Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 2a Cronica de Skundar:

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte
AutorMensagem
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Seg Maio 06, 2013 3:49 pm

Vigilante: - Poderia ser pior...poderiamos estar nadando no estomago de um thresher maw...

Ele abre uma portinhola eletronica que se fecha assim que você passa, você tem a impressão que não vai demorar muito até chegarem a algum lugar pressurizado.
Alguns metros logo a frente, ele abre uma porta que provoca um belo deslocamento de ar contra vocês, ele desce pela escada de mão e você o segue.

A pressão e o oxigenio retornam e vocês percebem estar no andar abaixo do hangar, em um parapeito. De onde estão, vocês podem ver abaixo de vocês que o lugar parecia um enorme deposito com alguma caixas metalicas grandes espalhadas aqui e ali.

Mas o mais impressionante é o enorme aparelho no fundo da sala, era enorme e brilhava com uma luz azul.




Vigilante: - Nunca vi nada assim antes. Deve ser o tal artefato prothean.

Vocês localizam uma escada de mão ao lado que leva lá para baixo, ele deixa você ir na frente enquanto cobre sua retaguarda.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Seg Maio 06, 2013 11:21 pm


Skundar vai seguindo o Vigilante, se arrastando pelos dutos. Assim que o Vigilante fala sobre os thrasher maws, o krogan para e o Justiceiro pode ter a impressão de que ele se contraiu um pouco.


- Anh... nem... nem brinca - ele fala, olhando para os lados por um segundo e em seguida estremecendo por momento como se tivesse sentido uma aflição subta - Ghhh...

Ele porem parece voltar a sí, percebe que o Justiceiro poderia ter percebido aquilo, volta ao normal e continua em frente fingindo que nada aconteceu, e tetando mudar de assunto:

- Anh... uh... só espero que se eu for aparecer na TV denovo minha armadura não saia daqui muito suja! - exclama ele enquanto segue em frente - Uhm. E como infernos a tv conseguiu AQUELAS imagens?! E como eles sabiam quem eu era?!

O volus então abre a porta, provocando o deslocamente de ar, e Skundar se segura para não ser arrastado. Ele sai em seguida, logo depois do volus.

- Finalmente! -diz enquanto se levanta e bate as mãos na armadura, tirando o lixo preso - Agora... cade aquela vadia desgraçada?! Eu vou... - Skundar então nota o aparelho estranho no fundo da sala e observa estarrecido... seria aquilo realmente tecnologia Prothean?! - Aquilo... aquilo é...

Skundar olha ao redor e segue o Vigilante até a escada. Mais empolgado do que qualquer outra vez na sua vida, o krogan desce a escada rapidamente.

- Ha... não é possível! Não é possível! MAS É! Hahahaha! ! ! - O krogan para subtamente e começa a vibrar com os braços, enquanto se vira para o volus - Não tem como não ser! ! ! HAHAHAHAHA! ! ! - na mente de Skundar aquilo ja era uma certeza, embora não tivesse nenhuma confirmação de fato. Vários pensamentos do que ele poderia descobrir ali e a fama que ganharia com suas descobertas se passam por sua mente, enquanto ele se aproxima mais um pouco, ainda a uma certa distância, ativando seu omni-tool e usando todos os programas de scann possíveis no aparelho - E essa luz... ele ainda deve ta funcionando, depois de todos esses anos! ! ! !

Skundar invertia entre olhar para seu omni-tool e para o artefato enquanto rodeava ele. Sua face era obscurecida por seu capacete, mas não era difícil para o volus perceber que Skundar estava em um nível de euforia tão grande que era quase como uma versão benévola da Blood Rage...


________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 07, 2013 2:16 pm

Vigilante: - Relaxa, vamos responder várias das suas duvidas quando chegarmos lá.

Vocês avançam pela sala, sua euforia é evidente para qualquer um com dois neuronios.

Vigilante: - Err...ok...certo...

Ta na cara que ele não é exatamente um erudito no assunto, dava para ver que ele estava mais preocupado com a possivel asari psicopata que jogou vocês pela airlock.

Tomado pela pura curiosidade cientifica de ter diante dos olhos algo unico e de raridade incomensuravel, você se aproxima com a omni tool ligada, mas quando você se aproxima, alguma coisa arrasta você na direção do artefato.

Você é levitado na frente dele enquanto imagens e sons vividos passam pela sua cabeça como um flash, a maioria delas é incoerente e sem sentido, rapidas demais para você processar.


Vigilante: - Skundar!



Uma explosão joga você no chão, sua cabeça parecia que estava explodindo, sua visão estava turva e os sons eram reduzidos a um ruido.
Sua visão aos poucos volta ao normal e o som do vigilante chamando começa a fazer mais sentido.


Vigilante: - Skundar! SKUNDAR!

A primeira coisa que bate os olhos é o parapeito onde estavam, lá estava a asari e dois drones armados com turrets, você vê a roleta de um deles mirando em você, e assim que ela começa a girar você já está em pé e consegue se jogar para trás de um dos conteineres blindados enquanto as balas alvejavam a cobertura sem piedade.

Vigilante: - O que diabos acon...não importa! Você consegue fazer alguma coisa contra aqueles turrets? Se conseguir alguns segundos posso tentar acerta-la.

Ele troca a 12 pela Sniper.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 07, 2013 10:14 pm


Rodeando o artefato, olhando seus minimos detalhes a medida que sua omni-tool realiza os scans, Skundar vai se aproximando aos poucos, até que subtamente uma foçra estranha o agarra e começa a arrastá-lo em direção ao artefato. O krogan tenta usar toda sua força para se manter manter afastado, mas suas botas vão deslizando no chão até a hora que ele é erguido completamente.

As imagens então começam a passar pela mente dele, tão vívidas e reais que Skundar por um momento sente como se estivesse ali, dentro delas, e o mundo real não existisse...

Voltando a sí lentamente, ele logo percebe que esta jogado no chão, o Justiceiro próximo e chamando-o. A cabeça de Skundar doia e o krogan claramente desorientado tenta se levantar.

- Ugh... não grita.... ah - ele coloca uma mão no capacete, com os olhos fechados enquanto sentia como se alguem martelasse sua cabeça. Ao abrir os olhos denovo, ele nota a asari e os drones sobre o parapeito. - Ah droga ! ! !

Se levantando como pode, Skundar corre desajeitadamente atrás do volus e se joga atrás de um dos containers.


- Ugh... - abaixado atrás do container, Skundar se senta no chão um pouco, voltando com a mão a cabeça, até que o volus começa a falar com ele. - Anh?! Mas é claro que consigo! Perae!

Ele se concentra um pouco e cria sua barreira biótica ao redor de seu corpo enquanto se ergue, ficando abaixado atrás do container.


- Ok, eu vou desativar as armas deles por alguns segundos! ! ! Destrói os bots, nós pegamos a vadia por último! ! !

Skundar se levanta subtamente, omni-tool ativado. Ele mira em um dos bots e usa sua habilidade sobrecarga para superaquecer a arma do bot ( sobrecarga 3). Aproveitando a deixa, Skundar observa rapidamente a plataforma, vendo se havia algum suporte que ele poderia destruir para derrubá-la. Vendo que havia se tornado um alvo, o krogan se esconde novamente, sem ter tempo de usar a habilidade no próximo bot, mas assim que tiver a primeir achance, ele vai surgir novamente de um dos cantos do container e usar sobrecarga no outro.


Sobrecarga:

Raciocínio 2 + Informática 3 = 5

Primeiro bot: 4 - 1 - 10 - 7 - 5
Re-roll do 10: 6

Segundo bot: 5 - 8 - 3 - 5 - 10
Re-roll do 10: 5


________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 07, 2013 10:26 pm

Você usa seu ataque de sobrecarga, tornando o primeiro robo praticamente indefeso, o Vigilante em um giro rapido dá um tiro certeiro nele, explodindo-o, conseguindo voltar para a cobertura segundos antes de ser acertado pelo warp da asari.

Vigilante: - Perfeito. *Disse enquanto recarrega a arma* - De novo!

Você mira no outro drone, acertando-o de um jeito ainda melhor. O volus repete a manobra explodindo-o no ar e logo em seguida voltando.

Asari: - ELE É MEU!! MEU OUVIRAM!!

Vigilante: - Essa mulher é mais doida que você! *Disse recarregando de novo*

Uma luz azul surge do lado de vocês, na hora você reconhece um campo de singularity se formando e puxando vocês contra ele. (Faça um teste de Força + Vigor, caso falhe poderá repeti-lo a cada turno para sair do campo)




________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 10, 2013 11:35 am

- Belo tiro! ! ! - grita para o Vigilante após este acertar o segundo tiro.

Após o comentário do volus comparando Skundar com a asari, o krogan apenas o olha e responde:

- Eu?! Eu não so doido não, droga! - o krogan responde indignado.

Nessa hora Skundar nota a luz e a força do campo de singularity puxando-o.

- Ah, merda! ! !

Reagindo rapidamente, Skundar firma seus pés no chão e as mãos na borda do container que esta usando de esconderijo e tenta se segurar, resistir a energia que o puxa. Caso consiga resistir e o Vigilante não, Skundar tentará soltar uma das mãos (caso isso não vá impactar demais sua resistencia a força do singularity) e tentar agarrar o Vigilante para ele não ser sugado para o poder do inimigo.


Rolagem para resisti ao campo de singularity:

4(Força) + 4(Vigor) = 8

8 - 3 - 7 - 7 - 9 - 10 - 6 - 6

Re-rolagem do 10 : 8

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 10, 2013 7:01 pm

Vocês força seu peso para baixo, sem falar que segurar nos containeres ajudou a aguentar o puxão do campo mas não teve como segurar o Vigilante que foi sugado já que não tinha exatamente muito peso, quanto menos a oportunidade de se segurar em algum lugar.

Vigilante: - Merda...só preciso de uma oportunidade...

Ela atira um warp no vigilante, o singularity explode mandando-o para longe, ele tenta se levantar atordoado pelo ataque, pelas faiscas saindo da armadura dele, o escudo da armadura e a barreira biotic foram completamente destruidas.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 10, 2013 9:34 pm

Skundar resiste e se segura como pode, mas não tem como ajudar o Vigilante, e assiste sem poder fazer nada equanto o volus flutua no singularity.

- Ah, droga! ! ! Aguenta firme! - o krogan fala enquanto pensa no que fazer, mas antes de poder fazer qualquer coisa, a asari cria uma explosão biotic, jogando o volus longe e ferindo-o. - NÃO! ! !

Era óbvio que o Vigilante corria perigo agora, estava sem escudos e sem barreiras. Skundar estava bravo. Skundar estava MUITO bravo. A maldita asari havia tentado matar ele e seu colega, havia jogado ele no espaço como se fosse lixo!

- Grrrrr...... - O krogan subtamente sai de trás do container, e enquanto começa a avançar em direção ao parapeito onde a asari estava, solta um grito de guerra dos fundos de seus pulmões, com um nome que ja começava a odiar com todas as forças - TAKHEEEEEEEEEEESAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! ! !

Skundar se abaixa por um segundo como se estivesse se preparando para pular e se lança com sua investida biotic contra a asari!

Rolagem de Investida Biotic:

4 (Força) + 4 (Briga) + 2 (Investida Biotic) = 10

9 - 2 - 9 - 1 - 3 - 2 - 1 - 3 - 8 - 4

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 10, 2013 10:11 pm

Sua investida acerta ela em cheio, o impacto a arrasta pelo parapeito, ela só não caiu por que se segurou na grade.

O Vigilante joga a sniper no chão e saca a escopeta, ele faz o mesmo que você dando uma investida biotic que termina de destruir a barreira dela e derrubando-a de vez no chão perto da borda, dando-lhe a oportunidade de abrir fogo.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 10, 2013 10:36 pm


O krogan mal termina sua investida, e o Vigilante ja atinge a asari novamente.


- ESPERA! - o krogan berra, fazendo sinal com uma das mãos para o volus não atirar.

Skundar marcha pesadamente até a asari, ameaçador, ainda claramente irritado. Assim que a asari vai se levantar o krogan a agarra pelo pescoço com uma mão imobilizando, em seguida agarrando com a outra e enquanto estrangula a asari, ergue ela do chão pelo pescoço.

- TAKHESA... escute agora, e escute muito, MUITO BEM. . . . - o krogan fala sério e ameaçador, a agressividade e sua raiva eram muito evidentes, embora ele não estivesse fazendo mais que elevando a voz. - Eu não to aqui para levar nada embora. Eu não to aqui para levar o Karin embora, entendeu?... ENTENDEU?! - O krogan baixa a asari, solta o pescoço dela mas agarra seus braços, para impedir que ela usasse seus poderes biotic. Ele então tenta maneirar mais na voz, mas ainda assim soava irritado e agressivo - Eu quero falar com o Karin e com você, tenho perguntas para vocês, você vai responder minhas perguntas?! - em momento algum Skundar solta os braços da asari, ele os segurava com bastante força.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sab Maio 11, 2013 10:55 am

O volus já estava para descarregar a arma nela quando você o impede.

Vigilante: - O que você está...?

Ele vê você começando a interroga-la.

Takhesa: - Não machuca ele...ele é tudo que eu tenho. Eu...eu faço o que você quiser.

O volus faz um sinal com a mão para você, apontando uma porta no lado oposto do duto por onde vocês sairam e a escada. A fechadura holografica estava ativada mas trancada.

Vigilante: - Estou supondo que você sabe destrancar isso...faça ou Karin vai virar viuvo.

Takhesa: - NAO...eu abro.

Vigilante: - Antes, responda tudo que o Skundar te perguntar e não aconselho mentir...krogans não são conhecidos por sua paciencia.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sab Maio 11, 2013 5:48 pm


Segurando a asari com força ainda, Skundar começa a interrogá-la:


Primeiro ele pergunta:

- Quem é Karin? O que aconteceu com ele?

Em seguida:


- O que é o aparelho Prothean?! Quem tirou ele de Tuchanka?!

Então:

- Eu vi imagens. Vi coisas quando cheguei perto do aparelho. O que são, vocÊ sabe?!

O krogan então olha para o tal aparelho, se perguntando se era seguro se aproximar dele novamente.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Dom Maio 12, 2013 7:18 pm

Takhesa: - O karin ta comigo, ali dentro. Não machuca ele!

Vigilante: - hmm...calma não estamos aqui por ele. Agora responda, o que é aquilo?

Takhesa: - Não sei direito, eles tiraram de Tuchanka mas ninguém nunca conseguiu ativar, ninguém sabe o que é e o que faz eu juro! Mas o Karin sabe, ele colocou tudo que ele sabe nos datapads dele, lá dentro.

Ela aponta para a porta.

Vigilante: - Visto que ninguém sabe porra nenhuma sobre os Protheans, não é muito dificil concordar com ela.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Dom Maio 12, 2013 8:16 pm

Após ouvir tudo que a asari tem a dizer, o krogan diz:

- Então é para la que nós vamos. - Skundar puxa os braços dela para trás das costas da própria e os segura ali com uma mão para que a asari não pudesse tentar nenhuma besteira. - Eu não quero machucar você nem o Karin, então não tente nenhuma besteira, ouviu?! Vai, anda! - e começa a levar a asari até a porta.

Por um momento ele olha o aparelho prothean, vendo que havia sido severamente danificado.

- Grrrr... - ele grunhe de frustração, mas ainda talvez desse para salvar alguma coisa daquela descoberta.

Ao chegar na porta, Skundar solta apenas um dos braços da asari para ela abrir a porta e segura o outro firmemente. Depois dela abrir a porta, o krogan volta a prender os dois braços dela com uma mão, saca sua shotgun com a mão livre e da uma olhada no que há ali dentro, procurando qualquer sinal de armadilhas ou de perigo.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 14, 2013 6:56 pm

Ela coloca o codigo de acesso que você memoriza na hora graças a sua memoria eidetica, a sala se abre para revelar uma espécie de sala de controle com uma janela eletronica que estava fechada, ao toque de um botão ela se abre revelando uma visão privilegiada do lugar todo. Não havia sinal de armadilhas ou coisa do gênero lá.

Em uma cama que foi movida para lá, estava um turian, morto e decomposto a anos.


Vigilante: - Caramba...

A asari vai até o turian e começa a acariciar sua cabeça.

Takhesa: - Shh..vai ficar tudo bem, eu não vou deixar nada acontecer com você.

O volus aponta a shotgun para ela e atira, finalizando-a já que estava sem barreiras ou qualquer coisa que pudesse protege-la.

Vigilante: - O que ta olhando? Ela ta louca, não vai saber nada...e essa vida, ninguém merece isso.

Ele se aproxima de um console no canto, ao lado do painel de controle.

Vigilante: - Deve ser o console que ela disse...vejamos.

Ele acessa o audio jornal, uma voz que pela velocidade e tom mais suave parecia ser de um salarian começou a falar.

Voz: - Tentamos ativar o dispositivo Prothean ontém. Se nossos estudos estiverem corretos, ele foi designado para implantar conhecimentos diretamente na mente do usuario. No entanto, não temos a mais remota idéia do que aconteceria, precisamos tomar as precauções necessárias.

Vigilante: - Acessar arquivos recentes. Disse para o comando de voz.

Voz: - Eu sabia que não deviamos ter mexido naquilo! Karin tentou usa-lo e entrou em coma...o doutor acabou de diagnostica-lo com morte cerebral! Eu sabia! Aquilo não foi feito para uma mente não prothean usar...talvez a idéia do Professor Irune funciona, se instalarmos o tal "catalisador" lá, podemos diminuir a intensidade das imagens, provavelmente seja lá que dados estiverem trancados lá virão de forma confusa ou até impossivel de entender...mas é melhor que o que houve com Karin. Provavelmente uma asari seria melhor para testa-lo, elas tem capacidades mentais que nós não temos...infelizmente a unica asari daqui está a beira de um colapso, jamais sobreviveria a isto.

Vigilante: - Pelos ancestrais...aquilo poderia ter torrado seu cerebro!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 14, 2013 9:58 pm

Sem deixar de observar o código que a asari esta colocando, o krogan fica pronto para qualquer surpresa. Assim que a porta se abre, Skundar entra, segurando a asari firmemente com uma mão e a shotgun com a outra. Ao ver que a sala parecia segura, Skundar solta a asari e guarda sua shotgun.

Skundar não se surpreende tanto com o turian morto, ja estava esperando por isso, mas ainda assim fica intrigado em como a asari podia imaginar que aquele turian ainda estivesse vivo. De certa forma, a interação da asari com o crânio do turian fez Skundar se lembrar dos Hollow Grounds que ja havia visto em Tuchanka, o lugar onde deixavam os restos de seus ancestrais expostos para lembrarem-se sempre de onde vieram, e para onde vão...

Assim que o volus atira Skundar olha rapidamente para ele, mais pelo susto do tiro inexperado do que de desaprovação.


- É, eu sei. - ele olha para a asari morta - O plano era fazer isso mesmo. Lembra la atrás? Aquela sala escondida debaixo do chão? Tinha um log falando sobre uma asari chaada Takhesia que tinha ficado louca depois de um tal de Karin ter morte cerebral. He, eu tava certo em supor que era essa daí.

Skundar segue o Vigilante quando este se aproxima dos controles.

- Parece que sim, vamos ver.

Junto com o volus, ele ouve toda a mensagem. Inquieto, Skundar se afasta um pouco do console.

- Poderia... - o krogan fala, olhando o nada - deveria pelo que dizem ai mas... mas não, as imagens... - ele então olha para o Vigilante - Eu vi, eu vi imagens. Eu vi essas imagens que eles falaram!

Skundar baixa a cabeça como se tivesse olhando agora para o console no qual apoia as mãos, corpo levemente inclinado.

- Foi muito rápido, muito... real. Eu não sei o que vi... máquinas... carne... pessoas acho, não sei que raça, e tavam... tavam... - ele então olha para o Vigilante, tirando as mãos do console - se unindo a máquina, ou sendo consumidas por ela, eu não sei! - ele então anda até a janela, observando os destroços do artefato através dela - talvez... talvez seja isso que tenha acontecido com os protheans... mas para onde eles foram?!

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 14, 2013 10:30 pm

Vigilante: - Bom, você ouviu o que ele disse. Elas não foram feitas pra uma mente não prothean. Quem sabe se você vai conseguir entender alguma coisa do que ta aí, e bom...já ouvi dez pessoas falando vinte teorias diferentes de por que os Protheans não existem mais...mas isso pode esperar, no momento temos que levar essa coisa nas suas costas lá pra cima.

Quando você começa a indagar sobre os Protheans ele coloca a mão no capacete como se tivessem chamando ele pelo radio.

Vigilante: - Sim to aqui. É não consegui falar com vocês até...agora... Ele olha para o aparelho Prothean destruído. - Sim estamos com o pacote, só precisamos de uma rota rápida para fora daqui...certo, te devo uma.

Ele desliga o radio e ativa a omni tool, mostrando um ponto vermelho acima do nível da rua e um ponto azul que só pode ser ele em uma área abaixo do mapa.

Vigilante: - Estamos bem embaixo de onde temos que ir, só precisamos achar um meio de subir. Procure no console por uma saída ou algo assim.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 14, 2013 10:48 pm

Skundar volta a realidade quando o volus começa a falar no rádio. Ele se lembra então de sua importante missão.

- Certo!... Uhm... vamos ver. - Skundar vai até o console e começa a procurar por informações, mapas, saídas, etc. Estava curioso porém, quanto ao que era o tal "catalisador" que haviam falado. Caso ache qualquer coisa que possa chamar sua atenção quanto ao artefato ou o tal catalisador ou mais informações sobre a escavação em Tutchanka, Skundar vai ler. - É, eu tambem sempre achei essas teorias umas idiotisses... mas você não viu o que EU vi! Ah, deixa isso pra la, tem que ter em algum lugar como sair daqui! - ele vai fuçando no console, vendo o que pode encontrar.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 16, 2013 5:54 am

Você não encontra nada que você já não saiba sobre a escavação em Tuchanka, aparentemente usaram equipamentos similares ao que os krogans usam para espantar thresher maws e radares para camuflar a assinatura eletronica dos equipamentos para que nenhum krogan os detecte.

Pelos equipamentos de segunda mão ou improvisados lá de Tuchanka, você pode afirmar com certeza que nenhum equipamento no planeta conseguiria driblar essa interferencia, no entanto a identidade do grupo é ainda um mistério.

Uma coisa que você encontra é que aparentemente há uma passagem secreta na sala em que estão, por um video você observa que há um ponto na parede atrás da cama que abre uma passagem para os esgotos.


Vigilante: - Entendo que deve ter sido um choque...mas é irrelevante no momento, vamos nos livrar dessa bomba atomica nas suas costas e depois discutimos. Os outros podem ter alguma idéia melhor do que é isso, não é bem minha área de conhecimento.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 16, 2013 5:34 pm

-É, concordo. Ah, achei uma saída! - Ele fala apontando o vídeo - Vamos para os esgotos denovo.

Skundar desliga o console e vai em direção a cama, pega e arrasta ela para o lado, procurando então um meio de abrir a tal passagem secreta.

- Só achei esse caminho, mas deve ter mais algum, os caras não podiam só usar o esgoto o tempo todo!


Caso ache a passagem e consiga abri-la, Skundar vai ativar as luzes do capacete e entrar no esgoto com cuidado, ativando tambem as funções de sobrevivência fora de atmosfera, simplesmente para evitar o mal cheiro.


Após ativar esse sistema, uma pergunta vem a mente de Skundar, algo que ja o estava deixando curioso a algum tempo.

- Uma coisa que eu to curioso: Por que você não faz aquele barulho de respirar, como os outros volus? Uhm... quer dizer, deve ser um sistema na sua suit, mas por que mais volus não possuem isso tambem?

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 16, 2013 8:31 pm

Você encontra um ponto de pressão que abre uma porta oculta, o esgoto parece bem com a parte que você entrou quando estava com Kolvant.

Vigilante: - Melhor que nada...

Ele abre a omni tool.

Vigilante: - Agora estamos dentro do mapa. Só precisamos seguir as coordenadas e estaremos lá.

Enquanto vocês seguem, ele decide responder sua curiosidade.

Vigilante: - Ah...bem como deve saber não somos exatamente a raça mais bem dotada em termos de capacidade fisica. A maioria das nossas exo-suits tem um respirador bem barulhento e sensivel, então cada respiração nossa faz um puta barulho. Digamos que eu conheço um ótimo mecanico que fez alguns ajustes, afinal o som da respiração pode estragar minha camuflagem e não vou ser exatamente temivel parecendo um asmatico correndo em uma maratona. O lado ruim é que ele só conseguiu fazer isso para essa armadura, minhas reservas são como a de qualquer outro volus...o que não é ruim já que não quero que me descubram...deve ter notado que tenho uma lista quilométrica de pessoas querendo minha cabeça.

Vocês chegam a uma escada que finalmente os leva a superficie onde você finalmente poderia até tirar o capacete se quisesse.

Vigilante: - Bom ver uma parte desse maldito distrito sem lutas...vem, eles devem estar por aqui...

Ele te guia até um ferro velho cheio de peças de carro-nave, naves, drones, mechs velhos, várias bugigangas e uma pequena casa no meio dele.

Você escuta um barulho de alguma coisa correndo na direção de vocês, um varren maior do que qualquer um que você viu em tuchanka
.

Vigilante: - Não não não não!

O varren derruba ele no chão e começa a lamber o capacete dele, pelo jeito ele só tinha tamanho, o volus eventualmente sai debaixo dele.

Vigilante: - Maravilha...baba de Varren no meu visor. *Disse passando a mão no visor.*

Ele bate na porta tendo só o silencio como resposta.

Vigilante: - Acho que eles estão lá atrás.

Vocês dão a volta e você não consegue deixar de ver a estranha cena, um quarian e um salarian sentados em uma mesinha improvisada jogando xadrez holografico.

Quarian.



Salarian.



Salarian: - Você quer perder agora ou daqui a 10 movimentos?

Quarian: - Sei...eu jogo desde a época em que você era uma coceira na cloaca do seu pai.

Vigilante: - Aham!

Salarian e Quarian: - Ei Dranen.

Apenas o quarian olha para você.

Quarian: - Ah. O famoso Urdnot Skundar. Então conseguiu sobreviver a viagem com o ser mais odiado do distrito. Meu nome é Rinzler, este pequeno pé no saco do meu lado é o Shulgo.

Vigilante: - O Rinzler é o nosso informante...ok eu sei você deveria ter pensado "o salarian é o fofoqueiro e o quarian é o geek", no nosso caso é o contrário. Falando nisso cadê a Raine?

Shulgo: - Lá atrás.

O volus apenas acena com a cabeça e faz um gesto para que você o siga, você percebe um turian dormindo em uma cadeira de balanço com uma revista jogada na cara, logo depois uma turian femea vem correndo da parte de trás da casa.



Raine: - ABAIXA!!

Ela se joga no chão e uma explosão joga o volus para trás mas apenas te arrasta um pouco já que você estava mais atrás e ainda com toneladas de armadura e equipamento.

Vigilante: - Pelos ancestrais...deuses...espiritos...tudo...você vai me matar um dia.

Raine: - Nota mental...tem que ser 1,75 ml a menos de nitroglicerina, um pouco menos de acido e talvez um botão menos sensivel...mas bem, vivendo e aprendendo.

A parte mais comica é que o salarian e o quarian estavam completamente normais com o jogo...o o outro turian inclusive nem acordou.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qui Maio 16, 2013 10:10 pm

Ele olha quando o Vigilante abre o mapa, tentando reconhecer se aquela parte do mapa era alguma que ele ja tinha passado em outro momento ou não, embora duvidasse. Skundar tenta decorar o caminho restante no mapa do Justiceiro e seguir esse caminho.

- Uhm... Eu ja ofereci uns ajustes desse tipo para um volus amigo meu. - Skundar da de ombros - Ele recusou.

- "Eles"? - indaga quando o Justiceiro fala sobre ter mais gente esperando eles.

Ao chegar no ferro velho, Skundar observa tudo ao redor e diz:

- Ha, mas como não fiquei sabendo disso aqui?! Tanta coisa útil!

Ao ver o varren vir correndo, Skundar fica apreensivo por um segundo... mas logo percebe pela reação do Justiceiro e pelo jeito do Varren que o bicho não parecia estar vindo para ataca-los. Assim que o varren derruba o volus, Skundar começa a rir.

- Hahaha! Isso me lembra Tutchanka... - Skundar fala se abaixando um pouco, estendendo uma mão ainda a uma certa distância, tentando chamar a atenção do varren para sua presença - Eu tive um varrenzinho quando era pequeno... Hunf. Nunca entendi se ele tava brincando ou tentando me matar!

Assim que vão até a casa, Skundar segue o Vigilante. Ele fica esperando enquanto o volus bate na porta, e quando o volus decide ir até a parte de trás da casa, Skundar o segue. Assim que chega, ve a estranha cena, acha um tanto engraçada mas nada comenta. Ele apenas esperaria o volus apresenta-lo, mas antes disso o quarian comenta sobre Skundar.

- HA! O primeiro e único! - Skundar diz abrindo de leve os braços naquela tipica pose "o que posso fazer, sou assim mesmo". Satisfeito em ter sido reconhecido, ele comenta - Eu estou acostumado a andar por ai com volus, então nenhuma novidade nisso para mim. Uhm... pelo menos ele - indica o Justiceiro - não se escondia atrás de mim toda hora que rolava tiro, isso é novo. . .

Assim que Dranen comenta sobre Skundar ter julgado o salarian e o quarian como o fofoqueiro e o geek, ele apenas diz:

- Eu?! Ha, nem brinca! - ele fala, enquanto começa a soltar os tubos ligados ao lado do capacete, então adiciona em tom de brincadeira - Quantos krogans mecânicos você conhece?! - Skundar então tira o capacete, segurando debaixo do braço enquanto fala de maneira mais cordial -Sempre bom conhecer mais gente em Omega que não ta tentando te dar um tiro.

Assim que Drannen o chama para seguir, Skundar vai indo atrás dele.

- Drannen, hein? Pelo menos de um volus eu ja sei o nome real, agora falta o outro...

Nessa hora Skundar nota a cena, o turian dormindo com a revista na cara, e a turian saindo correndo da casa..... seguida por uma explosão. A força faz com que Skundar de um passo para trás.

- Porra! ! ! - Ele volta para a posição que estava antes da explosão, exclamando - Acho que tirei o capacete cedo demais. . . - ele diz, olhando ao redor e vendo todo mundo praticamente ignorando o que ocorreu. Enquanto ajuda o volus a se levantar, ele comenta - Ei, que tal tirarmos essa bomba das minhas costas antes dela tentar desarmar ela?!


________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 17, 2013 6:36 pm

Drannen: - È...boa idéia. Raine, trouxemos um presentinho pra você. Skundar? *Ele faz um gesto com a mão para que você entregue o artefato*

Raine: - Não...ah espiritos! Obrigada obrigada obrigadaa!!! *Ela abraça o volus, praticamente estrangulando ele.* - E nem é meu aniversário!

Drannen: - Ta...posso...respirar?

Raine: - Claro. *Ela solta ele*

Drannen: - Você pode desarmar isso?

Raine: - Querido...eu posso desarmar, desmontar, remontar, explodir, implodir e até fazer ele de abridor de latas se você quiser. Só preciso de uma hora...talvez até menos...aí posso voltar para minha outra invenção.

Ela segue para a porta dos fundos e pede para que você e o volus a sigam. Ela termina por conduzi-los a uma oficina improvisada nos fundos da casa, não era nem de longe tão espaçosa quanto a sua, mas ela parecia se virar bem.

Raine: - Ah. Sua armadura reserva ta por aí. E recomendo tirar ela mesmo...você ta com cheiro de lixo.

Drannen: - Ok...vou ter que pedir pro Shulgo consertar meus escudos depois.

Você percebe uma espécie de capsula de metal no canto da sala, Drannen a abre com sua impressão digital e entra nela. Um holograma dizendo "Pressurizando" aparece e após uma série de barulhos, ele sai dela com uma roupa mais normal, ainda parece uma armadura, ao contrario do que Zada usa, mas é significantemente mais simples que a que ele usava antes.




Drannen: - *pshh* Odeio... *tshh* Essa porra de respirador...

Você percebe que a voz dele é bem diferente sem o aparente modulador de voz...é mais suave e...volus.

Raine: - Ah você fica bem mais fofinho assim!

Drannen: - *pshh* Eu ainda tenho uma 12... *tshh*

Raine: - Ok ok...nervosinho...

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 17, 2013 8:30 pm

-É, ja carreguei esse fardo o suficiente. - O krogan diz, deixando seu capacete sobre algum pedaço de sucata próxima, então tirando a bomba de suas costas com as duas mãos.

Ele então assiste a turian abraçando o volus, e depois observa a conversa dos dois. Assim que ela fala tudo que pode fazer com a bomba, ele apenas adiciona:

- Acho que só desarmar ja ta bom... - de certa forma ele se viu espelhado na turian: sempre querendo desmontar, remontar e montar outras coisas com tudo que achava quando era mais jovem.

Skundar então recolhe seu capacete e segue os dois para a oficina de Raine, falando com Drannen no caminho:

- He, isso é engraçado. Eu não tinha pensado que você teria um time para proteger Omega.

Skundar passa a observar a oficina de Raine. Era menor, sem duvida, mas a turian parecia se virar muito bem ali. Assim que ela fala para Drannen se trocar por causa do cheiro, Skundar cheira a própria armadura.

- Gah.... maldito esgoto. - Ele então observa a oficina um pouco mais enquanto o volus trocava de armadura, e comenta com Raine - Legal o lugar que você tem aqui. E com todas essas peças sobrando - ele diz enquanto aponta o ferro velho atrás de sí com o dedão- deve ser um paraiso!

Assim que Drannen aparece denovo, Skundar não pode deixar de notar que sua suit é bem mais armadurada que a do Zada Ban, mas não pode deixar de achar engaçado o comentário de Raine, adicionando:

- Hehehe... não quero te encher não, mas não to acostumado a olhar para um volus... ahem... normal e ver alguem capaz de me matar! Hahaha! - Skundar parecia não se preocupar com esse fato - Quer dizer, com a sua armadura la até dava para engolir, mas agora você me lembra demais um outro amigo meu! - ele então volta ao normal - Ah, falando nisso. . .

Skundar vai para o lado de fora da oficina, ativando seu rádio:

- Zada Ban? Na escuta? Missão completa, não se preocupe, eu devo voltar em umas horas, tudo bem por ae?


________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 17, 2013 9:21 pm

Ela começa a mexer na bomba, de certo modo ela lembra você quando era mais novo, sempre fuçando em coisas potencialmente perigosas, sempre com uma curiosidade quase inocente no olhar...a palavra chave é "quase".

Quando você comenta das peças ela responde não tirando os olhos da bomba.


Raine: - Dificilmente acho alguma coisa que faz "kabum" por aí, e construir naves é tão...sem graça, mas pelo menos posso testar os efeitos dos meus bebês em vários materiais diferentes. Juro que estou perto demais de fazer uma granada eletromagnética que além de torrar escudos, congela as omni tools afetadas em uma imagem nada polida de um dedo do meio, afinal, precisamos de bom humor para tudo...até quando estamos arrancando tripas.

Quando você comenta sobre a nova armadura de Drannen ele suspira aborrecido.

Drannen: - Bah... *pshh* Pelo menos a identidade secreta ta... *tshh* protegida *pshh* CARALHO EU ODEIO ESSE BARULHO! *tshh*

Você tenta contatar os outros, Zada responde.

Zada Ban: *pshh* Skundar!? Onde você tava? *tshh* Err...não que eu estivesse preocupado nem nada *tshh* É que sem isso estariamos *pshh* presos aqui.

Catherine: - Vocês vão beijar ou o que? Skundar temos um problema. O Torvan fugiu! Ele conseguiu destrancar a fechadura eletronica da algema e dar pane no visor do meu capacete, quando me dei conta ele já tinha fugido...filho da puta ligeiro. Mas não esquenta...digamos que eu e Zada hackeamos todas as contas dele e mudamos a senha delas, agora somos três filhos da mãe ricos e Torvan nem vai ter dinheiro pra pagar um taxi, quanto menos sair de Omega...é só uma questão de tempo até encontrarmos ele.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Sex Maio 17, 2013 9:49 pm

Ele observa o jeito que a turian meche na bomba, ela fazia ele se lembrar dele mesmo.... mas Skundar se perguntava se tinha o mesmo olhar obstinado e até meio assustador quando fuçava em alguma coisa em Tutchanka...

- Ah, nem tudo que não faz "kabum" é chato! Tanques não fazem kabum, eles fazem outras coisas fazerem kabum!


Ele então sai, fala com Zada e Catherine e ouve o que eles tem a dizer:

- Fugiu?! Ah, filho da puta! A próxima vez que eu encontrar ele eu vou arrancar os braços dele, encher ele de porrada, arrancar ele daquela roupa e TOSSIR na cara dele! - o krogan fala, ameçando - Ei, perae.... vocês conseguiram haquear a conta dele?! AHAHAHA! ! ! - ele vibra - Ahhh seus malditos, quando eu voltar vamos comemorar! ! ! Bom... tenho que ir denovo, devo voltar em uma hora.

Após ver se Catherine e Zada Ban não vão falar mais nada de importante, Skundar volta para dentro da oficina:

- Ei, Drannen! Lembra aquele negócio que eu disse sobre o Torvan? É, esquece, se ver ele por ai pode matar. He, isso se eu não pegar o desgraçado antes, ele não pode ter ido muito longe...- ele abre um grande sorriso - o cara agora ta sem nenhum centavo no bolso! ! !

Skundar então põe seu capacete em uma das mesas que não ta sendo usada, e fica observando a turian mechendo na bomba, curioso para ver o que ela esta fazendo.

- É, ter que ficar andando por ai ouvindo sua própria respiração o tempo todo deve ser chato mesmo. Levou um tempo para eu acostumar com o Zada Ban respirando assim, mas agora eu ja nem percebo mais. - ele então se encosta em uma das paredes, cruzando os braços e olhando para o volus - Então, Drannen. Você tinha ficado de me contar algumas coisas. E ai, como ficou sabendo de mim? E sobre as imagens la na TV, qual foi sua idéia com aquilo?

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Dom Maio 19, 2013 1:42 am

Raine: - O canhão faz um belo Kabum, e já que ele é parte do tanque, pode-se considerar o tanque como algo que faz "kabum".

Drannen: - *pshh* Não encoraja Skundar... *tshh* Ela já tenta explodir a casa pelo menos três vezes por dia *pshh*

Raine: - Tudo em nome da ciencia meu amigo...e da boa diversão.

Você recebe as más noticias pelo radio, Raine volta a trabalhar e Drannen leva suas armas para uma mesa ao lado e começa a checa-las procurando algum estrago. Mas os dois param na hora e te olham com uma cara que dizia "Que porra?" quase que ao mesmo tempo quando escutam a parte de "Tossir na cara do Quarian".

Drannen: - *pshh* - Err...claro. Com prazer! *tshh*

Quando você pergunta sobre as imagens, ele desce da cadeira.

Drannen: - *pshh* - Ah sim! Um segundo...

Ele sai pra fora e grita o nome do Rinzler. O quarian se aproxima rapidamente.

Drannen: - *pshh* - Vamos te deixar trabalhar Raine.

Raine: - Humrum...

Vocês se afastam um pouco da oficina, mais a fundo no ferro velho.

Rinzler: - Acho que está na hora de contarmos a verdade a ele.

O volus acena com a cabeça e aciona a omni tool, mostrando imagens claras de você e Kolvant saindo dos esgotos e entrando na base, tudo que aconteceu desde então, inclusive sua luta contra o vorcha.

Drannen: - *pshh* Quem conseguiu as imagens fui eu. E o Rinz garantiu que elas chegassem até a Omega News sem qualquer pista que pudessem rastrear até nós. *tshh*

Rinzler: - Tenho certeza que deve ter várias perguntas...então, manda.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Ter Maio 21, 2013 11:23 pm

Assim que o volus sai da oficina e chama o quarian, Skundar o segue. No caminho ele comenta:

-Gostei da Raine, ela parece gostar do que faz, e ainda tem senso de humor, hehehe!

Ele então caminha com Drannen e Rinzler para dentro do ferro velho. Assim que param e o volus começa a mostrar as imagens, Skundar se curva um pouco para assistir. Quando a luta com o vorcha surge ele fica claramente incomodado.

- Ah, esse vorcha filho da puta, o maldito tinha alguma droga doida nele! Se não fosse isso eu tinha cortado ele em dois logo de cara! ! !

Ele então ouve o que os dois tem a dizer.

- Sim, tenho algumas.

Ele então pensa por alguns momentos, olhando ao redor, então volta a encarar os dois:

- Por que? - ele fica quieto por alguns segundos, olhando de um para o outro, então complementa - Olha... não é como se eu não apreciasse, quer dizer, vocês me transformaram em um herói! He, e acho que nunca tinha visto um krogan aparecer na tv sem alguma manchete que pegasse mal para nós, sabe. Mas eu não consigo deixar de querer saber: por que?

Skundar observa os dois, esperando a resposta deles.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 7:51 pm

Rinz: - Alguns diriam que ela gosta DEMAIS do que faz.
Você escuta a verdade, e obviamente eles esperavam que você perguntasse a respeito.

Drannen: *pshh* - Estavamos de olho em você antes. *tshh* Você é um dos poucos krogans não afiliados aos Blood Pack ou ao Urgot. *pshh* Não apenas isso como não precisei pesquisar muito para saber que ao contrário dos outros krogans você não quer só lutar, ganhar creditos e esperar que algum dia você morra. *tshh* Você quer fazer a diferença, trazer um futuro melhor para sua espécie. *pshh* E nós aqui lutamos para dar um futuro melhor a Omega, pode-se dizer que somos mais parecidos do que pensamos *tshh*

Rinz: - Drannen deu uma segunda chance a todos nós. Para você não é diferente, você queria uma chance para provar que os krogans não são apenas cães de batalha, agora te demos essa chance.

Drannen: - *pshh* A galaxia virou as costas para nós. Enquanto todos sentam em suas cadeiras de veludo na Citadel engordando, nós praticamente vivemos na lei da selva. *tshh* Estamos aqui para corrigir isso. Minha presença já está fazendo efeito, as gangues estão pensando duas vezes antes de matar mendigos e crianças na rua, estamos dando esperança para essas pessoas. *tshh* Mas agora com você, essa esperança ta se espalhando.

Rinz: - Não é só isso. Você tem a atenção de Omega, e não vai demorar muito até que a galaxia toda veja o que estamos fazendo. Não estamos só te dando seus "5 minutos de fama", mas uma oportunidade para que você torne os krogans mais bem vistos. Se acompanha as noticias deve saber que existem krogans lutando por meios pacificos na Citadel pela cura da genophage, suas ações aqui serão valiosas a eles.

Drannen: - *pshh* Mas não somos burros...obviamente sabemos de seus err...problemas de temperamento. Mas estamos dispostos a dar um voto de confiança de que vai usar bem essa chance que estamos te dando *tshh* Essa UNICA chance. *pshh*

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    Qua Maio 22, 2013 9:59 pm

Após ouvir tudo que eles tem a dizer. Skundar para por um momento, pensativo.

- Entendi. Vocês querem que eu me torne um de vocês. - ele diz acertivo. Pausa por alguns momentos, e segue com um ar sério - Tudo que vocês disseram é verdade. O conselho virou a costas para nós... krogans.... quarians - ele diz, olhando para Rinzler - ... e o povo de Omega. - ele termina, olhando para Drannen.

O krogan então deixa seu capacete em uma peça de sucata ao seu lado, para não ter que ficar carregando-o. Ele continua, sério:

- Eu não me orgulho de muitas das coisas que eu fiz aqui em Omega. Não mesmo.... Eu entendo a chance que vocês estão me dando. Vocês me deram o que poucos krogans tem: um motivo para lutar. -ele então fala revoltado- Meu povo fica se matando e jogando suas vidas fora como mercenários porque eles não tem motivo nem esperança! - ele pausa por um segundo, desviando o olhar, então volta a olhar para o quarian e o volus - Vocês me deram os dois. A confiança que vocês e o povo de Omega colocarem em mim vai ser honrada, nem que para isso eu tenho que dar minha vida. - ele termina determinado, batendo um punho fechado no próprio peito.

Skundar então volta a seu modo mais solto e relaxado, quase outro krogan do que falava agora a pouco.

- E ei... eu não sou TÃO bravo assim, vai! Quer dizer, se não fosse por mim o Drannen teria matado o Torvan e a Takhesia, eu tentei dar uma chance pra eles pelo menos. Agora, uma coisa importante: As pessoas vão me conhecer, ok, mas e vocês? O que querem que eu faça? Mantenha a identidade de vocês em segredo? Fale que tem um grupo me apoiando? Ou nem cite que vocês existam? Eu sei que alguns krogans discordam de mim, mas a maior fraqueza é não admitir que aqueles que lutam ao seu lado sempre te tornam mais forte!


________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: 2a Cronica de Skundar:    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
2a Cronica de Skundar:
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 6Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Mass Effect :: Galaxia Mass Effect: Jogos-
Ir para: