por outro teleporte me deixou muito chateado, pois não costumava encontrar outros como eu. Porém, o pequeno de pés peludos, fora muito mais rápido e astuto do que eu e a chateação deu lugar à raiva.

O desaparecimento de meu rival e o surgimento de um novo perigo. Pequeno, porém intrigante.

Assim que ele começa a caminhar em minha direção retiro a adaga de minha cintura e fico a sua espera. Iria esperar o máximo possível para agir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 35
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Mar 15, 2017 7:58 pm

Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-​​​"​ Morto! É isso que está errado!!... Sim é isso mesmo... O vimos cair e não se levantar e por isso estamos a procura de nosso outro aliado que não retornou. Ele tem o habito de sumir mas não por tanto tempo assim "​​​​​

"​Aliado..."
​​​• ​Enquanto a Tauron fala, imagens do "assunto" falado se forma em sua mente, Ovopodre e Aliado, nesta ordem... e posso compreender um pouco o porque do pesar no coração de Tauron...  •

•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Tauron... "Aliado" também é da ninhada? "

​​​• Mantenho a expectativa de encontrar Ovopodre, enquanto observo o caminho que fazemos em direção ao casarão •​​
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qui Mar 16, 2017 1:59 pm

Citação :


•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Tauron... "Aliado" também é da ninhada? "

​​​• Mantenho a expectativa de encontrar Ovopodre, enquanto observo o caminho que fazemos em direção ao casarão •​​
 
Não exatamente da ninhada... Difícil entender o que nem vou te explicar. Ele precisa de nós, assim como nós dele, mas... É ISSO é pronto 

O MINOTAURO estava a mil, era nada fácil explicar as coisas a um bebê...   UM BEBÊ...  Mas que diabos estava acontecendo...? Como foi que os acontecimentos convergiram dessa forma?  Quanto mais pensava mais parecia doer sua cabeça. 

Mais a frente uma porta trancada. Mais uma dificuldade imposta ao grupo.

-Demônio 👿,  deixa que eu dói um jeito rápido nisso! 

E sem nem se dar ao trabalho de pensar,  o brutamontes resolve pegar um impulso enquanto solta de vagar o pequeno bebê ao lado o deixando em segurança,  e parte com tudo para cima da porta,  deixando claro que daria uma boa chifrada ou cabeçada sem se importar se iria doer ou não
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qui Mar 23, 2017 7:19 pm

Enquanto seu pesado amigo chifrudo tentava usar a cabeça, literalmente, para abrir a porta, viu que poderia tentar algo mais sutil, pois por mais escuro que tivesse, fato que agradecia bastante, parecia haver uma fraca luminosidade interna, dessa forma, seu reino de sombras estava completo e preparado, poderia facilmente usar seu potencial total.

Em vez da porta, que estava sendo esmurrada, preferiu tentar uma janela e tentou criar um tentáculo próximo a janela, mas do lado de dentro, como extensão de seu braço. Dessa forma, busca tatear se havia uma tranca ou algo que pudesse desbloqueá-la por dentro e abrir caminho para a o interior da casa com certa urgencia, pois sentia que haviam magias sendo executadas ali dentro...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Abr 05, 2017 3:31 pm

Goran Pandev escreveu:
A cena de ter visto meu amigo ser capturado por outro teleporte me deixou muito chateado, pois não costumava encontrar outros como eu. Porém, o pequeno de pés peludos, fora muito mais rápido e astuto do que eu e a chateação deu lugar à raiva.

O desaparecimento de meu rival e o surgimento de um novo perigo. Pequeno, porém intrigante.

Assim que ele começa a caminhar em minha direção retiro a adaga de minha cintura e fico a sua espera. Iria esperar o máximo possível para agir.

O pequeno ser verde continua avançando vagarosamente. Parece não ter pressa para atacar, não faz qualquer som, nem mesmo seus passos vagarosos. Seus olhos cor de piche continuam olhando fixos para o meio-orc, seu único objetivo. A faca que leva à mão esquerda continua pronta para o ataque, embora o pequeno ser só caminha, sem nunca elevar a velocidade.

OFF:

Se tu for lutar com ele, a iniciativa automaticamente é tua. Esse inimigo jamais ataca primeiro.

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Abr 05, 2017 3:35 pm

O minotauro bate com tudo na porta. Um estrondo ensurdecedor toma conta da noite chuvosa. A mansão parece se balançar inteira e por alguns instantes parece ao grupo que pode desabar, tamanha a força do golpe que Morgoth aplicou na porta. Mas nada aconteceu. Nem sequer uma pequena lasca de madeira se soltou da porta aparentemente frágil. A força bruta não funcionaria ali.

De outro lado, Espectro alcançou a parte de dentro da casa com seus tentáculos de sombra e puxou. Contudo, de imediato sentiu a resistência da casa (ou daquele que a protegia) contra a abertura dessa janela. Sentiu como se seus tentáculos estivessem sendo puxados pra dentro, sendo arrancados de seu domínio. Ao mesmo tempo, pareceu-lhe que a casa inteira vibrava, resistindo à invasão de um estranho. A vibração intensificou-se após o golpe do minotauro contra a porta.

OFF:

Will, se quiser tentar outro golpe, manda um teste de força.

Bones, preciso de um teste de força teu também, pra ver se tu consegues abrir a janela.

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Abr 05, 2017 11:09 pm

Em nenhum outro momento sentiu tanta falta de seus amigos, pois eles saberiam muito bem em como lidar com essa situação. Diferentemente do meio-orc, que sua melhor habilidade é locomoção e localização.

Percebendo que o pequeno ser não demonstra nenhuma nenhuma ação aparente, decido prolongar ao máximo essa situação enquanto decido na melhor ação a ser seguida.

Após uma rápida análise no local, decido me teletransportar para o alto da escada.


Off - caso seja necessário lançar algum dado é só pedir.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sex Abr 07, 2017 2:53 pm

Mas que diabos foi isso!!!

*Estrondo, cabeça latejando e chifres pontiagudos, nada disso adiantou, aquela não era uma porta comum, mas tão pouco Morgoth era um minotauro comum*

AHHHHHHHHHH!

Mugindo ferozmente, com olhos vermelhos contra o inimigo em forma de porta, enquanto disparava socos em sequencias e intermitentes


Teste de força  F(2)

Elessar III efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Erulindya
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 32
Idade : 35
Localização : Futura cidade Egípcia de Akhenaton
Data de inscrição : 17/03/2015

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Sab Abr 08, 2017 11:18 pm

Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
- Não exatamente da ninhada... Difícil entender o que nem vou te explicar. Ele precisa de nós, assim como nós dele, mas... É ISSO é pronto ​​
"​ Nós precisa dele... "​​
Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
E sem nem se dar ao trabalho de pensar,  o brutamontes resolve pegar um impulso enquanto solta de vagar o pequeno bebê ao lado o deixando em segurança,  e parte com tudo para cima da porta,  deixando claro que daria uma boa chifrada ou cabeçada sem se importar se iria doer ou não​
​​​• ​Vejo Tauron se afastar novamente... Parece atacar "Demônio"... E "Demônio" não sai do lugar... Porque?•
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​Tauron! "Demônio" é fraco, nem sai do lugar! Vai cair rápido!"​​
​​​​​• ​Feliz e Batendo as asículas •

Arvedui​, a.k.a. Mestre​ escreveu:
O minotauro bate com tudo na porta. Um estrondo ensurdecedor toma conta da noite chuvosa. A mansão parece se balançar inteira e por alguns instantes parece ao grupo que pode desabar, tamanha a força do golpe que Morgoth aplicou na porta. Mas nada aconteceu. Nem sequer uma pequena lasca de madeira se soltou da porta aparentemente frágil. A força bruta não funcionaria ali.

"​Tauron"???
​​​• ​"Demônio parece reclamar de dor, mas insiste em ficar no lugar, que teimoso!" •
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Tauron! Você conseguiu ferir bastante esse "Demônio"! Mais um pouco e ele desiste! "
​​​• ​Enquanto a chuva cai, percebo que "Gosto Bom" faz algo mais adiante... O que será? •
Morgoth​, a.k.a. "Tauron"​ escreveu:
-Mas que diabos foi isso!!!​​

*Estrondo, cabeça latejando e chifres pontiagudos, nada disso adiantou, aquela não era uma porta comum, mas tão pouco Morgoth era um minotauro comum*

​​AHHHHHHHHHH!​​

Mugindo ferozmente, com olhos vermelhos contra o inimigo em forma de porta, enquanto disparava socos em sequencias e intermitentes​​
•​ Para​ Morgoth •​ ​​​"​ Agora esse "Demônio" cai!! Vai Tauron!"
​​​"​ Deve haver alguma forma de ajudar Tauron a derrubar esse "Demônio"... Mas como?"
​​​• ​Por um momento, observo a chuva cair e seus "rompantes de fúria" •

Demais companheiros do grupo percebem o dragãozinho ora afoito com os ataques do Minotauro, ora concentrado em algo no céu...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://erulindya.deviantart.com/
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Aventura I   Qua Abr 12, 2017 10:13 pm

Teria conseguido abrir facilmente se não fosse uma estranha resistência vindo da parte interior, não sabia se era algo puxando fisicamente ou magicamente, mas o fato é que estava disputando forças e não seria uma boa, pois havia gasto muita energia e não conseguiria elevar suas habilidades naquele momento.

Em vez disso, percebeu que havia uma "vibração" na defesa da casa ao ser golpeada pelo minotauro, desestabilizando o que quer que fosse que protegia o lugar. Não custava tentar, iria arriscar um trabalho em equipe para melhorar os resultados.

- CHIFRUDO!!! Continue !!! Tente golpear ritmado que eu acompanho!

Gritou para seu companheiro, dessa forma tentaria fazer mais força no momento da pancada, exatamente o momento que parecia que a defesa enfraquecia e tentaria resistir enquanto ela fizesse força.

[off: Teste de força 1
DEATH efetuou 1 lançamento(s) de dados d6 (Imagem não informada.) :
3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Aventura I   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Aventura I
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
 Tópicos similares
-
» Testem meu Jogo de Aventura
» De Maceió-AL (SBMO)BR para Fort Lauderdale (KFLL)-EUA - Parte 2
» Segredos,Easter Eggs e mensagens ocultas
» As aventuras do Detetive Águia
» Aventura pelo Mundo dos Selos

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: PLAY BY FÓRUM :: Jogos :: Medieval (3d&t)-
Ir para: