Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 2a Cronica de Skundar:

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6
AutorMensagem
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 10:09 pm

Drannen: - *pshh* To vendo que entendeu.

O volus extende a mão para cumprimenta-lo.

Drannen: - Bem vindo a bordo Skundar. *pshh*

Quando ele ouve o comentário sobre seu temperamento, ele coça a cabeça.

Drannen: - Eer... *psh* Bem a asari era louca de qualquer jeito... *tsh* E pelo menos sua amiga conseguiu destruir o Torvan economicamente *pshh* Falando nisso...aquele outro volus que anda com você, ele é confiavel?

Rinz: - Acho que a melhor idéia é manter o Drannen em segredo, ok. Sei que 90% de Omega riria da idéia de que um volus pudesse fazer tudo isso, mas pode ser perigoso para nós. Sem falar que anonimato é sempre util, podemos trabalhar melhor em segredo, aproveitar o elemento surpresa. È claro que essa parte do anonimato já ta bem dificil pra você, mas o lado bom é que você tem "Drannen o fantasminha camarada" pra te ajudar.

Drannen: - *pshh* Me lembra de chutar seu saco mais tarde? *tshh*

Rinz: - Vai precisar de um banquinho antes.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 10:27 pm

Skundar cumprimenta Drannen, em seguida oferece o cumprimento a Rinzler tambem.

- Hehehe, obrigado!

Assim que Drannen pergunta se Zada Ban era confiável, o sorriso de Skundar some, e o krogan fica sem saber exatamente o que responder... Skundar confiava em Zada Ban, mas não conhecia tanto dele para saber que ele não deixaria escapar algo sem querer.... porém, antes que Skundar possa responder, Rinz sugere deixar Drannen em segredo. Skundar considera por um segundo e concorda:

- É, acho que é a melhor opção. Eu confio no Zada Ban, mas não acho que ele precisa saber. Ele sabe que eu encontrei você, Drannen, mas vou falar para ele só o necessário: que eu só encontrei você, mas não sei quem é. Se ele perguntar da sua raça eu invento alguma coisa.

Skundar ri dos comentários que o volus fazia do quarian e vice-versa, lembrava muito as merdas que ele falava com o Zada Ban.

- Uhm... só mais uma coisa: eu não quero soar como um cretino ganancioso, mas guerra custa caro. Eu tenho que pagar por munição, reparo e comida, e bom... vocês sabem o que eu fazia para sobreviver antes, não vou fingir que não é verdade... mas acho que isso ja não é mais compatível com a imagem que queremos passar. Como exatamente vocês fazem para se manter?

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 10:36 pm

Eles escutam um tanto quanto inseguros seu comentário.

Rinz: - É melhor assim, você pode inventar que o "Vigilante" é um turian ou algo assim. Não consegui descobrir absolutamente nada desse "Zada Ban" a não ser esse nome, e isso me incomoda...quando nem o Shadow Broker sabe sobre alguém, é sempre um mau sinal...as chances são dele estar envolvido em coisa pesada, mas não podemos fazer nada até saber com certeza.

Drannen: - *pssh* Contanto que não diga que eu sou um vorcha ou coisa do tipo. *tshh* Bem... *pshh* pelo que vi ele só vende coisas pra Illium, onde metade dos produtos dele são legalizados ou para gangues aqui...na maioria aquela tal de "Red Sand"... *pshh* De certo modo ele ta até ajudando mesmo que sem querer *tshh* Aquela porra destrói teu cerebro.

Ao ouvir sua pergunta sobre os recursos, os dois riem.

Drannen: - *pshh* Oras! Como acha que sustentamos tudo que temos? *tshh* Mortos não precisam de armas, equipamentos nem nada. *pshh*

Rinz: - O que ele quer dizer é que tentamos fazer um "Use as armas do inimigo contra ele", ou seja, além de tirarmos os caras da jogada, reaproveitamos o que eles tiverem de bom. Por exemplo aquela armadura que o Drannen tava usando agora tem um monte de coisa que "emprestamos" dos Blue Suns, como aquele brinquedo que causa interferencia em tudo. Pergunte ao Shulgo se quiser mais detalhes, o geek aqui é ele.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 11:08 pm

Assim que comentam sobre Zada Ban ser um mistério, até para o Shadow Broker, Skundar não pode deixar de ficar impresionado:

- Caralho, até o Shadow Broker?!.... Mas que merda o Zada Ban fez para apagar o passado assim?! E não - ele fala como se tivesse acabado de se lembrar que os dois estavam ali ouvindo ele - eu não sei nada sobre ele. Ele é um cara legal, mas não revela nada nem mesmo pra mim. E é, é verdade que nós negociamos com gangues mesmo, acho que não tem problema então. Alias, você não precisa se preocupar com sua identidade, Drannen - ele então fala com um pequeno sorriso - o Vigilante usava uma armadura daqueles que humanos, asaris e batarians podem usar, eu não sei quem nem o que ele era.

Após eles disserem sobre sustentarem tudo que tem, Skundar começa a rir tambem:

-Então nós vamos nos dar muito bem, hahaha! Depois eu vou falar sim com o Shulgo, acho que vamos ter bastante o que conversar. Uhm... Raine podia me mostrar uma ou duas coisas de bombas tambem. Uhm... ah, onde devo ir quando precisar encontrar vocês? Venho pra cá?

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 11:22 pm

Rinz: - Nem você sabe? Hmm...intrigante.

Você percebe um tom curioso e até mesmo de fascinação, dá pra ver que curiosidade era uma virtude do quarian...ou talvez um defeito.

Drannen: - *pshh* Certo. Quanto ao lugar, acho que um lugar mais neutro seria melhor, vir aqui com frequencia seria tão arriscado quanto ir na sua oficina. *pshh* Precisamos decidir isso depois. Mas acho que algum lugar no distrito onde você mora parece melhor, ninguém faz muita merda lá por medo do Urgot. *tshh*

Rinz: - Você é obviamente bem vindo aqui, só tome cuidado para ninguém segui-lo...não preciso dizer que vamos conseguir muitos inimigos, todo cuidado é pouco. Recomendo colocar sua omni tool em modo privado, assim ninguém poderá nos ouvir. Talvez Shulgo possa colocar firewalls extras para dificultar tentativas de hackear.

Drannen começa a andar de volta para a casa, seguido por Rinz.

Drannen: - *pshh* Agora vou tomar a bronca do dia do Shulgo *tshh*

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 11:38 pm

- Ha, intrigante é pouco.

Ele recolhe o capacete que havia deixado de lado e vai seguindo eles.

- Podemos pensar em algum lugar. Estava tendo umas idéias para aquele lugar secreto que achamos. - A mente de Skundar rapidamente vai para o artefato qeu encontraram e as imagens. Aquilo era algo que ele não esqueceria tão cedo... mas aquela não era a hora de falar disso, Skundar estava empolgado com o novo time que havia encontrado - Ah, meu omni-tool ja tem um porre de proteções e firewalls, mas não vai fazer mal ele dar uma olhada. E bronca? Por que? - ele olha para o volus sem entender exatamente.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 11:52 pm

Assim que ele abre a porta da frente um berro sai.

Shulgo: - DRAAAANEEEEENN!!!!!

Rinz: - É...isso...

Shulgo: - Como você conseguiu destruir os escudos tanto assim!? Levou um tiro de canhão!? Por acaso acha que eu cago power cells!? E qual é a parte do "não use a camuflagem demais senão a duração dos escudos já era? Já te disse mil vezes que a camuflagem consome energia das power cells pra aguentar mais do que o normal! Quanto mais você usa, MENOS seu escudo dura!

Você se lembra bem que ele havia ficado invisivel o tempo todo antes de vocês chegarem ao subterraneo.

Drannen: - È... *pshh* Acho que foi por isso que um ataque daquela vadia detonou meus escudos... *tshh*

Shulgo: - Ah! Você acha!? O que vou precisar fazer? Arrancar a blindagem de um tanque e soldar uma armadura nova pra você?

O volus coloca a mão no "queixo" pensativo.

Shulgo: - Eu não vou soldar uma maldita armadura nova! Já deu um puta trabalho enfiar essa porrada de função nela, você parece mais um alicate suiço ambulante!

O salarian para e começa a tomar folego.

Rinz: - Ta melhor agora?

Shulgo: - Muito...

Drannen: - *pshh* Ok...agora você pode dar uma olhada na omni tool do Skundar? Colocar alguns firewalls a mais.

Shulgo: - Pode ser...mas se pedir pra construir uma armadura pra krogan vou te enxer de porrada com minha chave de boca.

Rinz: - Ok ok, para de chorar por dois segundos.

O quarian vai até uma geladeira no canto da sala e joga uma bebida para o salarian e em seguida outra para você, parece cerveja batarian, não é exatamente o ryncol mas dá pro gasto.

O salarian toma um gole enorme da bebida e você vê escrito na garrafa quando ela vai pra mesa. "Café".





________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 12:13 am

Ao ouvir o berro Skundar apenas olha supreso e sem entender.

- Mas que. . .

Na hora que Shulgo começa a falar Skundar pode jurar que nunca hava visto alguem falar tanta coisa de uma única vez. O que o salarian falou fazia sentido, pelo menos o que Skundar conseguiu entender.
Após eles terminarem Skundar não pode deixar de comentar com o quarian:


- É, eu tambem ficaria puto se tivesse que consertar a armadura de alguem todo dia, a minha só ja é um saco!

Assim que Shulgo concorda em dar uma olhada na omni-tool de Skundar, o krogan se aproxima, tirando a omni-tool.

- Relaxa, a minha armadura eu mesmo to construindo. Aos poucos. - ele entrega a omni-tool para o salarian - Eu ja atualizei a maioria dos programas, e eu ja coloquei umas coizinhas tambem - Skundar começa a falar os programas principais que colocou de defesa e de hacking na Omni-tool - . . . mas se achar que tem mais alguma coisa que de para fazer, vai la.

Ele então pega a bebida que Rinz joga. Havia bastante tempo que Skundar não tomava cerveja batarian, mas na falta de ryncol, aquilo serviria. Skundar abre a cerveja e ja toma um gole de quase meia garrafa.

- Ahh... valeu, tava precisando. - Ele então volta a olhar para o Shulgo - Ah é, só toma cuidado para não deletar nada, tem umas coisas importantes ai. E anh... não... -falando um pouco mais baixo, mais próximo do salarian - não abra os arquivos ocultos... err... apenas... apenas NÃO.

Ele então nota o que esta escrito na bebida que jogaram para o salarian. Ele se afasta de Shulgo para deixa-lo trabalhar em paz, e não pode deixar de perguntar para Rinz e Drannen:

- Esse não é aquele chá humano que deixa todo mundo meio rapido?

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 12:23 am

Um silencio mortal toma conta quando você fala sobre a bebida.

Drannen: - *pshh* Rinz...você deu meu café...pra um salarian? *tshh*

Rinz: - Ahn...ops?

Shulgo: - Hmm...firewallsprimariosestãooksecundáriosnaoparecemmuitoatualizadoseosoutrosprecisamdeumdiagnosticodesegurança...

Ele começa a mexer na omni tool, bem rapido, você fica até bobo em ver ele indo rapido e o jeito que ele não piscava era um...sinal preocupante.

Drannen: - *pshh* Rinz...seu...idiota... *tshh*

Rinz: - Ei! Todas as garrafas são iguais!

Drannen: - *pshh* Ta escrito! Café em letras gigantes! *tshh*

Shulgo: - Hmm...curiosoimprovisadorusticomasefetivopossoatualizaralgunsdriversdesegurançaepreencheralgumaslacunasnosistemadesegurançaefazerumbackupautomaticodetudoemcasodetentativadeinvasãoparaumdriversecundário.

A porta dos fundos se abre e Raine entra segurando uma caixa cinza acima da cabeça, falando em um tom cantado e esbanjando de sua...excentricidade.

Raine: - Queeeeem quer a bateria nuclear?

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 12:40 am

Skundar estava de frente para Drannen e Rinz, olhando de um para o outro, quando Shulgo começa a falar em uma velocidade tão absurda que o krogan mal consegue entender que ele esta falando palavras de fato. O krogan se vira e olha o jeito que ele esta mechendo em sua Omni-tool, se sentindo bobo pela velocidade e facilidade que o salarian demonstrava. Sem entender NADA do que Shulgo falava, ele responde:

- Anh, ok... eu acho. - ele então olha para os outros dois - Acho melhor chamar a Raine, eu acho que ele se tornou explosivo. - apontando para Shulgo atrás de sí com um dos dedões.

Nessa hora, Raine surge com a caixa do núcleo da bomba. Skundar apenas observa a turian e depois a caixa, seus olhos demonstrando interesse claro.

- É o núcleo da bomba?! - ele deixa seu capacete sobre a mesa e se aproxima animado - Ah, deixa comigo, eu ja até sei para que usar! - ele pega a caixa, com um sorriso enorme, observando a caixa com grande interesse, como uma criança que ganhou um brinquedo novo de natal - Eu tenho alguns projetos que precisam de uma fonte potente de energia! Essa talvez sirva.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 10:58 am

Rinz: - Não acredito que vou falar isso mas...é mais seguro isso ficar com o krogan do que com a Raine.

Drannen: - *pshh* Contanto que esses projetos não envolvam uma arma de destruição em massa, to ok com isso *tshh*

O salarian devolve sua omni tool com os upgrades de segurança.

Shulgo: - Aquitabemmelhordoqueantesninguemvaitehackearsemternominimoumequipamentodenivelmilitar.

Rinz: - Shulgo...tenta falar mais devagar...

Shulgo: - Ok...vou...tentardiminu...nãonãodátemmaisdissoai?

Drannen: - *pshh* De jeito nenhum *tshh*

Seu radio toca.

Zada ban: *pshh* Skundar? Ta vivo? Já to ficando cansado de esperar aqui. *tshh*

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 8:46 pm

O krogan pega a caixa e a observa por um momento.

- Não, por enquanto não pensei em nada do tipo. Eu precisava mesmo como fonte de energia para alguns testes, nada muito destrutivo. - ele diz olhando para Drannen, tentando assegurar a eles que aquilo estaria seguro nas mãos dele... ao menos mais seguro que nas de Raine. Em seguida, Skundar olha para Raine - Bom trabalho, Raine!

Assim que Shulgo chega ja entregando a omni-tool para Skundar, ele a pega e apenas balança a cabeça fingindo que esta entendendo o que salarian esta dizendo.

- Errr... sim sim, obrigado! - ele diz com um sorriso sem graça.

É então que o rádio de Skundar toca, ele se afasta um pouco e atende:

- Que?! - ele ouve o que Zada Ban tem a dizer - Relaxa, eu ja to indo, onde você ta?

Após falar com Zada Ban, Skundar desliga o rádio e volta a falar com seus aliados:

- É, tem mais algo que temos que discutir? Eu meio que precisava ir. . . - ele diz, terminando de virar a cerveja em um gole só.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 9:08 pm

Zada Ban: - *pshh* Conseguimos chegar onde encontramos o Torvan pela primeira vez. *tshh*

Quando você fala sobre ter que ir...

Rinz: - Temos meu carro, se vocês pegarem o caminho mais longo dá pra chegar lá sem nenhum...incidente.

Drannen: - Ok *tshh* Eu vou deixar ele lá, volto em breve. *pshh* E deixa o Shulgo longe de qualquer coisa com cafeina. *pshh*

Vocês vão até o carro na garagem ao lado, era um carro-nave civil e simples, de fato parecia bem ultrapasado mas funcionava pelo menos.

Drannen dirige até o lugar onde está o Mako parado, você pode ver Catherine com a arma apontada para vocês, mas na hora que ela vê pelo scope que é você chegando ela relaxa.

Zada Ban: *pshh* Aí está você! Onde esteve? Por que demorou tanto? Quem era o Vigilante e... *tshh*

Ele olha para Drannen e depois para você.

Zada Ban: - Quem é ele? *pshh* Perai você ta trocando de socio?! Juro que paro de por minhas coisas na sua parte da geladeira. Paro de espionar aquela pasta na sua omni tool, paro de reclamar do seu cheiro! *tshh*

Drannen leva a mão na cabeça.

Drannen: - *pshh* Já to com vergonha por ele... *tshh*

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 9:42 pm

- Então é isso. - Skundar segue Drannen até a porta. Ali ele para e se vira para os demais - Shulgo, Raine, Rinz, Drannen... obrigado!

Ele então segue Drannen, vestindo seu capacete no caminho, em uma de suas mãos a caixa com o núcleo da bomba que Raine desarmou.

No carro, ele comenta:

- E ae? Acha que causei uma boa impressão? - Skundar parecia de fato interessado em seus novos aliados.

Assim que chegam, Skundar percebe Catherine mirando, mas assim como imaginava ela estava mais usando a scope do rifle para ver quem se aproximava do que realmente fazendo mira para atirar. Assim que pousam, Skundar desce, ja imaginando o que iria ouvir de Zada Ban.

- Calma, Zada Ban! Não foi tão fácil assim se livrar da bomba, depois eu conto com detalhes. Ele é um amigo, alguem que eu conhecia e morava por aqui, pedi uma carona e ele me deu, só isso! . . . Perae... vocÊ fuçou no MEU omni-tool?!?!?! NA MINHA PASTA? - ele balança a cabeça negativamente - Ai caralho. . . - ele olha para Zada Ban - Vamos ter que falar disso depois!.... e a propósito: a geladeira é toda minha, eu que achei, eu que consertei! E ei, não é culpa minha se toda maldita missão faz eu passar por uma droga de um esgoto!

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 9:55 pm

Catherine: - Eu...hesito em perguntar.

Zada Ban: - *psh* - Oh...ta tudo bem então.

Quando ele percebe que falou demais, você percebe na hora o medo e constrangimento na voz dele.

Zada Ban: *pshh* - Opa...eu disse que...ehehe...

Drannen: - *pshh * Aham! *tshh* Vou indo Skundar, nos falamos depois. *tshh*
Ele entra no carro e levanta voo.

Catherine: - Como disse, já distribui a conta dele entre nós, vou tentar ver se consigo achar aquele quarianzinho de merda, talvez te envie o capacete ou talvez uns dedos dele. Hahaha relaxa to brincando. Mas vou enfiar uma bala na cabeça dele, isso é certo.

Ela aperta uns botões na omni tool, um carro-nave aparece de um dos becos lá perto e para na frente dela com um mech dirigindo.

Catherine: - Foi um prazer. E Zada...tenta não aprontar muito, com aquele cara andando por aí acho que até eu vou começar a dormir com a arma embaixo do travesseiro...

Zada Ban volta ao tanque e aperta um botão no proprio capacete.

Zada Ban: - *pshh* ...quanto a parte do cheiro...você vai trocar essa armadura né?

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 10:11 pm

O krogan apenas encara o volus, incrédulo com a cretinisse dele. Drannen então interrompe, se despedindo e partindo.

- Até a próxima!

Ele então ve Catherine se despedindo.

- Ah... o capacete até que seria útil para alguns projetos. Quebre alguns ossos dele por mim! E não se preocupe, enquanto eu tiver aqui NINGUEM vai se ATREVER a chegar perto do Zada Ban. Até a próxima, Catherine!

Após a humana ir embora, ele segue o volus até o mako, entrando logo depois dele:

- Ah, liga o seu suprimento reserva de oxigênio e para de encher o saco! - ele fala, tirando o próprio capacete e jogando em um canto do mako. Ele então liga o mako, e antes de sair olha para o volus por um momento, com um grande sorriso - Ei, Zada. . . ESTAMOS RICOS, AHAHAHAHA! ! !

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 10:21 pm

Zada Ban: *pshh* Adoro meu trabalho... *tshh* Tirando as explosões e ameaças constantes a minha integridade fisica...e o abuso psicologico...

Vocês chegam em alguns minutos na sua oficina, onde uma caixa do seu tamanho aguarda com um bilhete escrito.

"Skundar! Deixei minha armadura aí pra você consertar, acho que lembra que ela estava bem destruida. Arrumei uma armadura temporaria que não protege merda nenhuma, é pequena demais e ta com cheiro de traseiro de vorcha, então conserta isso logo!"
"Kolvant"
"PS: Seu pagamento ta aí dentro do lado da armadura, tenho certeza que vai gostar.

Você leva o pacote para dentro e ao abri-lo você vê a armadura de Kolvant, parece bem danificada, algumas partes precisam ser soldadas e remendadas, o escudo está sobrecarregado e os sistemas internos destruidos. Mas para sua surpresa, ao lado dela estava uma certa Graal Spike Thrower.


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 10:48 pm

- Mas as explosões são justamente o que deixa ele mais divertido! - Skundar diz enquanto dirige.

Assim que ve a caixa, Skundar ja tem uma idéia do que é. Ele para o mako na oficina, desce, pega a caixa e arrasta para dentro, fechando a porta.

- Uhm. - Ele pega o bilhete e le - Pagamento? - Skundar deixa o bilhete de lado e abre a caixa, curioso. Ele vai tirando os pedaços da armadura até que ve o tal presente... - HA! - o krogan então puxa a Grall Spike Thrower de dentro da caixa - AHAHAHA! ! ! ! AGORA SIM! ! ! ! - ele diz, examinando a arma de todos os angulos - Eu nunca achei que ia dizer isso - ele abre um sorrisão agora, fazendo mira com a arma para o nada - Mas eu realmente queria encontrar um thrasher maw agora! - após alguns momentos parecendo uma criança que acabou de ganhar um presente, ele baixa a arma, deixando-a sobre a mesa. Ele deixa as demais armas e ferramentas ali. - Uhn... se bem que agora.... eu acho que o resto daquele ryncol ta querendo sair!

Skundar sobe para o segundo andar, onde ficava a casa deles. Alguns minutos depois ele desce denovo, sem sua armadura, só as roupas normais. Ele havia aproveitado essa pausa para ir no banheiro e tirar a armadura para esconder a caixa com o núcleo da bomba em seu quarto, debaixo de sua cama.

- O Torvan deu trabalho então, hein? Bom... - ele fala, indo até a caixa e continuando a tirar as peças da armadura de Kolvant da caixa - ... cara, que dia estranho... artefatos protheans, asaris loucas, visões.... ah, e o Justiceiro é um cara legal, ele luta pelo bem daqueles que não tem como se proteger. - Ele termina de tirar a armadura da caixa e olha para ver se não ficou nada mais, então arrasta ela para o canto - . . . e eu decidi . . . -ele deixa a caixa no canto e volta batendo uma mão na outra para tirar a sujeira, voltando com um sorriso enorme -. . . que vou ajudar ele a proteger Omega ! ! !

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 23, 2013 10:56 pm

Zada olha para a arma e "coça" o queixo como se estivesse pensando "Excelente, agora estarei mais protegido".

Zada Ban: *pshh* - Otimo. Mas ainda bem que não existem Thresher maws em Omega.

Quando você volta do banheiro já de roupas mais casuais, Zada estava sentado no sofa com uma bebida na mão e ativa o controle para ligar a tela holografica da tv e fala sem muito interesse.

Zada Ban: - *pshh* Aham...

Quando você menciona o justiceiro e a asari louca ele dá de ombros...perto do que vocês já encararam antes, uma asari louca não parecia muito.

Mas quando você fala da ultima parte, você só escuta o barulho da garrafa do Zada caindo no chão, um silencio por alguns segundos.

Zada Ban: - *Pshh - VOCÊ....O QUE!?!?!

Parecia que decadas de raiva acumulada resolveram sair agora.



OFF: Postarei sua experiencia em breve na ficha.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
2a Cronica de Skundar:
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 6 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Mass Effect :: Galaxia Mass Effect: Jogos-
Ir para: