Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Primeira crônica: O começo de tudo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
AutorMensagem
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 29
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Qui Out 17, 2013 11:43 am

Shokhan, Sombra, Kriver, Aeglos e Osfengio:

Após garantir que haja alimento suficiente para todos os filhotes ali, Guingelow responde a pergunta de Osfengio, mas para todos os filhotes:

Guingelow - Este simbolo?

O gnomo diz, pegando o amuleto na mão. O amuleto era na verdade uma disco de metal multicolorido, mas assim que o gnomo move o amuleto, as cores no simbolo se distorcem e mudam.

Guingelow - É um simbolo reconhecido por dragões de quase qualquer lugar. Esta é a marca de Io, o deus pai de todos os dragões, e idealizador do conselho dos wyrms, o qual vocês são os mais novos membros, senhores. O conselho foi criado pela vontade de Io para unir os dragões e acabar com a época de trevas que foram as guerras dracônicas. - ele então assume um tom mais sombrio -as guerras draconicas foram quando todos os clãs de dragões entraram em guerra... os mais poderosos dragões travavam batalhas terríveis, realmente terríveis! - ele volta a falar de maneira mais normal - Ser parte do conselho é uma grande honra que foi estendida aos senhores.

Guingelow- Mas eu não sou o mais indicado para falar sobre essas coisas... - ele diz, puxando um banco para perto e se sentando - geralmente os senhores morariam aqui pelas primeiras semanas de vida, mas... devido aos últimos acontecimentos, acredito que a melhor opção seja leva-los diretamente aos halls do conselho. Partiremos assim que as tropas voltarem dos ninhos. Não podemos deixar ninguem para trás.



Saviik e Saphira

Saphira olha ao seu redor: Krug estava tentando se levantar após tomar a baforada direta, os outros dois ogros olhavam para Saphira com medo, um deles havia acabado de apagar o fogo em sua tûnica de peles. O draconiano vermelho havia abandonado o embate com os ogros e agora avançava em direção a Krug. Ao verem que Saviik avançava contra seu chefe caído, os outros ogros saem correndo para o tunel que levava para as outras cavernas.

Saviik vem correndo, agilmente saltando por sobre buracos no chão e desviando de pedras e acerta um chute feroz em Krug, matando-o de uma vez.

Sons de combate vem da boca da caverna, por onde os ogros correram, seguido por gritos:

- Eles vieram daqui! Captão!


- Sigam em frente, cuidado aí, pode ter mais deles!

O som de botas e armaduras vai ficando mais alto pela caverna, até que um grupo de anões armadurados, com escudos e martelos de guerra surgem. Saviik reconhecia aqueles como os anões do forte que protege a entrada do lugar. Assim que os anões veem a cena, eles baixam as armas. A luta estava terminada.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
pobosgame
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 21
Data de inscrição : 22/04/2013

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Qui Out 17, 2013 2:24 pm

Reverentemente Osfêngio fala para Guingelow

Obrigado bom senhor. Fiquei muito interessado sobre este conselho. Gostaria de aprender mais sobre isso. Espero que meus irmão de ninhada saiam em segurança. Um ser draconiano apareceu durante o combate. Parecia bem forte. Talvez ele já tenha derrotado aqueles seres nojentos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Sab Out 19, 2013 5:10 pm

Os ogros correm pelo caminho por onde Saviik veio, apesar de seu primeiro impulso ser de persegui-los, sabe que a segurança da filhote é a prioridade no momento. Quando começa a ouvir passos se aproximando, coloca-se a frente da filhote, pronto para lutar.

Logo relaxa ao ver que eram os anões se aproximando, pelo jeito os filhotes realmente conseguiram trazer ajuda.


- Achava que nunca iam aparecer. Achei essa dragoneza sendo atacada, queria poder deixar o chefe deles vivo pra interrogar mas era ele ou nós. Se algum de vocês puder acompanhar a filhote para fora daqui ficarei feliz em ajuda-los a limpar qualquer resistencia remanescente.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Lorde Brazen
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 124
Idade : 28
Localização : HEAR ME ROAR!
Data de inscrição : 18/12/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Seg Out 21, 2013 10:25 am

Kriver havia passado a maior parte do tempo observando e pensando.

- Como poderiam ter deixado criaturas de tão baixo nível invadir um local tão importante quanto o de uma ninhada? Algo não definitivamente não está certo por aqui...

________________________________________________
"Quando eu era um guerreiro, os tambores retumbavam,
As pessoas espalhavam pó de ouro diante das patas do meu cavalo;
Mas agora que sou um grande rei, as pessoas perseguem meus passos
Com veneno na minha taça de vinho e punhais às minhas costas."
- Rei Conan
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Ter Out 22, 2013 9:45 am

A filhote ainda estava tonteada, e fraca... suas forças eram poucas o que confundia-lhe os pensamentos. Agia mais por puro instinto do que por inteligencia. Vira ainda mais gente chegando e o outro estranho a atacar o ser repugnante no chão. Ainda mantinha-se em posição de ataque, não dava a minima se eram amigos aliados ou inimigos. Seja quem fossem sua segurança era prioridade e não ficaria vulnerável novamente...

a pequenina rangia os dentes como querendo morder quem ousasse toca-la novamente
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Qui Out 24, 2013 7:16 am

Boa parte da explicação e outras lembranças vinham na mente de Shokhan, ele ainda conseguia se lembrar dos ensinamentos de dentro do ovo, daquela voz narrando lendas e historias. De todas que ouviu, a do Io era uma de suas prediletas, sobre como ele havia se tornado poderoso e influente o suficiente para colocar limites em seres tão poderosos quanto os dragões.

Dispensou qualquer comentario, visto que seus irmãos ja estavam agradecendo, buscando se concentrar mais em se alimentar adequadamente e beber o necessario. Não queria se empanturrar, mas precisaria de forças para qualquer coisa que estivesse por vir, seja continuando naquele lugar ou indo ate o conselho

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 22
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Sab Out 26, 2013 9:51 am

Após terminar de comer e beber, sombra ouve o Anão falar sobre o conselho que ele fazia parte...Interessante...
Não fala nada, apenas continua tentando voar com suas pequenas asas e soltar fogo, queria ser o primeiro a aprender a voar e soltar fogo, por isso continuava dando pequenos pulos e batendo as assas o maximo que podia.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   Seg Out 28, 2013 3:39 pm

Saviik não precisava de muito raciocinio lógico para enxergar o medo nos olhos da dragoneza, e sinceramente não podia culpa-la, faz literalmente minutos desde que nasceu e seu primeiro contato com o mundo foi a ameaça de perigo iminente.

Logo mudou de idéia, poderia deixar os anões limparem a caverna e escoltar a dragoneza pessoalmente, tinha mais chances de convence-la já que é o que mais se aproxima dos dragões dentre os presentes.


- Vocês continuem em frente, destruam qualquer inimigo remanescente.

Coloca-se a uma distancia média, nem muito perto para que ela não o encarasse como ameaça, nem muito longe para não dar a impressão de teme-la.

- Acalme-se jovem. Você está entre amigos. Meu nome é Saviik, sou um dos guardas do conselho e vim para proteger você e seus irmãos. Todos já estão lá em cima em segurança, só falta você. Queira me acompanhar, seus irmãos a aguardam.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Primeira crônica: O começo de tudo   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Primeira crônica: O começo de tudo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4
 Tópicos similares
-
» Para quem não conhece a transamazônica...
» [Internacional] Força Aérea da Colômbia apresenta sua primeira aeronave de treinamento fabricada no país
» [Internacional] Primeira mulher a pilotar um Gripen na Suécia
» fala pessoal - vendendo tudo!
» [Internacional] Primeira fuselagem frontal do Airbus A350 XWB chega em Toulouse para montagem final

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Conselho dos Wyrms-
Ir para: