Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Prelúdio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Prelúdio   Dom Fev 16, 2014 10:20 pm

O quão longe um filho é capaz de ir para vingar a morte do pai? O quão longe um governante é capaz de conduzir seu povo para obter conquistas pessoais? Como definir se os fins justificam ou não os meios? Bem e mal não passam de conceitos que acreditamos serem cristalizados e bem definidos, quando na verdade podem mudar de lado a qualquer instante dependendo do ponto de vista do observador...

Mas afinal, pelo o que um soldado luta? Seu povo? Seu reino? Seu soberano? Glória?
Mas afinal, pelo o que um mago estuda tanto? Poder? conhecimento? controle?
Mas afinal, pelo o que um clérigo reza? Pelos outros? Por se sentir melhor? Por um deus?

No ano de 523 D.U. (depois da unificação), na cidade de Ysar, "capital do continente", prospera como nunca, em todas as suas áreas. A tecnologia começa a ganhar cada vez mais força com novas ferramentas e geringonças que surgem para melhorar o cotidiano dos cidadãos. As plantações batem recordes de produção e a palavra "fome" tem se tornado cada vez mais esquecida. A magia se tornou mais conhecida, saindo dos cantos obscuros das bibliotecas e ganhando espaço entre as pessoas mais simples, presente no dia a dia de todos, onde até mesmo a tão mal falada necromancia encontrou seu espaço, contribuindo e muito para a medicina. Não mais houve em séculos nenhum conflito entre as raças, cada um cooperando em sua melhor área de atuação, contribuindo para o Reinado, sendo governado por um conselho formado pelos lideres de cada raça, elegendo entre si aquele que governará como um soberano durante vinte estações.

Esses foram os "dias de ouro" de um continente que ja não existem mais. Hoje, a cidade vive cercada por uma nuvem negra que encobre os seus grandes feitos. É o ano de 528 D.U., tudo começou com a morte do governante, esquartejado e com sua cabeça deixada sobre o trono, havendo escrito com sangue no chão aos pés dele "Está chegando a hora...". Desde então, vários relatos estranhos por todo o reinado começaram a acontecer um após o outro. Mortos se levantando das sepulturas. Plantações inteiras perdidas por pragas da noite pro dia, levando vilas a uma verdadeira "marcha dos famintos", com uma aglomeração de pessoas passando fome, doentes e um aumento espantoso na criminalidade. Relatos de Dragões, aqueles mesmos que haviam decidido deixar as terras do continente para sempre, estão sobrevoando áreas, destruindo tudo. Pessoas e vilas desaparecem sem deixar nenhum vestígio, como se simplesmente tivessem virado fumaça, largando seus pertences onde estavam.

O clima entre as raças está o mais hostil que ja se viu em séculos, uns acusando os outros, ameaças de se retirar do conselho são a pauta do dia e uma guerra iminente é constantemente o assunto em qualquer taverna. Cada lado busca saber da sua própria verdade e defender a si mesmos. Os estudiosos não conseguem chegar a um consenso, com os mais conservadores dizendo que são apenas boatos sem fundamento, enquanto que os mais fervorosos apontam para o fim dos dias...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Prelúdio
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Prelúdio James West - A Arma Gentil
» Prelúdio Sibylla Qdari - A mensagem dos Sussurros do Vento
» Prelúdio Grendel - O alvo invisível
» Prelúdio de Tul Duru: Algo pelo que lutar...
» Prelúdio Tssis'tor Gak: Sangue antigo, continente novo.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: PLAY BY FÓRUM :: Jogos :: A era da Escuridão :: ÁREA OFF - Informações-
Ir para: