Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 À Procura dos Guardiões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 1:28 pm

*Assim que suas garras abatem uma presa, a adrenalina desce...apenas para o desespero de Rowen ver que havia atacado alguém que nao merecia suas garras. Isso até perceber o minotauro levantando seu martelo e conjurando as lanças, não precisava ser muito inteligente para adivinhar que elas tinham seu nome escrito, mas ja que eram rapidas demais para se tentar desviar, o lobisomem coloca seus braços a frente do corpo para tentar pelo menos defende-las*

Quantidade aleatória (1,20) :
16
(Armadura: 12)


Última edição por Bidy em Ter Fev 08, 2011 1:29 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 2:42 pm

OFF:

Teste de defender a flecha do Hell

Quantidade aleatória (1,20) :
6
(Armadura: 12


Última edição por Bidy em Ter Fev 08, 2011 2:45 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 2:52 pm

Reika apenas analisa aquele caos, com medo de também a atacarem ela se mantem afastada em posição de ataque. Reika não consegue netender o porque de tanta briga se tinham muito mais o que fazer ao invés de ficar ali se matando... Então ouve quando o anjo grita para que parem, ela apenas observa ao redor...
Tanto sangue... Ela não sabia até quando sua reserva duraria e ela não queria atacar ninguém dali e piorar mais a situação.

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 3:21 pm

Tema da Cena



A morte era a unica coisa certa dessas batalhas simultâneas, que estava dissipando a única chance do bem contra o mal para essa terra.
Jeke estava com as costas abertas no chão da praia, enquanto sobre ele, o Lobo parece acordar do transe, vendo suas garras cheias de sangue inocente.
Seus olhos se afinam e miram Hell, que lançava flechas em Bones e Rowen.
Bones consegue esquivar-se da flecha relâmpago, que ofusca os olhos de quem via a batalha.
Uma das flechas estoura no peito do Lobisomem, que estava se afastado de Jeke.
O lobisomem ainda estava em pé, com um rombo no peito vazando sangue, e ainda consegue evitar a morte, mas Minos fica cego de ódio em ver seu salvador, morto e sendo estraçalhado por um lobo e um vampiro.
Era a gota d'água para o Minotauro.

Ele porta um martelo único, e ainda não sabe usá-lo de fato.
Mas em seu coração, ele queria afastar os dois de cima de jeke, e consegue.
Muitas lanças em pontas sobem à terra e acertam tanto Rowen quanto Sky.
O Lobisomem, mesmo mortalmente ferido se defende, mas pareceu demais pra ele.
O buraco do ataque é enorme, e Rowen tomba no chão sem consciência, quase ao lado de jeke.

Sky pula para longe com sua grande Habilidade.
E volta-se para Minos...com um grito de ódio, como se sentisse traído.

Riokay estava vendo tudo e não sabia o que fazer para ajudar.
Viu dois alidos cairem mortos, por algo irracional daquele elfo, que salvaram na cidade elfica.
O anjo estava implorando para que a briga parasse.
Enquanto a vampira, a mulher, apenas olhava a tudo sem nem se mexer, enquanto ia se afastando aos poucos.

O ódio ia tomando conta de todos.
Bones cega-se de ódio em ver Rowen caindo morto.
O Necromante começa a lançar uma magia e a terra na praia começa a tremer. O necromante está com os braços esticados e com as palmas das mãos abertas para o solo, e falava numa lingua estranha algumas palavras que insitavam o puro ódio.

Neste exato segundo um clarão cega todo mundo.
Fazendo com que todos os que estavam em pé ficassem ofuscados.


O clarão veio de onde estava Rey, lá encima, de onde saiu Bones e Rowen voando num dragão de sombra.

Olhando melhor, viram que o clarão trata-se de fogo, uma enorme bola de fogo pairando no ar, bem rente ao chão.
E o clarão foi diminuindo.
Nenhum som era ouvido.
Quando do clarão aparece uma figura....




Era Rey.
O Paladino estava em pé.
E apenas olhava para o grupo.
Rey esticou o braço e abriu a mão sem dizer nada.





Um raio atinge Hell em cheio.
Todos voam com o poder do golpe.
Todos caidos, enquanto Rey anda em direção ao grupo sem dizer nada, e apenas sacando sua longa espada.

Seus passos o levavam na direção de Sky.
Seus olhos estavam azuis como a cor do oceano.
E suas mãos estavam normais novamente.

Rey então diz à Sky, pouco antes de dar um salto altissimo.

- Você viveu tempo demais, vampiro.

Sky saca suas duas espadas e defende-se do ataque de Rey, que parecia furioso.
A luta foi rápida.
Sky não parecia acreditar, e ainda por cima sentia-se infinitamente fraco, sem saber porquê.
Rey usou sua celeridade e partiu o corpo de Sky em dois, com um golpe lateral e depois ainda decepou sua cabeça com a espada.
O Paladino cospe no corpo jazido no chão do vampiro.
Põe sua espada na bainha, e vira-se ao grupo.

Todos boquiabertos.

Rey caminha em direção de Jeke, sem falar nada.
Ele toca o corpo do Elfo, e uma luz envolve o corpo do druida, cegando novamente todos na praia.
Em um minuto de luz e orações, Jeke estava devolta.
Sentado, tossindo um pouco de areia, enquanto Rey se levanta novamente, mais uma vez sem dizer nada, e vai até o lobisomem.

Ele o ergue com um poder cinético, deixando-o em pé.
Rey toca seu peito aberto, e a mesma luz cega todos novamente.
Mesmo procedimento.
E lá estava Rowen em pé. Novinho em folha, e bem calmo.



- Acho que o velho Rey está devolta rapazes.


________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 4:08 pm

A Cabeça do Bones



Sua sanidade foi embora por completo ao ver que Rowen, enfurecido, acabou matando aquele que instantes atraz havia salvo Minus e para piorar, o próprio Rowen estava morto por mais uma daquelas malditas flechas do traidor.

Estava conjurando sua magia não mais se importando com qualquer consequencia, concentrando todas as sombras para criar uma explosão negra. Por dentro de seu capuz, naquele instante, pode ser novamente visto duas chamas azuis, ardendo na intensidade de sua ira. Os mesmos olhos da caveira. Naquele instante, por mais que tivesse seu corpo novamente, sua mente e poderes eram os mesmos do Lich Bones, inclusive sua aparencia.

Mas algo completamente sobrenatural aconteceu. Foi capaz de perceber um clarão forte vindo de suas costas, onde estava o corpo do Rey, sendo capaz inclusive de sentir aquele clarão que quase desfez seu manto. Junto do clarão, um forte vento veio da mesma direção, terminando por desfazer o capuz, revelando novamente a face de Thanathus que se virou para ver o que acontecia.

Bastou olhar e viu Rey, de pé, vivo, brilhando como se o proprio deus da luz estivesse ali. Talvez realmente estivesse, foi o que pensou Thanathos ao ver que esticava a mão em sua direção, vendo um forte clarão sair dela. Nesse instante, apenas teve tempo de fechar os olhos e se questionar.


Finalmente vou morrer ?

Um grande estrondo pode ser sentido, mas para sua surpresa, não foi nele e sim no elfo ao qual ele lutava. Foi jogado alguns metros distante do elfo, se escoriando um pouco por conta do manto enfraquecido que não o protegeu direito. Quando se deu conta do que aconteceu, viu que rey ja estava na praia, brigando com o vampiro. Brigando não, simplesmente executando-o. O vampiro não teve nenhuma chance de reagir.

Thanathos começa a se levantar e ameaça alguma pergunta mas lhe falta ar para falar, estava sem reação. Como se não bastasse ter visto Rey reviver, viu acontecer a mesma coisa com o druida e com o rowen, novamente vivos. Havia naquele momento um furacão de sentimentos se sobrepondo em sua mente e seu peito. A um segundo atraz estava prestes a destruir tudo o que encontrasse pela frente mas agora uma felicidade tamanha que lhe lembrou de seus tempos em vida junto de sua esposa tomavam conta dele.

Estava em choque com a cena, sem reação ou forças para nada, caindo de joelhos na area, largando sua foice e desfazendo todas suas magias de tão solto que ficou no momento. Estava nu, ajoelhado na praia, olhando para a cena sem acreditar. Parecia que os deuses finalmente estavam mostrando algum sinal para aquele que deveria ser o unico grupo que poderia fazer algo contra o exercito de Arohan.

Isso era uma sensação que não seria capaz de descrever com palavras. Acabou chorando lagrimas de felicidade ao ver que aqueles com quem mais se importava não estavam mortos, levando ambas as mãos ao rosto. Mais do que isso, estava diante de uma coisa que nunca teve em toda sua longa existencia marcada por tanto sofrimento: um verdadeiro milagre.

{Off: mals pela edição... foi pra colocar o videozinho tmb... rsrs}


Última edição por Bones em Ter Fev 08, 2011 5:55 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 21
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 4:48 pm

Off: Tipo Kleiner, nao sei se posso fazer isso, mas como eu tinha morri, eu quis ver como ficava.
On:
Jack nao conseguiu se teletransportar a tempo, apenas viu o lobisomem vindo em sua direçao e enquato caia com uma forte dor nas costas, tudo embaçou...essa e a sexta vez que me sinto assim...Boca seca, cabeça zonza, tudo esta ficando escuro, meu corpo esta dormente, a batalha contra o mal...eu ajudei tao pouco...Nao ha mais como voltar...meus aliados me trairam...
Tudo escuro, nao vejo nada, ando a esmo, derrepente uma coluna de luz brilha em cima de mim,


eu me cego e quando volto vejo apenas um caminho



por esse caminho,ha uma clareira e dentro dessa vejo duas pessoas que conheço...meus Pais. corro em direçao a ele, porem nao consigo alcança-los, ha algo, como uma barreira que me impede.



-Mae? o que esta havendo?onde estou?
-apenas me escute, Jack, voce ainda nao pode morrer, a balança esta quase virando, o mundo prescisa de salvadores, voce deve se tornar um deles, o grupo em que voce estava esta prestes a se desintegrar, voce nao deve permirtir isso...o destino de muitas vidas estao em suas maos...filho, me de orgulho,lute com todas suas forças, faça isso por mim e por seus pai
-mas...
um forte vendo parece me separar e mel levar para longe dali, parece que estou deitado, meu corpo doi um pouco, esta meio escuro,mais tudo ser resolve quando abro os olhos, me levanto e sinto-me novo em folha.
Olho ao redor e vejo muito sangue pelo chao, hell e sky estao no chao,rowen tabem esta no chao mas nao parece ferido,mas sky esta cortado ao meio, porem o paladino esta em pe, e parece muito bem.
-Wow, que viagem, o que aconteceu?eu me lembro de ter sido atacado por...
nesse momento ele ve aquele necromante ajoelhado completamente nu no chao...
-Mas...que coisa mais...pervetida....
Jack cai no chao e começa a rir, era uma cena muito engraçada um cara ajoelhado na praia nu chorando.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 09, 2011 8:52 pm

*As lanças que surgiam eram demais, mesmo para Rowen, sua regeneração não é tão rapida a ponto de curar ataques continuos tão poderosos, nunca imaginaria um minotauro conseguindo conjurar tal feitiço.*

*Seu corpo estava dormente, de modo que mal sentiu quando chegou ao chão, sua visão escurecia, tudo se tornou escuridão...*

*Lentamente seus olhos se abrem, a surpresa e nostalgia tomam seu ser quando percebe estar na sala do trono, no castelo que pertenceu a sua familia a gerações.


*Sylorn...
As terras que seus ancestrais defenderam e protegeram com honra e justiça. Seu lar que foi aniquilado pela ganância de seu irmão.*

*Uma grande decepção invade Rowen, as imagens de uma Sylorn tomada por Orcs, uma sombra de seu antigo esplendor, ainda são frescas em sua mente, aquilo era alguma ilusão ou algum truque que sua mente estava lhe pregando.*

*Mas nada no universo poderia prepara-lo para a figura a sua frente. Um homem de meia idade, vestido na armadura cerimonial de sua familia.*



O Conde Alexander Tabris, seu pai.

*Sua boca se mexe, mas as palavras não chegavam aos ouvidos de Rowen, foi aí que o lobisomem acorda na praia, em pé a sua frente estava ninguém menos que Rey.&

- R...Rey? I...impossivel?! Mas como?!

*Não se contém em por as mãos nos ombros do paladinos, tinha que ter certeza que não estava ficando louco, era real*

- Mas...eu vi você morrer!

*Seu espanto é apenas interrompido quando escuta o druida rir, lembra-se de ter voltado a si com o sangue dele em suas garras, jurava que tinha matado um inocente, estava visivelmente confuso.*

- Acho que me acertaram um pouco forte demais...não posso estar vendo dois mortos andando e rindo por aí! Alguém me diz que não to ficando louco!


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 09, 2011 9:28 pm

Reika se espanta ao ver a luz, após assistir á toda aquela cena sem conseguir se mecher, ela finalmente nota que aquele a quem ela poderia dizer que devia sua vida estava de volta como mágica...
Ainda sem conseguir se mover ela olha pra ele ainda incrédula e diz:
Você voltou... Não pode ser...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 10, 2011 1:06 pm

Todos ainda estavam sem ação, quando viram Rey liquidar com o vampiro Sky.
Mesmo Bones, que perde os sentidos de sua Habilidade com as sombras e fica novamente nu, em delírio na areia da praia.
Para ele as coisas não faziam sentido.
Era impossivel reviver mortos da forma como foram aniquiliados.

Reika também se surpreende,e esbanja receio em suas palavras, e é ignorada pelo Paladino.

Rowen, trazido a vida, estava desacreditado em sua pós-morte, quando foi lhe dada uma segunda chance novamente.
O Lobsomem vê o Elfo que acabara de estraçalhar as costas, rindo de Bones que estava nu e chorando.

Todos estasiados, quando Rey fala novamente.


- A Benção de Pellor me trouxe de volta. Ainda não é minha hora de morrer. E fui iluminado com aqueles que merecem a morte.

- Nós precisamos agora conseguir a última barreira contra Arohan. Quem vai comigo até os Guardiões?

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 10, 2011 2:55 pm

Ao ver o druida rindo e o rowen perdido, Thanathos começa a recobrar a consciencia de onde estava e o que acontecia. Os três realmente tinham voltado a vida, não só isso como tambem haviam voltado a vida com seus corpos inteiros. Achava, a principio, que apenas um Ceifador teria poder para tal, mas parece que estava enganado...

Se recompondo, se levanta da areia e refaz seu manto sem o capuz, pegando suas coisas que cairam. Então com passos firmes se aproxima de Rey, pegando-o com ambas as mãos pelo colarinho, falando com uma voz irritada e cheia de frustração, mas não como se fosse ataca-lo.

Maldito seja, Rey... Onde você ou seu deus estavam quando minha esposa morreu !?!?

Thanathos então o solta. Se virando e abaixando a cabeça. Aquilo era mais um desabafo e frustração do que uma ofensa. Estava irritado consigo mesmo por não ter conseguido ao longo de toda sua existencia o que Rey em instantes havia feito três vezes naquela praia.

Caminha ate a beira do mar, olhando para o mar imaginando qual deveria ser a distancia que separava o local que estavam da ilha que deveriam rumar, imaginando se iria realmente continuar ou não. Estava confuso consigo mesmo e parecia que quando mais seguia por aquele caminho, mais distante das respostas ele ficava...

Estava confuso quanto ao rumo que seguiria a partir dali. Por mais que Rey tivesse voltado a vida, isso não mudava o fato de que uma multidão raivosa havia matado-o sem nenhum motivo. Mas talvez fosse justamente ele o unico capaz de levar todos com alguma rapidez ate a ilha, embora não fosse totalmente seguro, como a viagem anterior havia mostrado.

Duvidas, duvidas e mais duvidas. O que fazer? Para onde ir? Precisava de um tempo para meditar sobre os assuntos. De um tempo para ca, simplesmente era empurrado pelos acontecimentos e não havia parado para pensar no que ele realmente queria e no que realmente estava fazendo. Ainda virado para o mar, fala alto para que escutassem.

Não sei o que vou fazer... Esse merda que vocês trouxeram junto me fez refletir se realmente todos valem a pena serem salvos... Homens, mulheres, crianças, idosos, doentes... Não importa a raça, todos agem com intolerancia e agressividade pelo menor dos motivos. Aquela vila que te matou, Rey, é uma prova disso. Eles realmente meressem ser salvos ??? Vidas mediocres, ignorantes e intolerantes a custas dos mais distintos herois ???

Ainda não achei uma resposta sobre isso... Queria um tempo para pensar sobre isso, um tempo que não tenho pois o mundo não para.Talvez eu ajude um grupo pequeno a atravessar o mar como nos chegamos aqui, mas depois disso não sei o que farei... E preciso de um tempo para descançar, usei minhas forças que guardava para a viagem nesta batalha sem sentido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 10, 2011 3:08 pm

OFF - Vão postando, que se precisar responder, eu respondo, como agora. É um diálogo só
__________________________

Ao ser solto por Bones, Rey prontamente lhe responde:
- Nunca conheci ninguém que fosse capaz disso, meu caro. Você procurou por tanto tempo um meio errado, se procurasse pelo Peregrino Santo, iriam lhe falar meu paradeiro, e poderia tê-lo ajudado.

O necromante parece desolado e questiona se vale ou não a pena salvar a população desse mundo.
- Não cabe a nós julgá-los. Eles estavam assustados com alguma coisa. E quando chegaram a praia, se deparam com Rowen, que não é nenhum Don Juan. Todas as raças desse Mundo dependem de nós JUNTOS atravessarmos esse mar e ir até os Guardiões.
- Nós fizemos um juramento,e eu vou cumprí-lo....mas não posso fazê-lo sozinho....preciso de todos...

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 21
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 10, 2011 4:46 pm

Jack para de rir, ele ouve o que os dois falavam, Bones parecia querer deserdar, porem Jack lembra de seu sonho, e de sua mae falando com ele:
-Bones, essas vidas podem ser mediocres, porem ha um proposito nelas estarem aqui, os deuses as puzeram aki por algum motivo, e infelizmente, nao sabemos qual é. Talvez, o ataque mais poderoso de aho-algumacoisa seja esse, desfazez as esperanças dos unicos que podem dete-los, pense bem Necromante, voce e um dos nossos aliados mais poderosos, nao podemos perder voce.

Apos isso, ele se dirige a Rey:

-Rey, essa batalha se revela cada vez mais dificil,eu ja devo ter morrido umas 6 vezes, porem, acho que nos somos a ultima esperança, entao, como estou de devendo uma ,e tambem, alguem muito importante para mim pediu-me para persistir e nunca desistir, e tentar manter esse grupo unido,vou rfazer o possivel para deter esse ahonhoalgumacoisa, bem resumindo , Pode contar comigo.

Apos isso, Jack Procura o corpo de Hell, para ver o que havia acontecido com ele.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 11, 2011 1:09 pm

Reika percebe que finalmente a briga interna acabou e que agora terá que decidir seu rumo...
Percebe que ele não lhe dá a minima atenção, mesmo assim ela ainda tem uma divida, por mais que não fale nada a respeito.
Após ouvir o convite de seguir a ele ela percebe que ai está sua chance de ajudá-lo.
Ela caminha até mais próximo ao grupo e fica somente a analisar a situação...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 11, 2011 3:48 pm

*Para Rowen, se o paladino já está disposto a fazer piadas, é sinal de que está bem.*

- Obrigado pela parte que me toca Rey >.>. Mas já aviso, de acordo com minha noção das coisas, inocentes não pegam em armas e se reunem aos montes para covardemente LINXAR um servo dos deuses que não deu nem sinal de hostilidade, se tal coisa acontecer com qualquer um do grupo eu teria exatamente a mesma opinião. Provavelmente eu e Bones iamos fazer um favor a humanidade.

- Mas agora não é hora pra filosofar. Temos uns guardiãos para achar e o traseiro de um certo mago tem um encontro marcado com meu chute.

*Não contém a cara de espanto ao ouvir que aquele druida morreu SEIS vezes*

- Ahn...não sei se vai adiantar algo mas lamento do fundo do coração por ser responsavel pela sua sexta morte. Aquela flecha do elfo me deixou meio...nervoso.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Angelus
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 199
Data de inscrição : 01/02/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 13, 2011 11:02 am

Não havia nada que dissesse ou fizesse interromperia o sangrento combate que se desenrrolava entre os menbros daquele grupo e a conclusão acaba sendo fatal ,dois de seus aliados Rowen e Jeke estavam mortos ,o caído se ajoelha diante da cena ,enquanto abana negativo com a cabeça .Ele então volta sua atenção para o elfo que fora encontrado naquela vila ,seus olhos ficam vermelhos ,expressando muita fúria e ódio diante do arqueiro.

- TUDO CULPA SUA...SEU VERME MALDITO...

Logo após seu grito percebe o necromante preparar algum tipo de magia para ser lançada ,quando um clarão ilumina o local chamando a atenção de todos em seus pensamentos Ryokai se perguntava o que era aquilo ,lembra-se que o corpo do paladino que fora o unico que acreditara nele naquela hora estava justamente na direção daquele ofuscante brilho.
Ao prestar a atenção melhor percebe se tratava de uma gigantesca bola de chamas e quando esta se dissipa ,havia uma homen de pé bem ali , o monge nota então se tratar de Ray,"Mas aquilo era possivel?",parece que naquele mundo nada era impossivel de acontecer ,quando o paladino ergue o braço um poderoso raio atinge Hell e o caido parecia satisfeito com aquela punição pois um sorriso saia no canto de seus lábios,mas o impacto acaba gerando ventos que o lança para longe e ele permanece deitado quando ver o vampiro Sky sendo esfacelado ,o caído fecha os olhos e vira a cabeça tentando evitar visualizar os detalhes da cena .
Sky havia sido um grande amigo de batalha antes de sucumbir para a sua natureza , era muito dificil e triste para o anjo ver um companheiro morrer daquela forma.
A resurreição de Ray dava fim aquela batalha ,embora o celeste tenha trazido a morte, o anjo acreditava que não haveria mais escolhas para aquela alma.
O paladino não ressurgira apenas para trazer destruição ,mas também a vida e com ela alegria de ver companheiros mortos abrir os olhos novamente.
Um sorriso se esboça no rosto do monge ao comtemplar a ressureição de Jeke e Rowen.
Ryokai então se levanta com uma expressão supreza ,parecia simplesmente não acreditar e o mesmo acontecia com todos que presenciam a cena.

O anjo se aproxima de Ray com um sorriso toca seu ombro direito dizendo :

- É um prazer revê-lo...celestial...

Ray poderia não ser um celestial autentico , mas tinha grande potencial para isso ,além disso Ryokai sentia algo diferente naquele paladino que se demostrava com bastante vontade em dar continuidade a missão

Ray -- Nós precisamos agora conseguir a última barreira contra Arohan. Quem vai comigo até os Guardiões?

- Minha espada e minhas chamas já são suas...claro que que eu irei.

O caido apenas observa as dúvidas do necromante sobre a contiuidade daquela missão ,mas logo os demais tentam convencê-los do motivo para a contnuidade.
Quando Rowen tenta apressar o grupo ,ele tenta fazer o mesmo .

- Pessoal Rowen tem razão...acho melhor partimos imediatamente em busca dos guardiões...o tempo está se indo e não sabemos nem mesmo o grau de poder que Arohan vai esta ,quando conseguirmos completar parte de nossa missão...


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Seg Fev 14, 2011 2:27 pm

*Minos apanhava suas coisas, estava faminto, e sem duvida precisava descansar um pouco. Não apenas seu corpo clamava por uma folga como sua mente. Ele não parecia nada bem, perdera seu machado e sua antiga armadura, agora a única coisa que lhe restava de de antigo eu seria o escudo. Mudara muito nesses últimos meses e a não vira isso com bons olhos, a cada passo adiante que dava, perdia um pouco de si no caminho.*

-Vou procurar comida e um teto para passar a noite.

*Iniciou uma caminhada pela costa, suas palavras foram frias, e sem vida. Não ouviria uma resposta de ninguém ali, seu laço com aquele grupo estava desfeito, não mais iria compartilhar de alguns ali, pois pouco a pouco pediam suas virtudes.

Minos esperava encontrar uma vila litorânea onde pudesse passar a noite, algo quente para beber ajudaria muito seus pensamentos a fim de tomar sua próxima atitude*
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 16, 2011 9:40 pm

Spoiler:
 

Todos viam, uns a uns se juntando à Rey.
Bones ainda estava de canto, apenas olhava.
Em seu coração parecia que a morte de sua esposa foi culpa sua.

Finalmente um pouco de esperança.
O Paladino exalava isso.
Não fosse pela vontade de todos, em desistir, as palavras de Rey seriam em vão.

Aquele Elfo arqueiro estava queimado, e de seu corpo falecido, a fumaça denunciava o fim de sua vida.
Logo próximo, o corpo daquele vampiro também jazia no chão.

Enquanto, Minos, resmungava indo embora.
Deixando claro seu caminho, que não seria junto com o grupo.
O que fez Rey apenas lamentar, abaixando a cabeça.

Era um momento que não dá para ter piedade.
Pena.
Dó.
Remorso.

O momento era de fazer a coisa certa.
E a coisa certa era seguir até os Guardiões. Pois esses, podem mudar o rumo da Guerra.

O grupo se uniu, enquanto Minos se desgarra.
O Paladino então diz:
- Precisamos partir imediatamente. Bones não está descansado a ponto de levar a todos. Precisamos buscar por um barco. - andava em direção ao necromante - E Bones, eu tenho um trato para lhe oferecer. Nos ajude até o fim, com seu poder e seu coração....e eu trago sua esposa à vida novamente. - as palavras do Paladino foram mais do que sinceras.

Porém, nesse momento, algo começa a dar errado.
Na praia, na direção oposta a que Minos está andando, vem ao longe, bem longe ainda, muita coisa. Não há como distinguir.
Parecem....cavaleiros....


________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050


Última edição por Kleiner em Qua Fev 16, 2011 10:06 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 16, 2011 9:51 pm

*Enquanto os outros conversavam, Rowen foi onde estava sua armadura e suas espadas...realmente o pensamento em ficar enjaulado naquela coisa novamente era na melhor da hipoteses, insuportavel. Ao olhar aquele elmo não se contém em chuta-lo para longe com toda sua força.*

*E sabia também que teria virado torresmo de lobo se estivesse vestindo ela quando foi atingido por aquele raio. E agora que estava andando com uma vampira, um cara com roupas feitas de sombras e um minotauro cuja largura do braço é maior que sua cabeça, começou a pela primeira vez se sentir...menos estranho.*

*Ja sabe que não vão ser exatamente bem vindos em cidade alguma então por que diabos temer? Mas ainda assim não pode andar por aí sem proteção alguma então faz um meio termo colocando apenas partes da armadura, tais como as canelas, braçadeiras, cinturão e um dos ombros, todas ainda ligadas por tiras de couro, está menos protegido mas bem mais leve.*

*Suas duas espadas como sempre embainhadas nas suas costas*

- Ok vamos...ah não me fode... *Não contém o comentario ao ver os cavaleiros se aproximando*

- Err...pessoal? Acho que nossas chances de sermos presos e OFICIALMENTE linxados está para aumentar!


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 17, 2011 12:37 am

Ouve todos falando, como se tivesse que engolir cacos de vidro, pronto para simplesmente sair dali para não ouvir mais besteiras, mas então o paladino, estranhamente abençoado após seu retorno, fala algo que desperta sua curiosidade sobre o que estava por vir e lhe enche de esperança mas desconfiança tambem.

Citação :
- Precisamos partir imediatamente. Bones não está descansado a ponto de levar a todos. Precisamos buscar por um barco. - - E Bones, eu tenho um trato para lhe oferecer. Nos ajude até o fim, com seu poder e seu coração....e eu trago sua esposa à vida novamente.

Para o seu bem, espero que não esteja mentindo, pois irei arriscar minha vida. Caso não cumpra, vou sair do inferno e irei ate os céus pra te caçar e não vai ter luzinha nenhuma que vai te protejer de mim.

Após isso ele checa se estava com suas coisas todas em ordem, pegando o livro, prendendo em sua roupa, e procurando algum pertence que ainda poderia ter caido. Quando percebeu que rowen subia o rochedo, alguma coisa lá encima o chamou a atenção, mas não sabia exatamente o que era.

Será que esqueci alguma coisa???

Sobe rápido, pois o grupo logo começaria a se mover dali. O cansaço e o sol fazem com que sinta desconforto e teria mesmo que subir, pelo menos para beber agua. Foi então, onde seu dragão havia sido desfeito que algo lhe chamou e muito a atenção, uma coisa que nunca tinha visto.



Sua curiosidade disparou. Parecia que aquela coisa o chamava mas ele não fazia nem ideia do que era, quanto mais do porque aquela sensação. O medo foi vencido pela curiosidade e acabou por toca-lo, sentindo um pulsar vindo dele.

Isso não pode ser o que to pensando... Isso... Aqui...é um...

Quando as palavras pareciam começar a tomar a forma de seu pensamento, a resposta surguiu quando o ovo começou a se romper. De alguma forma, aquele dragão de sombras que havia criado acabou ganhando uma vida própria. Não apenas uma existencia unica, mas de alguma forma ligada a ele, Thanathos sentia isso.

O Ovo então começa a fazer um barulho e rachar, surgindo por entre as rachaduras algo que ele não sabia se era real ou não. Havia acabado de presenciar o nacimento de um filhote de dragão negro. Aquilo lhe roubou as palavras, nem precisava dizer nada, a cena falava por si só.

Esticou a mão, tocando na cabeça dele. Era docil. Sentiu um encomodo nas costas da mão e quando viu, começou a surgir uma imagem nela. Se assustou, mas quando viu a imagem pronta tinha certeza que deveria ser a prova da ligação entre ambos.



Começou então a ajuda-lo a sair do ovo, quebrando a casca. Para sua supresa, o filhote acabou subindo por seu braço, se equilibrando em seus ombros com a ajuda da calda se segurando debaixo do braço dele, olhando para Thanathos. O filhote deveria estar faminto, tinha que arrumar uma carne para ele.

De tão concentrado no assunto, nem chegou a ver que Rowen ja tinha decido ou ouvir o que ele falou. Viu que não tinha mais nada para pegar ali. Bebeu um pouco de água e logo desceu agindo de forma natural, como se não tivesse um filhote de dragão em seus ombros, falando com eles.

Alguem ai tem um cantil extra ? Tem agua potavel ali encima... E alguem tem um bom pedaço de carne ?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 21
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 17, 2011 7:57 am

Jack percebe que o que sua mae falara e verdade ao ver Minos se distanciar do Grupo, porem ve os cavaleiros vindo na tora para cima dele, e ouve o comentario de bones:
-PUTA QUE PARIU! EU NAO QUERO MORRER DE NOVO!- apos algum tempo, uma ideia passou pela sua cabeça, ele sorri Twisted Evil -Ei! necromante, Acho que aqueles caras -apontando para onde vinham os cavaleiros- VAO MATAR SEU BICHINHOO!!
Apenas para ter certeza Jack Se Transforma em tigre, era melhor que ficar na forma humana.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Angelus
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 199
Data de inscrição : 01/02/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 17, 2011 1:08 pm

Ryokai observa Jack procurar algo,imagina que o elfo tinha sua mesma curiosidade ,queria saber o que teria acontecido ao maldito Hell e a resposta vinha de uma forma talvez já esperada , não havia corpo apenas cinzas ,o caído não sente tristeza por aquela perda ,afinal o arqueiro apenas havia colhido as tempestades dos ventos que plantara ,observa uma linda e estranha garota se aproximar do grupo , já a havia notado antes ,mas aquela era a primeira vez que olhara diretamente ,esboçando um leve sorriso no canto dos lábios tentando demonstrar simpatia e depois ,volta sua atenção para o grupo ,observando Minos se afastar demonstrando um ar diferente em suas maneiras , o que acaba deixando o monge caído ainda intrigado.
Quando Bones então faz uma pergunta para o grupo ,ele apenas fazia um sinal negativo com a cabeça e observa a promessa de Ray feita para Bonés ,sem demonstrar muita reação ,mas então escuta os comentário de Rowen e Jake chamarem sua atenção para uma determinada direção observa o que parecia ser o comboio de cavaleiros negros se aproximando,olha para o grupo ,enquanto abre suas asas dizendo :

- Chegou a hora companheiros...

Sem nenhum aviso Ryokai sobe aos céus para tentar visualizar algum tipo de embarcação para transportar o grupo .

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 20, 2011 3:36 pm


Na praia, no orizonte, não há outra imagem, senão a de dezenas de cavaleiros vindo a todo trotar para cima dos aventureiros.
O anjo levanta-se ao céu e vê uma onda de cavaleiros negros.

Angelus:
Spoiler:
 


Rowen parece desapontado.
Mas acha absurdo a cena que viu.
Dezenas de cavaleiros. Vindo com tudo na direção de vocês.
O lobisomem conta, em torno de 50.

Bones estava pasmo.
Como a vida estava sendo mágica com ele.
Um pequeno dragão negro.
Mas o que era tudo isso, afinal? Que absurdos estavam acontecendo?
São coisas que ele pensava quando desceu do morrinho, na beira da praia.
E viu todos olhando o orizonte na areia...
E ele desperta preocupado com os berros de Jeke....que parecia estar desesperado.

O silêncio da Vampira expõe sua preocupação.

Rey então corta esse silêncio:
- Droga....isso não deve ser por nossa causa...mas...estamos com azar...eu estou muito cansado para lutar, mas se precisar, o farei...

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 20, 2011 4:45 pm

Tão surpreendente quanto ter achado um filhote de dragão negro foi ver no horizonte que, possivelmente, o exercito de Arohan estava novamente no encalço do grupo. Parece que perderam tempo de mais naquela maldita praia e foi tempo suficiente para os cavaleiros implacaveis conseguirem diminuir a distancia que os separava.

Nem deu muita atenção ao que o druida disse, pois se aqueles cavaleiros chegassem, não seria apenas o dragão que eles matariam. Ele se apressa para a dianteira do grupo, começando a gesticular no ar com as mãos e dedos, falando com uma voz sarcastica com o grupo, encarando os cavaleiros vindo em sua frente, com um orgulho de sua classe.

Vocês sabem o que um necromante faz de melhor? Acham que é controlar sombras ? hahahaha LEVAAAAANTEEEEEEM !!!

Com um grito rouco que mais pareceu um urro, Thanathos invoca sua magia fazendo o chão de toda a praia tremer. Ja tinha percebido que estava conseguindo usar magias mais naturalmente e aquela hora não seria um acidente, ele planejou aquilo, usando uma força magica absurda com a naturalidade de um magico de rua.

Das areias da praia se levantam uma legião de mortos, seu exercito particular obediente, implacavel, incansavel até que seja cumprida a ordem de seu criador. Com a mesma intonação com a qual os convocou, grita para todos os mortos na lingua deles

DETENHAM OS CAVALEIROS E VOCÊS ENCONTRARÃO O DESCANÇO ETERNO !!!

Após isso, se vira para Rey, aquele que se portava como lider do grupo.

Vou conseguir atraza-los algum tempo mas não garanto que vai ser muito... ACHEM UM JEITO DE SAIRMOS DAQUI !!!

Preferiu não usar seu controle de sombras pois consumia muita energia fisica, diferente da magia. Ele sentia que, enquanto tivesse um corpo vivo, talvez não conseguisse usar seu poder em sua totalidade. Uma pena, pois tinha certeza que sozinho seria capaz de acabar com todos ali, mas seu cançasso falava mais alto...


ROLL:
Magia "Tropas da Morte" (2d20 de mortos nivel 2 ) + HE "Multi-cast" = 4d20 de mortos nivel 2
Quantidade aleatória (1,20) :
20
Quantidade aleatória (1,20) :
18

Quantidade aleatória (1,20) :
14
Quantidade aleatória (1,20) :
3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 21
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 20, 2011 6:49 pm

Off:Vo roubar a bike desse cara ai...

On:Antes que Jack Pudesse se transformar aquele Necromante começa a falar coisas estranhas, e a chamar coisas mortas na praia.Aquilo o deixou meio abismado, como ele irioa chamar morto na areia da praia?
Jack tambem queria poder invocar seus homens plantas, porem nao havia floresta ali para ele cria-los.
Quando O necromante começa a chamar seus mortos, Jack vira-se para a vampira e lhe diz:
-eu queria saber, se eles veem para nos atacar ou por outro motivo...Eu acho isso muito estranho...
Talvez, se ele usasse chuva de pedras pudesse derubá-los dos cavalos ou chamar um enxame de vespas para ataca-los...quem sabe?.mas algo o angustiva, porque eles estavam viondo ataca-los?E minos, ? sera que havia sobrevivido ao ataque a cidade?
Somente uma coisa passou-lhe pela cabeça, para sumir dali, e e isso que ele faz, conjura sumir para ficar invisivel.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Angelus
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 199
Data de inscrição : 01/02/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 20, 2011 10:10 pm

Ryokai se supreende com a velocidade do avanço do inimigo ,mas surge um sorriso em seus lábios ao observar o barco pesqueiro imediatamente ele diminui a altura que estava e grita para o grupo :

- Pessoal existe um barco pesqueiro nesta direção,continuarei o vôo para guiá-los,ja que é mais fácil de visualizar o transporte daqui de cima...

O anjo olha para a pequena criatura que nascera sobre o dominio de Bones com estranheza ,lembrando-se do dia em conhecera Arohan ,observa que o pequeno ser era semelhante aquele que o mago das trevas conseguia se transformar , com certeza aquela criatura poderia ser usada mais a frente em um propósito maior ,mas restava o grupo paciência para aguardar por tal instante.
Os guerreiros já estavam sobre alerta com relação a aproximação do inimigo e devido a isso o poderoso necromante invoca uma horda de morto-vivos que atrasaria os cavaleiros,fazendo com que Ryokai acenasse com cabeça indicando aprovação de tal feito e iniciando seu vôo na direção do barco,mas olhando para tráz se certificando que o grupo o acompanharia.
Percebe que o elfo parece comentar algo com a vampira ,mas não fora alto o suficiente ,para ourvir o que dissera e ainda consegue ouvir Ray comentar sobre seu cansaço de lutar ,mas que entraria em batalha se fosse realmente precisso.

- O mais prudente a se fazer é tentar fugir para chegarmos a nosso objetivo e apenas lutar se nossa evasão for impedidada pelo inimigo.

O caído falava alto para ser ouvido ,mas permancendo o seu olhar na direção do barco e na movimentação dos inimigos.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Seg Fev 21, 2011 12:09 pm

Reika após tudo, se aproxima do grupo em silêncio, ela mesma não sabe o que dizer ou fazer, sabe que deve algo e que pagará essa dívida, afinal é seu único objetivo de vida (se é que aquilo era vida, mas ela não se sentia tão perdida afinal os dias com aquele grupo a fez se sentir parte de algo...). Retorna de seus pensamentos ao ouvir o lobo chamar o grupo, como ato reflxo Reika olha em volta e vê algo se aproximando... Ela apenas respira fundo e pensa consigo: Mais que droga, não temos um minuto de paz não??
Reika analisa a reação do grupo mas não fala nada, sabe que tem que se preparar para o pior se for necessário, os inimigos se aproximam rápido.. Eles tem que achar uma saída... Ela vê o anjo falar sobre uma embarcação tenta achá-la, mas antes de ir até lá ela decide aproveitar a oportunidade para se reabastaçer... Dá um leve sorriso e vai em direção á alguns soldados...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 22, 2011 9:35 am

*Rowen imediatamente tenta analisar as chances de vitória, mesmo com todo o grupo unido, 50 cavaleiros ainda são 50 cavaleiros. Os numeros neste caso fazem a diferença. Os esqueletos de Bones podem atrasa-los um pouco mas ainda assim a unica alternativa de sobrevivencia é rezar para que o barco pesqueiro realmente esteja lá.*

*Logo depois não se contém em responder ao comentario de Jack*

- È claro que é tudo um mal entendido...vamos todos nos sentar em volta de uma fogueira com eles e rir sobre isso! *Diz sarcastico* - Ta na cara que brigar só vai aumentar nossos problemas, vamos para a tal embarcação já...e quando digo já quero dizer AGORA!

*Logo depois percebe a vampira indo na direção dos soldados*

- Menina quer morrer!? Vamos cair fora daqui!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 24, 2011 4:57 pm

Bones fez uma magia, que não seria nada, não fosse o esforço feito a cada instante desde que criou o dragão de sombras.

Ao ver os seu pequeno pelotão de mortos se levantar, seja na praia ou na
água, Bones sentiu uma fortissima dor de cabeça seguida de uma tontura
nunca antes sentida.



Riokay vê a tontura do amigo.



Mas também vê que a Vampira vai indo na direção do exército.



Os zumbis correm em direção aos cavaleiros.



E fazem um cordão na praia, esperando-os. Logo atrás dele, se punha a vampira.


Os cavaleiros abrem a marcha dos cavalos.


Fechavam o horizonte.



Riokay sabe onde está o barco. Mas como fariam para ir até lá?



Nadariam?


Talvez ele e Bones conseguissem voar, mas e os demais?



Jeke simplesmente virou um lobo, e em seguida ficou invisivel.



E ninguém mais o viu.



As coisas iam piorando sistematicamente, até que algo simplesmente faz com que o grupo GELE.





Ele surgia sobre um Nazgul.
O Ulairi


Suas palavras são altas como um trovão.
O senhor dos bruxos estava ali. Sua descrição era Lendária. Simplesmente saber de sua existência era amedrontadora.
Quanto mais vê-lo.
- Ora Ora Ora....se não é a grande resistência dos homens...em destroços. Apreciem a vista, pois a praia é a última coisa que verão, vermes. Lord Arohan não aceita mais baixas vindo de um grupo vassalo como vocês. - o Nazgul começa a levantar vôo suavemente - Pois saibam que suas mortes serão significativas, principalmente as suas, Rey e Thanathos.

O Nazgul urra, fazendo com que seus ouvidos ardam em dor, e os tonteiem.
Rowen começa a sangrar pelo ouvido....o urro para o lobisomem está sendo insuportável.

Rey parece pasmo, estava cansado, exausto, e não parecia acreditar que seu nome fora pronunciado.
Os cavaleiros avançam frente aos zumbis.
Que derrubam algumas dezenas de cavaleiros. Mas a sua maioria é destruida pelo avanço dos inimigos.

Mais atrás....da região onde havia ido Minos, um clarão aparece. Seguido de um grande tremor na terra.

E neste instante no mar....as ondas começam a ir para o fundo....e notam que o bruxo estava fazendo alguma coisa com a água...

Os cavaleiros estavam vindo com rapidez para cima do grupo.
Eram pelo menos uns vinte que passaram pelos zumbis...

A vampirra seria logo atacada, estava a alguns metros apenas dos inimigos. Não mais do que cinco.

Os demais, uns vinte metros dos cavaleiros.
Não havia tempo para pensar muito...

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 24, 2011 5:54 pm

Sua tatica havia dado parcialmente certa, se não fosse pelo grupo completamente perdido na situação. Se sentia como se estivesse se sacrificando atoa, sem motivo algum. Passou a sentir uma forte dor de cabeça, sentindo algo escorrer de seu nariz. Era sangue. O esforço estava sendo grande demais...

Uma figura ameaçadora logo surge encima do rochedo, montado em uma especie de dragão diferente do normal. O homem vestia roupas que muito se pareciam com as de Thanathos, embora as do homem fossem preparadas com peças de armadura pronta para a guerra.

O homem fala, com uma voz alta, menosprezando o grupo e dando um ultimato e para grande surpresa se referindo a Rey e Thanathos pelos nomes. Parece que sua existência havia finalmente chamado a atenção d alguem, embora fosse em pessima hora.

Com um certo esforço por causa da tontura e do cansaço, Thanathos se levanta, com uma das mãos na cabeça, falando baixo para o dragão.

Fuja daqui e depois me procure...

Levantou rápido o ombro, jogando um pouco para cima o filhote, esperando que ele conseguisse fugir, pois agora viria um combate que, ate certo ponto, ele desejava em silencio, uma chance de usar todas as suas forças.

Se colocou em posição ereta deixando o livro cair no chão (era periogo demais deixa-lo com ele). Estava segurando firmemente a foice com suas duas mãos à sua frente, apoiada no chão e com a lâmina virada para a frente.

Começou a pronunciar algumas palavras arcanas, invocando todas as sombras, o máximo que conseguisse. Estava reunindo-as em um ataque massisso, parecido com o que havia usado contra o guardião. A diferença agora é que ele esta muito mais cansado do que antes, suas pernas tremem, a foice afunda um pouco na areia com o peso apoiada nela.

Ele tosse, sentindo um gosto de sangue na boca, mas mesmo assim continua. Sente seus ossos rangendo mas nada nem ninguem iria impedi-lo. Se aquela realmente era uma figura lendária a qual ja havia ouvido rumores, deveria atacar com tudo sem pensar no depois...

Então ele ordena as sombras em um ataque direto, quase uma avalanche negra indo em direção do homem. Mas a massa negra se abre em diversas partes, revelando inumeras láminas negras e arpões sombrios. Eram duas magias lâminas negras.

Thanathos estava usando praticamente todo o poder que ainda lhe restava. Havia feito aquela viagem que o deixou exausto, após isso aquela briga sem sentido, então acabou de invocar o maior número de soldados que ja conseguiu de uma só vez e por final, usou ese ataque combinado.

Mal tinha forças para respirar e apenas o fato de existir o fazia sentir dores horriveis. Estava em pé porque estava apoiado na foice e qualquer vento poderia simplesmente faze-lo tombar. Apenas sua teimosia e força de vontade o mantinham em pé aguardando a resolução do combate, sem certeza se haveria a chance de dar um segundo ataque...


ATAQUES:
HE+Int(19)
Quantidade aleatória (1,20) :
7

Lâminas Negras +Int
Quantidade aleatória (1,20) :
20
Quantidade aleatória (1,20) :
11
+19

Lâminas Negras +Int
Quantidade aleatória (1,20) :
9
Quantidade aleatória (1,20) :
17
+19
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Angelus
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 199
Data de inscrição : 01/02/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 24, 2011 9:29 pm

Ryokai observa que Bones fica totalmente exausto ao utilizar aquela magia para atrasar os inimigos ,estava muito tonto para continuar aquele embate,resolve descer para acudir o necromante e lhe dar apoio:

- Se quiser ...pode se apoiar em meu ombro necromante....

Observa que estranhamente a garota ruiva parece ir na direção dos soldados , ficam sem entender em seus pensamentos diz para si mesmo : " Mas o que essa louca pretende fazer?" .Como se não bastasse os cavaleiros estavam fechando o cerco no horizonte ,estava claro que precisava ser aberto o caminho para que pudessem fugir .

Ele já sabia onde estava o barco ,mas um problema surgia como o grupo faria para chegar até la ,era mais fácil um dos voadores ,se dirigir até os condutores do barco e pedir a aproximação das margens da praia ,pensa nele mesmo fazer isso ,mas assim que esses pensamentos vem a sua mente ,sente um terrivel calafrio e ao observar a sua volta ver algo que tornava a situação ainda mais dificil e seus olhos se arregalam diante da presença de Ulairi montado sobre o grande monstro alado,após aquelas palavras de ameaça o Nazgul começava a urrar e o som da criatura começava a incomodar Rowen terrivelmente que estava sangrando pelo ouvido.

Bones se demonstra feliz em iniciar uma nova luta ,Ryokai apenas olha para o necromante dizendo :

- Tenho orgulho de lutar a seu lado,feiticeiro...mas poderá acabar morrendo se continuar usando sua magia nesse estado...

O caído saca a sua velha espada e olha na direção do bruxo que parecia esta preparando algum tipo de magia que influenciava a água ,ele decide tentar impedir que a criatura o faça e em sicronia com o ataque de Thanatus ,ele usa sua habilidade de impacto distante na direção de Ulairi e um golpe horizontal é lançado contra o inimigo ,sendo carregado pelos ventos ,seria as duas lâminas negras contra o inimigo combinadas com ar cortante da espada de Ryokai.

ATAQUE IMPACTO DISTANTE:

HE+Int(16)

Quantidade aleatória (1,20) :
18


________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
À Procura dos Guardiões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Brasil] Esquadrão Guardião
» [Brasil] Polícia procura homem que tentou roubar avião em Campo Grande (MS)
» Prototype 2 você enfrenta New York em chamas.
» Naughty Dog procura designer de coperativo
» À procura de bibliografia

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Arquivo Morto :: JOGOS :: Sob o Domínio das Trevas - O Capitulo Final :: Heróis-
Ir para: