Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Redenção - Bones

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Redenção - Bones   Seg Abr 06, 2015 6:38 pm

Um domingo de manhã nublado e com uma leve chuva na pequena cidade Harima. Hoje faz quarenta dias que Helena, a esposa do medico Bones fora enterrada. Ela estava a dois anos lutando contra uma doença desconhecida, que fazia seu intestino doer demais até fazê-la desmaiar.

Formavam um casal apaixonado, companheiros, sempre estavam juntos, se conheciam apenas pelo olhar. Infelizmente essa história de amor foi interrompida de forma devastadora, fazendo com que o médico ficar deprimido e fazer um novo juramento, porém, esse juramento fora secreto.

"Enquanto houver um resquício de vida em meu corpo, não descansarei para trazer minha esposa a vida. Ela é a minha parceira, minha amiga, minha amante, não deixarei que doença nos separe. Iremos ficar juntos para sempre".

Bones, sempre teve uma condição financeira excelente e, com isso, sempre recebia encomendas de livros. Dizem que sua biblioteca possui infindáveis livros, dos mais variados temas. E desde o falecimento de sua esposa ele tem recebido um volume maior de livros e pouco tem saído de casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Seg Abr 06, 2015 11:51 pm

Desde tenra idade, Thanus sempre foi uma criança curiosa, curiosa ate de mais, pois questionava tudo e respostas simples não o satisfaziam, queria chegar a verdade por tras de cada coisa, o que nem sempre era possivel devido a cultura de onde veio.

Tal curiosidade o levou a estudar o corpo vivo, buscando entender como se dava seu funcionamento e consequentemente passou a ajudar os outros como um medico, reconhecendo disfunções e tratando para que voltassem ao funcionamento normal.

Contudo, sua maior frustração foi em relação a sua própria esposa, uma mulher de personalidade forte mas companheira e fiel, alguem por quem ele daria a própria vida sem questionar tamanho era seu amor por ela, e logo ela fora adoecer de forma tão misteriosa e incuravel, quase o levando a loucura devido a sua obsessão em cura-la.

Esforços em vão. Sua amada partiu antes dele, mas em vez de se deixar abater e se entregar ao desespero, estava focado e concentrado no que precisava fazer, jurou a si mesmo que usaria tudo que houvesse na Existência, disponivel ou não, para salvar sua esposa, precisando ele próprio atingir o meio necessario para isso.

Se aproveitando de seu poder econômico, começou a enviar diversas cartas, buscando e oferecendo boas somas de dinheiro por livros "incomuns" e ate "raros", livros que pudessem explicar mais detalhadamente sobre os humanos, nos minimos detalhes, daqueles tipos que apenas açougueiros e carrascos conheciam sobre os corpos, seus funcionamentos e partes internas, buscando onde se localizava a alma no corpo.

Dias e semanas se somaram sem que ele se quer visse a luz do Sol, trancado em sua casa, enfiado atras de uma quase montanha de livros, alguns com figuras detalhadas, enquanto outros haviam referencias a magias negras e rituais. Faziam dias que sua esposa faleceu, mas para ele parecia que foi a cinco minutos atras, a dor ainda era a mesma e sua determinação não havia dado nenhum sinal de que havia enfraquecido, ao contrario, parecia apenas se fortalecer mais conforme ia, peça por peça, montando aquele quebra cabeças chamado "Vida e Morte".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Qua Abr 08, 2015 1:24 pm

A sua determinação é algo impressionante. É notória a paixão que sente por sua falecida esposa. E não está medindo esforços financeiros para conseguir tudo o que deseja, desde os mais variados livros até informações que possam ajuda-lo em encontrar algum item ou pessoa que tenha mais conhecimento.

Após passar mais de 24 horas estudando lembrou-se que precisava se alimentar e que não há nada em sua dispensa. E seus empregados foram todos dispensados quando do falecimento. Hoje vive sozinho em sua mansão, faz sua própria comida, lava sua roupa, limpa a casa.

E para sorte do médico, hoje é dia de feira, e está um ótimo clima para sair de casa. Na feira há muitos legumes, verduras, frutas, pequenos animais, fora que há ervas, poções, as vezes até velhos pergaminhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Qua Abr 08, 2015 11:29 pm

Sua capacidade de se concentrar em determinada coisa e esquecer de tudo ao seu redor ja foi um dia motivos de pequenas discuções com sua esposa, pois ela dizia que ele não prestava atenção no que ela dizia quando pegava um livro pra ler. Saudades daquelas briguinhas...

O destino pareceu lhe dar uma forcinha hoje, pois no momento que terminou um livro sem grandes avanços, ouviu um pequeno rugido. Era sua própria barriga. Achou estranho e foi então que se deu conta de quanto tempo e quanta dedicação estava dando em seus estudos que ele próprio estava com barba comprida, cabelo emaranhado e ao seu redor sua casa estava um nojo, parecia que estava deserta a semanas, o que em parte não deixou de ser verdade.

- Nada poderei fazer se acabar adoecendo ou morrer também...

Decidiu fazer uma breve pausa, precisando se espreguiçar bastante pra levantar da cadeira com o corpo todo dolorido daquela posição. Primeiramente iria tomar um bom banho e tirar aquele fedor de carniça. Não iria fazer por completo a barba, apenas diminuir ela, lavando muito mal lavado os cabelos que agora estavam mais longos que o de costume e vestindo a primeira e talvez unica roupa limpa que achou pela frente, embora estivesse meio amarrotada.

Meio sem rumo, iria a feira, buscar alguns alimentos e ver se algo curioso aparecia por la, pois se não lhe falhava a memoria, umas quatro ou cinco vezes havia encontrado materiais interessantes e dignos de nota em meio a receitas de ensopados e contos de bebados.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Seg Jun 22, 2015 6:43 pm

Thanus decidiu sair de sua casa e ir até a feira, com intuito de encontrar novas informações e se alimentar, pois de nada adiantaria se acabar adoecendo, assim nunca conseguirá trazer sua amada de volta.

Durante o caminho passou por 4 jovens, que caminhavam apressados, olhos atentos em tudo a sua volta, um dele o encarou dos pés a cabeça, em sua mão está uma sacola que é produzida por uma ninfa que vende alguns itens que sempre precisa, incensos, poções, ervas, condimentos, a bela Kalídora.

Além dessa barraca há ainda a taverna, onde sempre há boas histórias para ouvir, boatos sobre resquícios de vilas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Ter Jun 23, 2015 1:14 am

Fazia tempo que não saia de casa e acabou ficando desconfortável para ele um simples passeio pelas ruas da cidade, sentindo tanto seu corpo "ranger" como também seu fôlego não ser o mesmo, se sentindo obrigado a andar numa marcha reduzida se comparada com tempos atrás.

Passando pelos jovens, percebe que um deles tentou encara-lo. Por um segundo até pensou em convocar um esqueleto para ver o jovem se borrar na frente de todos, mas preferia manter a discrição e aparências, apenas resmungando consigo mesmo "idiotas".

Aquela ninfa poderia até ser chamada de bela pela aparência, mas para Thanus não passava de uma incompetente, que mesmo possuindo boas mercadorias, não foi capaz de salvar sua esposa, chegando até mesmo a duvidar do quão verdadeiramente eram bons os produtos.

Decidiu prosseguir até a taverna, um lugar onde com certeza encontraria alguma comida e quem sabe uma boa história, embora quase sempre os bardos ultimamente estivessem bêbados de mais para terminar suas próprias história.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Qui Jun 25, 2015 10:04 pm

A caminhada até a taverna fora rápida, ainda mais com o forte aroma do assado, que provavelmente deve ser um suíno. O movimento está alto, muitas pessoas indo na mesma direção, umas por causa da comida, outras pelas bebidas, outras pelas belas mulheres e outros, ninguém consegue entender o motivo.

Ao adentrar na taverna pode-se perceber que há poucas mesas livres, portanto, não demorou a escolher a mais afastada e que possuísse visão geral do ambiente.

Enquanto espera a atendente vir até sua mesa fica a observar todo o movimento e os murmúrios, porém um deles lhe chamou atenção, numa mesa próxima a sua, uma dupla comenta sobre uma invasão ao mosteiro da montanha, local conhecido por preservar pergaminhos e grimórios antigos, por séculos.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Sex Jun 26, 2015 1:32 am

Aquele lugar lhe causava um misto de alegria e tristeza, pois havia passado bons momentos e tinha otimas recordações dali, mas envolviam sua falecida esposa, como a festa de noivado que decidiram dar bem ali. Mesmo assim, procurava se manter de cabeça erguida, se apegando as boas memórias, adentrando no local abarrotado de pessoas.

Procurou um dos poucos cantos que restavam, estava transbordando de gente de todos os lados e o barulho era exagerado como sempre, mas pelo menos serviria para manter sua cabeça ocupada por hora.

Contudo foi justamente a conversa proxima que o alertou, ouvindo sobre uma invasão do monasterio. Se não lhe falhasse a memória, ele próprio ja havia tentado entrar nas bibliotecas de la, mas havia sido barrado, pois apenas membros poderiam ter acesso e blablabla de sempre.

Decidiu se levantar e se aproximar dos homens, ja puxando uma cadeira como se fosse conhecido deles e se sentando, falando com um tom informal, contudo ja oferecendo algo em troca de algo...

- Com licença, cavalheiros. Lhes pagarei uma garrafa para cada se dividirem um pouco mais dessa historia sobre o mosteiro comigo... Não pude deixar de ouvi-la e achei facinante, o que me dizem?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Goran Pandev
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 973
Idade : 31
Data de inscrição : 23/07/2008

MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   Seg Set 28, 2015 8:21 pm

Os dois lhe olham dos pés a cabeça, como se estivesse o analisando, e senhor ruivo lhe responde com uma voz firme e baixa:

-Então mande descer duas garrafas da cerveja anã. Estamos com sede, pois nossa viagem não fora nada fácil. Não temos morada, vivemos de cidade em cidade, vamos em busca de vilarejos abandonados, nosso objetivo é encontrar coisas que as pessoas das maiores cidades gostem e possam pagar. E nessas andanças acabamos conhecendo sujeitos dos mais variados tipos e em uma dessas andanças ouvimos esse boato e estamos pensando em seguir até o mosteiro para ver se é verdade. Mosteiros são bons lugares...

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Redenção - Bones   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Redenção - Bones
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» mazoquecara adm - bones bolado parte 2
» Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.
» Cajado da Redenção - Capítulo 01

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Arquivo Morto :: JOGOS :: O Uivo Noturno-
Ir para: