Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 À Procura dos Guardiões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: À Procura dos Guardiões   Sab Jan 29, 2011 9:29 pm

Minos estava desacordado.
Muito ferido e saindo água pela boca, como uma pequena cachoeira.
Todo mundo se amontoa sobre ele.

Bones vê o companheiro de longe e larga tudo, correndo na direção dele.
Ao chegar lá, vê que todo mundo estava envolta do Minotauro.
Bones e o Anjo tentavam tirar a armadura dele, mas não tiveram como.

Em desespero ele tenta falar com Minos na lingua dos mortos, mas não tem resposta. Bom sinal. Bom sinal. O coração dele bate, ainda que devagar.

No meio disso tudo, longe, Rowen colocava Rey encima do dragão de trevas. Enquanto a menina ia até o vuco-vuco.

O lobo então sente que Rey parou de tossir.
Ficou até feliz, já que a tosse do paladino sempre saia com sangue e ele estava se contraindo cada vez mais a cada uma delas.
Mas, o Paladino estava quieto, não piscava mais....estava com as pupilas dilatadas....ele...morreu.

Lá embaixo, O druida elfo Jeke, empurra os que cercavam Minos e põe sua mão no rosto do Minotauro, fazendo uma cura.
Subtamente o Tourino volta a vida, cuspindo muita água em Bones e Riokay, mas muita água.

O livro, que Bones tentava mexer, não funcionava novamente.
Ele escreveu uma vez, e nada apareceu.

Minos estava assustado, mas estava acordado.

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Jan 30, 2011 12:14 am

Ao ver que o minotauro respirou um pouco mais aliviado. Parece que agora poderiam salvar o Rey também pois tinham mais pessoas com a capacidade de cura-lo agora. Falou com Minus, sorrindo.

Espero que não queria realmente descontar o segundo soco... Agora tenho carne e isso vai doer muito hehe

Ja estava começando a se dirigir de volta para onde havia deixado o pequeno grupo quando ouviu a voz de Rowen vindo de la com a força de um bafo de dragão aniquilando sua alma. Rey estava morto. O livro estava novamente inutil. Mesmo se fizesse qualquer coisa para revive-lo, acabaria morrendo novamente pela mesma hemorragia... Agora, ali naquele local, não restava NADA a se fazer sobre isso.

Um silencio completo tomou conta de Bones, um silencio de seu corpo, mente e alma. O trubilhão que sempre existia em seu interior naquele momento sessou, estava tudo parado e não havia mais duvidas ou incertezas, simplesmente havia um silencio morbido. Sua face não mostrava nenhuma reação. Ao se mover, parecia ele próprio ser feito de sombras. O capuz novamente cobriu sua cabeça, ocultado por completo sua imagem corporal, parecendo novamente um espectro sombrio.

Sem dizer nada, ele estica o braço e com as sombras retira o corpo do paladino de cima do dragão, embrulhando-o, preparando o corpo para ser carregado. Esticou o outro braço, trazendo para si sua foice que estava apoiada onde havia dormido. Após isso ele andou reto, em direção ao dragão. Não para monta-lo mas para o corpo dele, atravessando-o como se fosse um liquido. Diz uma curta frase em um tom baixo e completamente frio como uma nevasca.


O troco... Saia...

Sem nem mesmo saber se Rowen responderia ou não, terminou por entrar no dragão, se tornando parte dele, assundo-o o controle totalmente. Agora, aquele dragão negro não era apenas feito de sombras ao seu redor, era feito tambem das sombras da alma de Bones, sua mente naquele momento não respondia a nada nem ninguem, simplesmente tinha um unico foco em vista: dar o troco a vila.

Sem jeito a principio e logo assumindo o controle, escala a pequena rocha entre ele e o céu livre e começa a bater as asas com força, tomando impulso com as pernas para decolar e voar em direção a vila.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hell Midori
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Jan 30, 2011 11:47 am

Hell via tudo e sente um pesar grande pela morte de Rey.
Não o conhecia mas uma vida era valiosa e mesmo Hell não gostava de retira-las.
Era nisso que pensava ao ouvir as palavras Troco vinda do ser que se misturara ao dragão.
Uma magia forte no minimo.
Em seguida outra criatura fala e Hell nem sabia o que ela seria.
Citação :
- Vamos. Rey será vingado!

Hell olha por um momento para todos mas não sabe exatamente o que fazer.
Não sabia como ou porque daquela morte,mas não queria deixar duas criaturas tão malevolas buscarem vingança.
precisaria de explicações que justificassem tal ato.
e não as obteria sem perder precioso tempo.
O arco em sua mão brilhou novamente,mas dessa vez muito mais forte.
E ao movimento de puxar de Hell,um relâmpago se formara.
Mesmo o barulho da eletricidade que o compunha era maior que seu primeiro disparo.
Hell solta a flecha-relâmpago e em pleno ar ela se divide em duas.
Hell mirara as nucas das criaturas e esperava força-las a descer antes de se tornarem armas de destruição que ceifariam mais vidas.talvez até inocentes entre elas.

off:teste de destreza para acertar a nuca
1/Bones=4
2/Rowen=16

rolagens de ataque(d20 +destreza 20)
1/Bones=
12
+ destreza
2/Rowen=
8
+ destreza
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Jan 30, 2011 5:51 pm

*Só de ver a reação de Bones, Rowen já adivinha que o necromante não conseguiria fazer nada a respeito, o paladino havia morrido e tudo por causa de ignorancia de alguns.*

*Rowen sente um aperto no coração...seguido de tristeza que logo se torna raiva, que evolui para um desejo selvagem e incomensuravel em fazer justiça*

*O lobisomem tava no momento pouco se fodendo pro disfarce, permanece em cima do dragão e apenas diz a Bones, compartilhando do mesmo desejo por retribuição que o mesmo*

- Vamos. Rey será vingado!

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Seg Jan 31, 2011 4:38 pm

Um sonho, o céu está azul, não sinto mais meu corpo, onde estou? Será que isso é morrer?

Se estou morto, por que ainda posso falar comigo mesmo? Talvez esse seja o lugar que as almas sem descanso devem permanecer por não cumprirem em vida seu dever...

Abro os olhos, e vejo uma luz intensa, talvez esse seja o caminho para o paraíso, será mesmo que morri? Não me lembro de ter morrido... A luz parece estar querendo que eu siga até ela.. Mas como? Meu corpo não me obedece, minhas pernas, meus braços, não sinto nada....

Apenas penso e ouço... Escuto uma voz conhecida, mas não entendo o que diz, ao menos não tudo, parece ser aquela Caveira ambulante, essa outra voz, seria aquele druida maluco? Por que estou escutando isso agora?

Eu não vou voltar, minha nova jornada se inicia... O que devo fazer?

Já posso sentir meu peito, algo quente está me mantendo ainda vivo? Mas o que seria? Posso sentir... Eu já senti isso antes? Me é familiar... Seria ela? Sim é ela! Agora posso sentir o pedante dela ainda iluminando meu caminho, já sei onde ir...

Estou pronto, devo terminar o que inciei, e quando voltar sera para reencontrar meus antepassados...
Crusando a luz e acordando

Mas que droga tá acontecendo aqui? E por que estou cheirando a pelos queimados?


antes mesmo que pudesse ter suas perguntas respondidas Minos vê o Elfo atirando em um enorme dragão negro...

Mas que diabos é isso? Alguém aqui pode me dizer?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Seg Jan 31, 2011 6:06 pm

No meio de toda aquela confusão Reika não sabe de que lado ela tem que ficar, somente sabe que o clima está tenso demais... Mas porque ela se preocupa tanto? Não conheçe eles direito... Percebe que um dos feridos está melhorando, e ouve o lobo dizer que outro morreu... Sentia-se culpada por aquilo, mas o que ela poderia fazer? Reika apenas observa a sua volta e vê que um dos que estavam com ela parece querer vingança e que alguém desse novo grupo não quer deixar que isso aconteça...
Reika se vê perdida, era como se voltasse a estar sozinha no meio daquela cidade toda... Só uma coisa ela tem certeza, de que aquele ser não deveria ter morrido...
No meio daquela confusão toda, ela apenas caminha até o corpo, se ajoelha e diz bem baixinho...
-Não deixarei que morra em vão, nem tive tempo de agradeçer a sua ajuda. Não sei como, mas farei algo para agradecê-lo.. Te prometo...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 22
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 01, 2011 2:19 pm

Matar,Matar, Matar era tudo que aqueles seres pensavam...matar para vingar alguem morto, matar para impedir de matar,aquilo estava ficando muito chato...porem havia o paladino morto, Jack Nao conviveu muito com ele , mas havia simpatizado desde de o inicio:
Spoiler:
 
-Ei elfo estranho, como queres vingar elfwmar, se começas atacando seus amigos e protegendo seus inimigos?de que lado voce esta?nao me venha com balelas de honra e bruxelas...isso nao me importa, apenas nao se intrometa em assuntos alheios.
logo apos se senta no chao e se dirige a seus amigos:
-Faça como quiserem, eu os seguirei.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Hell Midori
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 01, 2011 3:34 pm

Hell dá de ombros para Jack.
Nem sequer ligara para a tentativa de interceptar os seus tiros.
-Não quero matar ninguém sem necessidade.
e só para constar,quando foi que eu disse que eram meus amigos?
como vc disse,sou somente um elfo estranho.

Hell não estava mesmo preocupado com aquilo.
De uma forma ou de outra,seu ataque geraria o efeito que ele desejara e as duas criaturas voltariam para cobrar alguma satisfação.
Dele.
Hell somente encara a direção para onde eles voaram e espera.
estava pronto para combater qualquer um dali.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 01, 2011 3:40 pm

Ninja escreveu:
Matar,Matar, Matar era tudo que aqueles seres pensavam...matar para vingar alguem morto, matar para impedir de matar,aquilo estava ficando muito chato...porem havia o paladino morto, Jack Nao conviveu muito com ele , mas havia simpatizado desde de o inicio:
Spoiler:
 
-Ei elfo estranho, como queres vingar elfwmar, se começas atacando seus amigos e protegendo seus inimigos?de que lado voce esta?nao me venha com balelas de honra e bruxelas...isso nao me importa, apenas nao se intrometa em assuntos alheios.
logo apos se senta no chao e se dirige a seus amigos:
-Faça como quiserem, eu os seguirei.


Minos escuta olha e continua sem entender nada do que aquele elfo druida falava. Ele se levanta, apalpa para ver se seu corpo ainda está inteiro, apanha o martelo magico retira o pingente dado a ele pela Clerica falecida o deixando agora amostra por fora da armadura
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 22
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 02, 2011 9:14 am

Jack se levanta e pega suas katanas no chao, esperando ver o que vai acontecer....

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qua Fev 02, 2011 10:44 pm

Inacreditável.

Era essa a palavra para definir a cena que se segue.

Minos estava salvo, graças a Jeke, logo o druida que todos tinham duvida se devia ou não estar com o grupo....não fosse ele, Minos estaria hoje lutando nas linhas de Aroahn, segundo informação de Bones.

Bones?

Pois é, onde estava ele?

Minos, Riokay, Jeke e Hell olham o necromante subir correndo para onde estava um dragão de sombra e o Lobisomem, sem armadura, que segurava um corpo.

O corpo então é posto no chão.
Bones entra dentro da sombra, que se fecha com ele dentro, e Rowen sobe imediatamente no lobo do dragão de sombra.

Ninguém teve tempo de fazer mais nada.
Muito menos responderem à Minos.
Quer dizer, quase todos.

Sacando seu arco mágico, Hell lança duas flechas elétricas na direção do dragão, mirando em Bones e na nuca do Lobisomem.
Jeke ve a cena e tenta impedir, em vão.
Suas Katanas nada fazem nas flechas, que são pura energia.

As duas flechas de energia, acertam em cheia Rowen, de surpresa.
Mesmo estando a uns 50m de distância.
O lobisomem nem teve como gritar.
Por sorte ele não estava de armadura.

O Lobisomem despenca em direção às pedras.

Bones é atingido também, mas em bem menor escala.
O manto de sombra o protege bem, mas se feriu também.
Algo que fez com que sua Habilidade Especial quase se acabasse.

Lá embaixo, olhando para o dragão e o lobo caindo ainda no ar, Minos e Jeke discutem com o elfo estranho, que abaixava seu arco.

Bones, irritado, vê o elfo abaixando o arco.
Mas agora tinha de escolher, salvava Rowen, que estava despencando sem armadura, ou se voava em direção do elfo, que estava envolta de Minos, Jeke, a vampira e o anjo...


Off - Bones -2 Pvs
Rowen - 14 Pvs, e se não for salvo, perde até 2d20 de Pvs se cair nas pedras.
Rey morto.

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 12:20 am

Em sua mente nada pensava, estava agindo por instinto. Se alguem pudesse ler sua mente naquele momento, tudo que ouviria e veria seriam gritos e mais gritos, cenas de tortura e mortes, todas as existentes e algumas surgindo apenas das profundezas de sua imaginação completamente perturbada e distorcida que apenas um necromante poderia conceber, frutos de uma ira que havia adormecido e a morte de seu companheiro fizeram ressurgir com força total.

Ja estava prestes a finalmente voar quando algo um forte estrondo, um clarão de luz e uma dor, tudo ao mesmo tempo, pode ser percebido e sentido por ele. Algo havia acontecido, algo completamente inesperado e apenas percebe que algo o atingiu vindo de suas costas, justamente de onde o grupo estava.

Não pensou direito sobre o que o teria atacado, se virou por reflexo para o grupo no mesmo instante que recebeu o golpe e foi ai que percebeu algo que o fez por um breve instante recobrar a sanidade: Rowen, que estava montado nas costas do dragão, não estava mais ali.


ROOOOOOWWWEEEEEEEEEEEEN !!!

Um grito alto usando todas as forças de seus pulmões. Não pensou duas vezes ao ver um dos poucos que mereciam ser salvos ali, ferido e caindo em direção as pedras. No mesmo instante desfez o que restava de seu dragão e mandou todas as sombras que poderia controlar e que estivessem proximas em direção de rowen, para tentar protege-lo desesperadamente.

Esticou os braços e gesticulou como se puxasse e traçasse algo. Nesse momento, todas as sombras ao redor de rowen se juntam na parte de baixo de rowen, tentando criar uma rede pegajosa para segura-lo. Não uma unica rede padronizada, mas um emaranhado de fios negros sobrepostos como uma teia de aranha, feitos do mesmo emaranhado de sombras exparsadas que tinham ao redor e foram puxadas as pressas.

Não sabia se aquilo o salvaria, mas após a queda tivesse acabado, procuraria desfazer a proteção cuidadosamente e deixa-lo em segurança encostado em alguma superficie firme. Mas aquela ação, contra ele próprio e contra alguem que tinha se mostrado de valor e que, bem diante de seus olhos passou pela mesma situação que ele passou por decadas, aquela situação era imperoavel, foram vitimas de um ataque traiçoeiro e quem quer que fosse que tivesse feito iria pagar. Novamente se virou para o grupo.

O elfo, que ja havia ameaçado o druida poucos instantes antes deveria ter atirado neles com aquele arco que emanou energia durante a ameaça. Um espião. Um inimigo entre eles. Bastou o gatilho da associação dos fatos para novamente coloca-lo em um estado de pura ira. Uma ira silenciosa. Ele não esbravejava ou fazia ações impensadas. Seu silencio era o maior sinal de perigo. E em silencio começou a andar em direção ao elfo, calma e lentamente, andando e arrastando sua foice pelo chão, criando uma verdadeira cicatriz por onde ela passava.



----------------------------------------------------

TESTE H.E. : Inteligência 19
Quantidade aleatória (1,20) :
7
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 8:25 am

Mas que diabos está fazendo? Dirigia a palavra ao elfo arqueiro

*Minos vira o Elfo atacar Bones e a "COISA" que estava sobre ele, aquilo era surreal, seria o elfo um dos servos de Ahoran? Mesmo que não fosse aquela era uma ação discutível*

Hell, abaixe o arco... Se entregue agora ou sofra...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 2:35 pm

*Ao montar no dragão, a unica coisa que Rowen conseguia raciocinar era vingança. Mal conseguia pensar, tinha vontade era de correr para a vila por impaciencia de esperar o dragão levantar voo*

*Mas assim que está no alto, montado nas costas do dragão de sombras, algo o acerta traiçoeiramente fazendo-o cair do dragão*

*Atordoado mal percebeu que estava caindo, até cair na teia de sombras criada por Bones. Na hora as imagens dos aldeãos linxando Rey seguidas da visão de seu reino sendo tomado por Orcs.*

*Frustração...*
*Desespero...seguido de...*
Furia!

*Por toda sua vida desde que deixou de ser humano, o lobo e o humano em sua mente vivem em embate, mas desta vez, o instinto de sobrevivencia, aliada a sua furia somada a dor e a revolta de ter sido covardemente surpreendido fizeram a fera surgir.*

*Rowen levanta-se na teia, em seus olhos havia apenas o instinto selvagem.*

- RHAAAAAAAAAAAAAAAAAAAUURRRRRRRRR!!!!

*Solta um urro bestial para os céus e usa sua velocidade para chegar ao chão em um piscar de olhos. Quando era humano já era conhecido por ser anormalmente veloz, quando se tornou um lobisomem passou a ser tão rapido que os olhos não conseguiam acompanhar, simulando um teleporte.*

*Mas agora que a fera está no controle, está praticamente sumindo no ar, aparecendo na frente daquele com o arco, não sabe quem é e não liga, só age por seus instintos que mandam que crave suas garras no coração daquele que ficou em seu caminho*

Quantidade aleatória (1,20) :
14
(Força 16)

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 2:36 pm

OFF: XD soh pra constar. ele ta em berserk.

ja que eh pra ir na onda xD

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 4:04 pm

Reika não de que lado teria que ficar para proteger sua promessa, mas uma coisa ela sabe que essa guerra interna não os levariam a lugar algum... Após toda aquela cena de guerra ela fica um certo tempo paralisada, afinal será se valeria a pena entrar naquele confronto?
Sem pensar muito ela vai em direção a Hell, chegando nele apenas diz:
-Olha, não sei o que o quem está certo, mas acho que o que você está fazendo não está certo...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 22
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 6:07 pm

Apos pegar suas espadas e colocalas nos coldres, Jeke percebe o que Hell fizera, ele ja podia se considerar morto, atacando seus proprios aliados.Mas Jeke se lembrou de quantas vezes hell o havia destratado, mesmo quando Jeke estava lhe aconselhando, se nao fosse bones, o proprio jeke o teria matado ali e agora.porem Jeke se dirige ate Dark e Minos e lhes fala:
-ele fez uma escolha sem voltas, agora enfrentará seu destino, Bones e Rowen resolverao isso sozinhos, nao podemos nos meter...escolhas sao escolhas, e embora o tenhamos avizados, ele continuou impetuoso, entao nao podemos fazer nada...ele ataca os propios aliados e ajuda os inimigos, nao devemos nos intrometer, a menos que seja estritamente necessario -logo apos se dirige a bones e rowen-A decisao de voces podem afetar e muito o futuro de todos, pensem bem no que irao fazer.e pensem tabem no tempo que estamos perdendo TIC-TAC-TIC-TAC.Entao sejam Rapidos.-apos isso senta na areia,em posiçao de lotus saca suas adagas retrateis e espera o que ira acontecer.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 8:09 pm

Como de costume, Minos pouco dava atenção ao Elfo druida, suas palavras. Aquilo era um ataque declarado, queria muito interrogar o maldito elfo, a única forma de continuar vivo era se entregar. Quanto mais durava essa maldita guerra, mas as pessoas perdiam suas "humanidades", passavam a ser apenas puro instinto, sem espaço para Moral, e proposito, todos agora só sabiam uma linguagem... Sangue e mortes.

Não há honra em um mortes sem proposito, apenas pelo fato de mostrar seu próprio poderio, obliterar os fracos....

Talvez Ahoram não seja assim o vilão a que todos afamam, talvez ele tenha percebido qual a verdadeira origem do mal. Mas seja lá o que acontecia naquele lugar, Minos já sabia que não acompanharia aquele grupo. Era preciso agora seguir seu próprio caminho, algo dentro de si acabara de quebrar, sua fé em sua convicção agora estava abalada.

Por que continuar lutando quando se questiona até mesmo os motivos que o levam a isso... Seria tudo isso simplesmente a ganancia que cada um tem por poder? Seria essa sede a razão pela qual tentamos justificar mortes para nos mesmos?

O forte deve prevalecer e o fraco deve realmente ser aniquilado?

Minos agora era um leito de rio, seco apenas uma figura do que fora algum dia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 9:44 pm

Piorando.
Cada segundo as coisas iam piorando.

A menina se põe a frente de Hell, que estava cercado por ela, Jeke, o Anjo e Sky e Minos.


Spoiler:
 

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Hell Midori
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Qui Fev 03, 2011 11:51 pm

Hell olha para o minotauro.

-Meu arco já está abaixado,mas não vejo motivo pra me render.
Não lhe fiz nada.
Não sei o porque,mas quis deter o avanço daquelas duas criaturas e vou arcar com as consequências.


Citação :
-Olha, não sei o que o quem está certo, mas acho que o que você está fazendo não está certo...

Hell a olha com ternura.
Suas palavras foram sábias e diretas.
E isso o elfo apreciava.

-Tem razão,não deveria ter atirado.devia ter encontrado outro meio de para-los.
porém,o que está feito,está.
Posso ter errado,mas não quis feri-los mais do que o necessário.


Citação :
ele se dirige ate Dark e Minos e lhes fala:
-ele fez uma escolha sem voltas, agora enfrentará seu destino, Bones e Rowen resolverao isso sozinhos, nao podemos nos meter...escolhas sao escolhas, e embora o tenhamos avizados, ele continuou impetuoso, entao nao podemos fazer nada...ele ataca os propios aliados e ajuda os inimigos, nao devemos nos intrometer, a menos que seja estritamente necessario -logo apos se dirige a bones e rowen-A decisao de voces podem afetar e muito o futuro de todos, pensem bem no que irao fazer.e pensem tabem no tempo que estamos perdendo TIC-TAC-TIC-TAC.Entao sejam Rapidos.-apos isso senta na areia,em posiçao de lotus saca suas adagas retrateis e espera o que ira acontecer.

Hell observara aquele elfo.
Não o tinha afrontado de maneira proposital,apenas se irritara facilmente após a perda de sua cidade.
Se pudesse voltar no tempo,tentaria se conter e escolher outras palavras.
No entanto,isso ia além de seus poderes.
E ainda não via a necessidade de um pedido de desculpas,pelo simples motivo de que estava em combate.
Sim,pois mesmo se quizesse resolver tudo na conversa agora,já havia cruzado o limite.
Seu ataque gerara represalias e seria impossivel sair dali sem lutar.

-Verdade,iniciei uma luta.
Escolhi muito mal a maneira com que os ataquei,isso é certo.
Mas ao menos tenho sua atenção agora.
peço aos demais que simplesmente aguardem o desenrolar e depois conversaremos.
Saiam da frente para não se envolverem nisso.


As palavras de Hell parecem um presságio,uma vez que o lobisomem(agora sim Hell podia vê-lo claramente) furioso voa em cima do elfo.
Hell agora só podia fazer duas coisas.
Tentar defender os ataques que deveria receber e achar uma maneira de encerrar aquela disputa.
Sem mortes de preferência.
Hell começaria tentando ler as mentes ao seu redor para ter uma idéia do que fariam exatamente

Spoiler:
 

E não permitiria que outra pessoa recebesse um ataque dirigido a ele,não sem que ele interferisse.
Hell tenta levantar uma barreira de chamas a frente de jake.

Spoiler:
 

-Sei que os irritei e muito com meu ataque,mas acreditem ou não,só quis traze-los de volta para que pudessemos conversar sobre o rumo das coisas aqui.
Não era para feri-los tanto.
Se puderem,peço que me desculpem.

Hell tinha a impressão nitida de que isso não bastaria,mas diferente do outro elfo esse caso exigia o pedido de desculpas,pois mesmo que não fossem aceitas,seriam o primeiro passo para resolver a questão.
Hell se mantém atento,sobretudo para Bones que também poderia utilizar magia.
Sua intenção era conseguir algum argumento que pudesse para-los enquanto examinava suas mentes,até lá iria somente se defender.
Só se fosse ferido,ele voltaria a atacar.


Última edição por Hell Midori em Qui Fev 03, 2011 11:55 pm, editado 2 vez(es) (Razão : esqueci as rolagens)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
darkangel
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 197
Idade : 26
Localização : Himuro Mansion
Data de inscrição : 13/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 04, 2011 11:11 am

Reika aguarda a resposta de Hell, quando ouve alguém se dirigir a ela. Ela o olha e diz:
Não irei me meter em assuntos alheios...

Quando ouve a então a resposta de Hell, se afasta encontra um local entre as pedras e se senta aguardando irá acontecer...

________________________________________________
"The game started
No rules, no rules ... "
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://a-currentobsession.blogspot.com.br/
Ninja
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1150
Idade : 22
Localização : Na frente do Pc
Data de inscrição : 29/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 04, 2011 2:57 pm

Ao ouvir as palavras de Hell, Jack sorri, desculpas sao desculpas....
Porem Jack percebe Rowen se aproximando a toda bala em seu encauto, entao saca que alguem çla em cima o odeia muito, pois toda vez ele e o unico a se dar mal sem procurar, mesmo quando esta cuidado de sua vida ou nao tem nada a ver com o ocorrido, porem sempre sobra para ele...Bem , Ja chega!
Jack conjura o teleporte, e se teleporta para tras de todo o tumulto, estava bravo, melhor dizendo, estava com odio, seus olhos estavam mais vermelhos que o normal, a raiva fluia em seu sangue, nao aguentava mais aquilo, ser o unico a levar a surra, sozinho, assim foi contra os elfos, quando lutou contra a arvore gigante, contra os orc's, que embora estivesse com seus aliados, ele foi um dos poucos do grupo a se ferir tanto...Odio...Odio...O-D-I-O, Jack coloca seu capuz, e cerra os punhos,A raiva que sentia naquele momento, perdia apenas para quando viu seus pais semi-mortos no chao, e quando aceitou nao vinga-los...
a vida nao era justa, Jack esta de costas para todos, com o capuz na cabeça e os punhos cerrados,tentando se controlar para nao se virar e matar o lobisomem e qualquer outro que venha pela frente.
''Eu nao posso perder o controle, , a vida e assim, a vida e assim...''

-Eu...Ja...Volto...Vou...Dar...Uma Volta...

Jack nao ligava para se estava acontecendo uma guerra ou uma passeata de paz, ele tinha que sair dali para nao ficar puto demais e estragar tudo...

*Usando visao de aguia ele tenta achar algum bicho pela praia, algo que ele pudesse controlar, talvez aquilo o acalmasse.

________________________________________________
Kung Lao, Jogador de Chapelão

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://italicox.blogspot.com.br/
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 04, 2011 3:47 pm

*Rowen corre como um touro enfurecido, sua velocidade tanta que praticamente sumiu no ar do ponto de vista dos outros, o primeiro a sua frente levou o golpe, não sabia quem era e no momento não ligava. Quando estava pronto para mais um ataque aquele que acertou e a vampira saem o que só lhe deixa com o minotauro e o elfo por perto sendo o elfo admitindo que foi ele quem atirou em Rowen.*

*No mesmo segundo, cego pela fera, Rowen tenta rasgar o peito do elfo com suas garras, em seus olhos havia apenas a morte e em sua mente apenas uma neblina de instinto assassino*

Quantidade aleatória (1,20) :
5
(Força 16)

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sex Fev 04, 2011 6:29 pm

Estava ciente de tudo o que acontecia a sua volta, tudo mesmo. Percebia o ataque desgovernado de rowen enfurecido, Minus tentando resolver a situação diplomaticamente, a vampira sorrindo em um momento nada oportuno, o druida sumindo e tentando sair da situação...

O grande diferencial é que não queria saber de nada daquilo. Daqui poucas decadas muito provavelemnte todos ali estariam mortos, todos menos Bones... Não fazia diferença em intervir pela vida de seres como uma vela se apagariam a qualquer instante... Assim como Rey e como quase aconteceu com Minus...

Andou o caminho sem pressa nenhuma, simplesmente caminhou arrastando sua foice. Quando finalmente se aproximou do elfo, parou. Ficou a 2 palmos de distancia dele, sem assumir nenhuma postura, estava simplesmente de pé, parado em frente dele. Não importava se o elfo tentasse se distanciar, ele simplesmente seguiria e pararia em sua frente.

Seu capuz e as sombras a seu redor simplesmente tornam impossivel ver qualquer traço de Thanathus por baixo daquele manto. Uma figura negra de pura trevas estava ali, parado, o elfo sentia como se estisvesse o olhando de cima abaixo, examinando-o, embora não pudesse ter certeza daquilo. Parecia a propria morte parada a sua frente, vindo para buscar sua alma.

Não disse uma palavra se quer. Os segundos passavam como se fossem uma eternidade. O que Bones pensava ? O que ele tentaria ? Simplesmente era impossivel advinhar isso simplesmente vendo sua imagem. Em sua mente, Bones via e revia inumeras formas de morte e tortura, humilhações, dores, sofrimento. Em sua vida como necromante e principalmente como Lich, havia aprendido praticamente tudo sobre o lado negro de qualquer criatura. Egoistas, passionais, mesquinhos, ganaciosos, safados, ladrões, perturbados... Insetos.

Todos não passavam de insetos... O general de arohan que ele havia matado estava certo... Criaturas como aquelas que se interessão mais com dor e sofrimento mutuo, nao importando a situação coletiva, eles não mereciam serem salvos...

E o elfo, a sua frente, não passava de apenas mais um deles... Mais um inseto, que a qualquer instante começa a atacar quem é diferente. A qualquer instante começa a perceguir e humilhar qualquer um que fuja de sua fragil "normalidade"... E principalmente, era mais um que tentou mata-lo. Mesmo protegido pela magia, o elfo foi capaz de feri-lo. Demorou decadas, mas havia visto seu sangue novamente e justamente por quem deveria ser um "aliado"...

Aliado ? Não, não havia mais espaço para isso. Pelo menos não para Bones. A guerra não era sua. Os interesses não ram seus. As vidas que seriam salvas não mereciam seu sacrificio. Seu sonho na caverna havia errado. Não iria seguir aquele caminho. Seguiria seu proprio, como havia feito ate antes de se meter naquela situação. Novamente seria apenas um silencioso observador, curioso sobre o que acontece no mundo, alguem com uma infinita "fome" por conhecimento.

Mas antes disso, a sua frente, havia o elfo. O maldito elfo. Inimigo, traidor ou burro. Não importava. O que importava eram os fatos e a situação demandava uma ação...

Sem dizer nada, sem soltar nenhum grito ou som, Bones age com um movimento de explosão , como se uma cobra desse o bote, atacando o elfo com sua foice, mirando no braço esquerdo dele. Foi um golpe seco, sem firulas ou rodopios. De baixo para cima, ja que sua lâmina estava em contato com o chão, Bones praticamente so precisou girar seu pulso direito que a segurava apoiando o cabo no antebraço para dar força ao golpe, fazendo um corte reto na vertical. Mas não foi um ataque para mata-lo pois não mirou no corpo... Foi para arrancar-lhe o braço, na altura do ombro...

TESTE PARA ACERTAR O BRAÇO ESQUERDO
Quantidade aleatória (1,20) :
14
Habilidade 14 = 1 a 12

TESTE DE ATAQUE (caso acerte)
Quantidade aleatória (1,20) :
9
+força 9
+ ESPECIAL: "Foice do Ceifador": trevas no dano (arma mágica)(inteligencia 19) e da direito a Vorpal se ferir bem o adversário
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Hell Midori
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Sab Fev 05, 2011 10:15 am

Dessa vez os dois quase inimigos o atacariam com toda a força.
Hell não teria tempo para evitar os golpes apenas esquivando.
As criaturas eram muito rápidas.
Então como ainda não tinha obtido nada de suas mentes,nada além de seus pensamentos raivosos...
só pode fazer algo que raramente fazia...
combinar suas habilidades.
usava sua telecinese para atrasar os dois ataques e saltava para trás enquanto conjurava novamente o muro flamejante.
a situação estava feia.e ele não pode pensar em nada de útil.
-Por favor,chega disso.Sei que agi errado,mas assim não vamos resolver nada.
Evidente que não seria ouvido,mas ainda assim tentaria.

Spoiler:
 

Spoiler:
 

Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 06, 2011 11:13 am

Muita confusão.
Hell tentou ler a mente dos dois oponentes, do com manto negro, nada viui, além de si mesmo queimando.
No lobisomem, viu a si, sendo dilacerado e mordido como uma caça.

A Vampira deixa a confusão de lado, mas estava em posição perigosa.
O Lobisomem é mais rápido do que o Teleporte de Jeke.
Nem mesmo a cinese de Hell impediu o pulo astuto do Lobisomem, que dilacera as costas do Druida. Com garras da frente e de trás, ele rasga a carne do Elfo. E o ataque não parecia parar.

Minus vê a cena pasmo, com a ferocidade do Lobisomem, que havia conhecido a poucas noites.

O sangue de Jeke espirrava na cara de Sky e de Riokay.
Para piorar ainda mais a situação, Bones ataca Hell, que consegue esquivar de seus golpes.

Bones atacava o Elfo, ignorando se haviam outros envolta, como Riokay e a vampira, que Minos e os outros apenas viam como uma menina.

A confusão se espalhava de uma forma, que o quieto Sky sente o sangue de Jeke pingar em sua pele.....aquele sangue quente já ficou longe demais da boca de Sky.
O vampiro avança junto do Lobisomem e começa a chupar Jeke.

Spoiler:
 

O anjo começa a berrar para que parem a briga.
- PAREM COM ISSO.....MAS O QUE ESTÁ HAVENDO AQUI.....

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050


Última edição por Kleiner em Dom Fev 06, 2011 11:15 am, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Hell Midori
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 117
Data de inscrição : 30/01/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 06, 2011 12:14 pm

Hell percebe que não havia mais volta depois daqueles ataques.
Jeke,o outro elfo fora morto.
Se antes de vislumbrar a mente dos dois ainda havia a esperança de tentar acabar com o combate,
a visão de sua própria morte acabava com essa esperança.
E a morte do elfo era um outro ponto a pensar.
-Desculpem por isso.mas agora é tarde pra isso,né?
O arco brilha e a expressão de Hell muda completamente,o elfo agora não está apenas sério mas também parece um tanto irritado.
Hell puxa onde deveria estar a corda e o relâmpago aparece imediatamente.
Hell o atira contra Bones.
Em uma rapida sucessão Hell repete o movimento atirando contra o lobisomem.
Não tinha intenção de mata-los,mas esperava que a eletricidade pudesse incapacita-los.
Agora mesmo involuntariamente se sentia um assassino,pois suas ações resultaram na morte de uma pessoa.
Realmente deveria ter pensado melhor antes de disparar as primeiras flechas.

Destreza para acertar.
Bones:
Quantidade aleatória (1,20) :
4
Rowen:
Quantidade aleatória (1,20) :
9

Ataque(+20 de destreza)
Bones:
Quantidade aleatória (1,20) :
7
Rowen:
Quantidade aleatória (1,20) :
15




Última edição por Hell Midori em Dom Fev 06, 2011 12:14 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
DEATH
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1017
Data de inscrição : 15/11/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Dom Fev 06, 2011 12:52 pm


Ao ouvir o anjo falar, Bones finalmente quebrou o silencio, falando com uma voz que mais lembrava a da caveira do que dele próprio. Falou alto, para que todos pudessem ouvi-lo, no entando, sem tirar os olhos do elfo ja que uma luta estava sendo travada.

Esta é a verdadeira natureza do mal. Arohan possui um exercito infinito pois TODOS são malignos e ele a todos controla por conta de nossos medos. Essa situação prova o que digo...

Num sentido um tanto distorcido da palavra, Bones era capaz de ser o mais são ali, naquela confusão que crescia. De todos ali, ele possuia motivos para lutar, fazia apenas contra seu alvo e por que QUERIA. Não estava fora de controle ou se metendo em brigas dos outros. Fora atacado covardemente e queria reparação.

Em quase toda sua totalidade ele misturava sua historia pessoal com o fato ocorrido, mas pra ele, aquela praia seria o fim de tudo. Não iria mais com aquele grupo em busca de um grupo arrogante de guerreiros que provavelmente so por ve-los atacariam o grupo. Não, iria se afastar, seguir outro rumo, seu proprio rumo e isso ainda estava longe de ficar claro em sua mente qual seria. Mas ali, naquele momento, a unica coisa clara era que queria a toda forma pegar o maldito traidor.

Sentiu que seus movimentos estavam mais lentos, o elfo deveria ter feito algo, uma vez que o viu levantar aquela barreira de fogo. "Ingenuo" foi o que pensou. O elfo em muito o subestimava. Como necromante, ele não precisava levantar 1 dedo para acabar com alguem. Para isso ele tinha seus "irmãos". Conjurou sua magia de
Sombra Solida para se defender, mas novamente para sua surpresa, estava conseguindo conjura-la tão facil que foi capaz de aumentar ainda mais a força do feitiço, lançando juntamente sua magia tropas da morte, falando na lingua dos mortos.

Ataquem o elfo arqueiro, irmãos, mas não o matem ! Ele pagará por seus crimes.

Enquanto isso, ele proprio permanecia parado, na mesma pose de antes, mas secretamente acumulando mais sombras criadas graças ao proprio fogo fornecido pelo elfo. "Onde há luz, ha tambem sombras... E eu as controlo como parte de minha existencia..." pensou, acumulando as sombras para fortalecer seu manto, preparando assim uma defesa como tantas outras que havia feito antes.

--------------------------------------------------------------------------

{OFF: lançou as 2 magias e com a HE ele ta ficando na defensiva. A magia dos mortos ele vai filtrar pra 10 mortos nivel 2, com poder definido pelo roll. Tipo, deu 20 no rolll, são 10 esqueletos blindados bombados... deu 3 no roll, são 10 zumbis retardados carregadores de bagagem que fogem de mim ( eu ainda me lembro... - -") hehehehhe }

-Teste da magia "Tropas da Morte: 2d20 de Mortos Vivos nível 2" (tem corpos na praia da confusão com a multidão, preciso rolar pra saber se consigo ou nao conjurar ? Tem como evitar de pegar o corpo do Jeke? por consideração...)
Quantidade aleatória (1,20) :
19
Quantidade aleatória (1,20) :
4

-Teste de DEFESA com a HE e Magia
MAGIA SOMBRA SOLIDA
Quantidade aleatória (1,20) :
13
+19 de inteligencia

HE
Quantidade aleatória (1,20) :
11
+19 de inteligencia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Elessar III
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 554
Data de inscrição : 03/12/2010

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Seg Fev 07, 2011 8:51 pm

tudo acontecia muito rápido, o que em um instante parecia uma trégua entre tantas batalhas, agora se mostrava uma carnificina. Aqueles sere estranhos estavam atacando seus antigos aliados, Minos podia sentir o cheiro do lobo fedido, sabia que ele seria problema. Por menos atenção que desse ao druida, ele ainda era um elfo de valor, e não merecia tudo aquilo.

Saiam de cima dele seus abutres malditos..

Minos correu em socorro do druida que estava sendo dilacerado nem defesa alguma contra adversários mais poderosos que ele

Saiam de cima dele....

*Minos agora urrou com sua poderosa voz, usando seu martelo em apenas uma de suas mão, o girou com toda força até que este batesse ao chão com uma força enorme. O minotauro agora conjurava lanças sem pontas, a fim de acertarem tanto Sky quanto ao lobo do druida, esperava que isso pudesse salva-lo de um fim terrível. *

Spoiler:
 


Última edição por Kleiner em Seg Fev 07, 2011 9:52 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Angelus
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 199
Data de inscrição : 01/02/2011

MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   Ter Fev 08, 2011 1:07 pm

Felizmente Minos havia se recuperado do afogamento para felicidade do caído que se sentia mais aliviado ao perceber que seu amigo estava bem e tudo graças ao elfo druida ,desta vez ele havia supreendido ,subitamente o recém-chegado elfo ataca dois dos antigos aliados ,enquanto Ryokai fica simplesmente sem entender o motivo de tal ação e grita na hora :

- O QUE PENSA QUE ESTÁ FAZENDO HELL...SOMOS ALIADOS ? OU NÃO ?


O monge caído tinha preferência para a postura de paz ,preferia argumentar ao invés de incentivar uma luta ,quando então o necromante resolve revidar e com ele a estranha criatura hibrida lupina entrar em um estado de frenesi descontrolado ,atacando Jack nas costas ,fazendo com que Ryokai apenas se afastasse da confusão enquanto jatos de sangue são respingados em seu rosto .
Minos resolve intervir na batalha que estava acontecendo entre membros que tinham o mesmo objetivo ,destruir Arohan ,era necessário terminar aquela....

- JÁ CHEGA DE LUTA...SOMOS TODOS IRMÃOS EM BATALHA PAREM ....PAREM AGORA......


O anjo falava enquanto tentava se manter distante das garras do lobisomem ele resolve gritar para fera.

- ACORDE ROWEN...ACORDE

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: À Procura dos Guardiões   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
À Procura dos Guardiões
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 5Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Brasil] Esquadrão Guardião
» [Brasil] Polícia procura homem que tentou roubar avião em Campo Grande (MS)
» Prototype 2 você enfrenta New York em chamas.
» Naughty Dog procura designer de coperativo
» À procura de bibliografia

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Arquivo Morto :: JOGOS :: Sob o Domínio das Trevas - O Capitulo Final :: Heróis-
Ir para: