Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Ficha dos Personagens

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Ficha dos Personagens   Sab Jan 08, 2011 11:48 pm

Nome: Sauren
Raça: Turian
Conceito: Mercenario Badass
Virtude: Fortaleza
Vicio: Ganancia
Experiencia: 32
Gastos em: 3 (Especializaçao Hackear), 4 (Warp 2), 2 (Puxar 1), 4 (Puxar 2), 4 (Arremessar 2), 6 (Warp 3), 2 (Singularity 1), 4 (Singularity 2), 2 (Camuflagem 1) = 31
Pontos não gastos: 1

Atributos.(5/4/3)

Fisicos.

Força: 2
Destreza: 3
Vigor: 2

Mentais.

Inteligencia: 2
Raciocinio: 3
Perseverança: 3

Sociais.

Presença: 2
Manipulação: 2
Autocontrole: 2

Tamanho: 5
Defesa: 3
Iniciativa: 5
Deslocamento: 10
Blindagem: 3/4 (2/3 da armadura + 1/1 do exoesqueleto turian)
Percepção: 5


Vitalidade: 7
Escudo: 4
Barreira: (Vide Poderes Biotics).


Habilidades.(11/7/4) (+3 Especializações).

Mentais.

Ciências: 1
Erudição:
Informática: 2 (esp: Hackear)
Investigação: 2
Medicina: 1
Ocultismo:
Ofícios:
Politica: 1

Fisicos.

Armamento: 1
Armas de Fogo: 5 (esp: sniper)
Briga:
Condução: 1
Dissimulação: 3 (esp: deslocamento no escuro)
Esportes:
Furto:
Sobrevivencia: 1

Sociais.

Astúcia:
Empatia:
Expressão:
Intimidação: 1
Manha: 2 (esp: informações)
Persuasão: 1
Socialização:
Trato com Animais:

Qualidades.

Implante Biotic (2)
Arremessar (2)
Puxar (2)
Warp: (3)
Singularity: (2)
Camuflagem: (1)
Recursos (2)
Fama (1)

Defeitos

Racista (humanos)

Força de Vontade: 5

Equipamento.

Uma pistola
Um rifle
Exo-esqueleto e armadura média para turians
Omni tool

História.

Filho único de um oficial de de campo, Saren cresceu como um turian normal, frequentando a academia e aprendendo diversos conhecimentos uteis para o campo de batalha e sobre sua sociedade e sobre o conselho. Recebeu um implante devido a uma afinidade que ja haviam detectado, mas ainda era algo muito latente nele, demoraria tempo até que começasse a desenvolve-la adequadamente. Tudo ia bem até que seu pai foi morto em uma emboscada feita por mercenarios humanos.
Faltavam ainda dois anos para que se tornasse um adulto, mas mesmo assim conseguiu fugir de casa e seguir os passos deles. Demorou para achar o rasto, mas quando conseguiu, começou a se aproximar cada vez mais do grupo, ate que, quando se deu conta, estava trabalhando pra eles. Durante todo esse tempo, mais de 6 anos, um odio foi alimentado e crescendo conforme convivia com eles, passando cada vez mais a odia-los.
Até que um dia sua vingança teve efeito quando o grupo mudava de base. Demorou, mas conseguiu planejar uma sequencia de panes e problemas em 2 das naves deles, matando assim cerca de 75% do grupo. Ele estava na nave restante usando um traje quando despressurisou-a, mas um pequeno grupo conseguiu sobreviver e acabou havendo um conflito. No final, estava ferido, com algumas costelas quebradas e um tiro no ombro, mas estava encima do desgraçado que havia matado seu pai.
Mas ele não o matou... Fez coisa pior. Sabia que aquele grupo andava alimentando diversas inimizades e não seria dificil encontrar alguem interessado em sua cabeça. Tendo pilhado a nave e conseguido alguns equipamentos e um rifle em otimo estado ( era usado apenas pelo "chefe" ), conseguiu programar o piloto automatico das duas naves restantes seguirem a menor (mais facil de comandar com apenas uma pessoa e tinha armamento rasoavel), levando o tal homem até a orbita de um conhecido terriorio mercenario.
De la, começou um pequeno "leilão" pela cabeça do homem e das naves, sem que um comprador soubesse do outro... Terminou com uma boa proposta: permaneceria com aquela nave para si e poderia escolher entre sair vivo dali ou trabalhar para eles. Pensou pouco a respeito e acabou concordando com a oferta de trabalho. Não sentia mais nenhuma necessidade de voltar para casa. Quando fechou o negocio, acabou sendo pego pelo grupo, não o que venceu, mas outro que estava roubando-os.
Sofreu algumas torturas e acabou sendo interrogado por um Krogan mal encarado, perguntando sobre como havia conseguido aquilo ( não acreditava que apenas 1 turian tinha feito tudo aquilo ). Detalhadamente Saren explicou passo a passo o que havia feito. Ao final do interrogatorio, havia conseguido o respeito daquele Kugran por ter se mostrado um otimo guerreiro e ele queria mais guerreiros como ele. Para sua surpresa, aquele era o lider de uma das facções e era temido em praticamente toda Omega e varios lugares fora de la.
A partir de então, começou a fazer os serviços para ele e alguns de fora com a aprovação dele, afinal, não gostaria de se meter nos negocios de seu chefe sem mais nem menos. Não usava nenhum uniforme ou emblema, para todos os efeitos, ele era um freelancer numa terra sem lei lutando para sobreviver...

Imagem:
http://img26.imageshack.us/img26/5999/saren.png


Última edição por Bidy em Qui Dez 06, 2012 11:27 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Ter Jan 11, 2011 7:14 pm

Nome:Dacrius
Raça:Turian
Conceito: Agente Spectre.
Virtude:Justiça
Vicio:Ira
Experiencia total: 30
Experiencia: 6 (background) + 9 (Operação Pharos) + 15 (2a cronica).
Gasto em: 6 (Pistoleiro) + 2 (Warp 1) + 4 (Warp 2) + 6 (Warp 3) + 4 (Arremessar 2) + 2 (Puxar 1) + 4 (Puxar 2) + 2 (Singularity)

Atributos.(5/4/3)

Fisicos.-5

Força: 3
Destreza: 3
Vigor: 2

Mentais.-3

Inteligencia:2
Raciocinio: 2
Perseverança: 2

Sociais.-4

Presença: 2
Manipulação: 3
Autocontrole: 2

Tamanho: 5
Defesa:2
Iniciativa:5
Deslocamento:11
Blindagem:
Percepção:4


Vitalidade:7
Escudo:
Barreira:


Habilidades.

Mentais.-4

Ciências:
Erudição:
Informática:1
Investigação:1
Medicina:1
Ocultismo:
Ofícios:1
Politica:

Fisicos.-11

Armamento:2
Armas de Fogo:3(Especialização em Pistolas)
Briga:2
Condução:1
Dissimulação:1
Esportes:1
Furto:
Sobrevivencia:1

Sociais.-7

Astúcia:
Empatia:
Expressão:2
Intimidação:2(Especialização em Ameaças)
Manha:
Persuasão:3(Especialização em Discursos Motivacionais)
Socialização:
Trato com Animais:

Qualidades

Status 5 (Spectre)
Saque rapido 1
Implante Biotic 2
Arremesar(biotic)2
Warp: 3
Puxar: 2
Singularity: 1
Pistoleiro 3


Defeitos

Racista(humanos)

Força de Vontade:4

Equipamento.

Armadura Média.
2 x Pistolas Pesadas
Omni Tool

História:Darius é a 5º geração de sua familia a servir o exercito turian,ja é uma tradição em sua familia ocupar cargos no exercito Turian,mas essa tradição não consistia apenas em ocupar cargos militares,consistia tambem em destaca-los em seus respectivos cargos.Todos de sua familia tem o nome relacionado a heróis da sociedade Turian, pois a honra Turian reina nessa familia.Um dos seus antepassados teve participação nas rebeliões Kograns, e foi esse antepassado quem lançou a Genophage.
Seu pai também teve um cargo importante na história, participou da guerra do primeiro contato, tendo muito sucesso e sendo um dos destaques da guerra, mas infelizmente foi morto, causando assim um ódio eterno de Darius pelos humanos..
Darius teve uma infancia e uma adolecencia muito dedicada ao militarismo, desde pequeno ja frequentava os quartéis e ajudava em alguma coisa, quando menino ja frequentava academias e ja sabia atirar,era um menino muito avançado para sua idade, tanto fisicamente como militarmente falando.
Mesmo com a morte de seu pai, Darius era sempre aceito nos quartéis, mesmo não tendo idade suficiente para entrar la, tinha muita influencia e respeito, quando se formou, ja conseguiu cargos relativamentes altos para sua idade, pois seus anos de treinamento intensivo o fez destacar em meio a outros jovens turians, mas apesar de seu cargo relativamente alto, sempre fez missões no perímetro de Palaven(seu planeta natal), pois sempre tinha que estar ajudando sua mãe, que morava sozinha pelo fato de ser viúva. Depois de algum tempo, sua imagem ja era reconhecida, por missões excepicionalmente bem feitas, e a pressão sobre ele aumentava para que abrangisse sua habilidade em outros lugares mais distantes para expandir o território Turan.Resistindo as tentações de novas missões mais distantes, Darius permanece em Palaven, pois havia prometido a sua mãe que não a deixaria sozinha, e Darius tinha uma tradição de não quebrar promessas..
Mais um ano se passou, e sua mãe adoeceu ao comer algo feito para outra espécie, e consequentemente, morrendo.Abatido com a morte de sua mãe, Darius não ve mais motivo para permanecer em seu planeta natal, e aceita os pedidos de seu coronel a abrangir territórios Turians, sendo então promovido a colonizador oficial, virando comandante de uma nave, viajando pela galáxia em busca de planetas desabitados e participandos de guerras de pacificamento, ganhou mais reconhecimento ainda quando descobriu um território que continha uma grande fonte de recursos que a sociedade Turian necessitava, se tornando uma referencia a todos os colonizadores Turians, e um respeitado comandante.

Imagem:
http://img703.imageshack.us/i/masseffecte.jpg/


Última edição por Bidy em Qua Maio 15, 2013 6:12 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Qui Ago 18, 2011 2:03 pm

Nome: Christopher "Cyrax"
Raça: Humano
Conceito: Anarquista
Virtude: Justiça
Vicio: Ira
Experiencia:

Atributos.(5/4/3)

Fisicos.

Força: 1+2
Destreza: 1+2
Vigor: 1+1

Mentais.

Inteligencia: 1+1
Raciocinio: 1+1
Perseverança: 1+1

Sociais.

Presença: 1+1
Manipulação: 1+1
Autocontrole: 1+2

Tamanho: 5
Defesa: 2
Iniciativa:6
Deslocamento: 11
Blindagem: (Vide armadura).
Percepção:5


Vitalidade:7
Escudo: (Vide armaduras)
Barreira: (Apenas se comprar o poder Biotic. Barreira.).


Habilidades.(11/7/4) (+3 Especializações).


Mentais.

Ciências:
Erudição:1
Informática:
Investigação:
Medicina: 2
Ocultismo:
Ofícios:1
Politica: 3

Fisicos.

Armamento:2
Armas de Fogo:3
Briga:3
Condução:1
Dissimulação:
Esportes:
Furto:
Sobrevivencia:2

Sociais.

Astúcia:
Empatia:1
Expressão:
Intimidação:1
Manha:
Persuasão:
Socialização:2
Trato com Animais:

Qualidades.

-Implante Biotic. (2 pontos)
-Barreira. (1)
-Warp (1)
-Ambidestria (3)



Força de Vontade:5

Equipamento.


História

-2080: As Corporações Pfizer (Farmaceutica) e IBM (Tecnológica) , com a permissão do Governo Brasileiro, secretamente inicia uma operação no Amazonas.

-2081: É descoberto na imensidão da floresta, tecnologia alienígena. As Corporações começam a trabalhar em cima disso secretamente. Os Governo Brasileiro e Norte-Americano estão envolvidos.

-2090: Início da Operação Invictus.

-2132: Operação cancelada. Milhares de mortos.

-2133: Christopher nasce, sua mãe é assassinada. Ele é levado pela CIA que o coloca em um programa secreto para treinamento de super-soldados: Operação Magnus. Governos, Corporações e Militares realizam queima de arquivo de testemunhas.

-2150: Christopher cresceu nas instalações mantidas pelo governo americano e corporações envolvidas. Ele e outros recebem implantes Biotics para testes. Seu codinome é Cyrax.

-2153: Aos 20 anos, descobre documentos que indicam o assassinato da sua mãe pelo serviço secreto, além de experiencias realizadas nela e em outras mães em um campo de concentração brasileiro no Amazonas, na Operação Invictus. Ele foge das instalações, e explode o local

-2154: Torna-se fugitivo. O Governo chinês tenta convencê-lo a trabalhar para ele, mas Cyrax rejeita. Torna-se alvo da "Aliança", antiga ONU.

-2158: É contatado por uma organização alienígena, enquanto está em Cairo, no Egito. Essa organização se aproxima do ideal anarquista dos humanos. Possui membros de diversas raças, e é considerada criminosa pelo Conselho. Ela defende os ideais de liberdade, igualdade e justiça. Suas ações não se limitam as regiões controladas pelo Conselho, combatendo a opressão e tirania por toda a parte. É a Federação.

-2160: Cyrax parte para uma missão para uma missão nos Sistemas Terminus, para ajudar a resistência na derrubada de um ditador, que a Federação suspeita ser financiado por membros do Conselho.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Tihak
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 547
Idade : 28
Data de inscrição : 06/11/2012

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Dom Dez 02, 2012 11:20 pm

Nome: Urdnot Skundar
Raça: Krogan
Conceito: Cientista Krogan
Virtude: Fortaleza
Vicio: Orgulho
Experiencia: 15 (Background) + 12 (Termino da cronica Bons Negocios) + 20 (2a cronica) + 35 (3a cronica) = 82
Pontos Gastos: 4 (Barreira),  2 (Investida Biotic 1), 4 (Investida Biotic 2), 2 (Drenar Energia 1), 4 (Drenar Energia 2), 4 (Sobrecarga 2), 6 (Sobrecarga 3) + 6 (Explosão Biotic) + 9 (Armas de Fogo 3) + 2 (Warp 1) + 2 (Camuflagem 1) + 2 (Tech Armor 1), 12 (Armas de fogo 4), 6 (Barreira 3), 4 (Warp 2), 6 (Warp 3), 4 (Tech Armor 2)
Experiencia Não Gasta: 3


Força: 4
Destreza: 2
Vigor: 4

Mentais.

Inteligencia: 3
Raciocinio: 2
Perseverança: 2

Sociais.

Presença: 2
Manipulação: 1
Autocontrole: 3

Tamanho: 5
Defesa: 2
Iniciativa:5
Deslocamento: 11
Blindagem: (Vide armadura).
Percepção:5


Vitalidade:9
Escudo: (Vide armaduras)
Barreira:


Mentais.

Ciências: 3
Erudição:
+Informática: 3
Investigação:
Medicina:
Ocultismo:
+Ofícios: 4
Politica:

Fisicos.
3
Armamento:
Armas de Fogo: 4
+Briga: 4 (cabeçada)
Condução: 1
Dissimulação:
Esportes:
Furto:
Sobrevivencia:

Sociais.

Astúcia: 2
Empatia:
Expressão:
Intimidação: 2
Manha:
Persuasão:
Socialização:
Trato com Animais:

Qualidades

-Memória eidética
-Saque Rápido
-Implantes bióticos
-Barreira: 3
-Sobrecarga: 3
- Investida Biotic: 2
- Drenar Energia: 2
- Warp: 3.
- Tech Armor: 2.
- Camuflagem: 1.
- Explosão Biotic.


Defeitos:

Força de Vontade: 5

Equipamento.

- Shotgun Graal Spike Thrower.
-Shotgun + Tiro Flamejante.
-Pistola pesada
-Armadura média Krogan (Na oficina)
- Armadura pesada krogan. (Em uso)
-Omni tool
-Vestimentas para Krogan
-Kit de mecânica
- Aparelho Knesis (Ainda precisa de adaptação)
- Rivet Gun (Equipamento de mineração)
- "Quebra pedras" (Equipamento de mineração)
- Lança Foguetes.
- Mako.
- Omni Blade.
- Power glove.
- Modulo de Hacker.
- Amplificador Biotic.


História.

Urdnot Skundar

Infância:
Nasceu no clã dos Urdnot. Por causa da genophage, teve uma infância bem solitária, com poucos krogans de idade próxima com que pudesse interagir. O início de sua vida foi difícil: os recursos naturais eram excassos, Skundar passou fome, viu outros krogans a quem havia se apegado morrerem por causa dos predadores, das guerras ou dos recursos. Aprendeu a ter medo: dos predadores, dos outros clãs, dos próprios conterrâneos.
Assim como a maioria dos krogans, começou seu treinamento militar muito cedo, mas não se saia muito bem: embora entendesse os conceitos e idéias por trás das práticas que estava aprendendo, parecia começar a se entediar muito rápido com tudo aquilo. Tinha pouco interesse em repetir exercícios e treinamentos que ja havia feito, mas mostrou um interesse muito grande no equipamento usado para as guerras: armas, armaduras, etc.

Juventude:
Por causa de seu interesse em equipamentos, Skundar acabou abandonando a carreira de guerreiro e conseguiu um trabalho como ajudante na oficina do clã. Ali, os poucos krogans que se dedicavam a mecânica trabalhavam para consertar os tanques do clã, os sistemas de abastecimento de suprimentas, armas, todo tipo de coisa mecânica e eletrônica possível, embora sempre trabalhassem com material velho e deteriorado.
Skundar logo ganhou fama de aprender muito rápido. Logo, ja era um dos aprendizes favoritos dos mecânicos do local, e aos poucos, ja confiavam nele para fazer um ou outro reparo por sí só. Como passa tempo, Skundar desenvolveu outros hobbies: gostava de construir bugigangas: simples aparatos que as vezes não tinham função alguma, e que podiam ser construídos com as sobras das sobras das sobras, naquele lugar onde todo recurso era tão escasso.

Adolescencia:
O trabalho leve e temporário que Skundar tinha na oficina logo se tornou seu trabalho em tempo integral. Novamente, o krogan sentia-se insatisfeito em repetir as mesmas coisas, sem nunca mudar. Embora gostasse da tecnologia, aquelas peças e sistemas limitados deles eram muito cansativos, sempre iguais, sempre funcionando mal.
As coisas mudaram quando Skundar conseguiu seu primeiro Omni-tool. Após conseguir uma conexão com a extra-net, Skundar pode descobrir o universo. Ja havia visto imagens e ouvido histórias dos mundos fora de Tutchanka, mas com um Omni-tool só seu, agora podia explorar esse conhecimento por conta própria. Ele passou a devorar texto após texto, história após história, em seus momentos livres, desviava sua atenção das ruínas que eram seu lar para as fotos dos lugares fantásticos que existissem la, tão alto, acíma dos céus...

Pré-maturidade:
Após absorver muito conhecimento de suas pesquisas, o jovem krogan olhava o mundo ao seu redor com outros olhos.
Havia percebido que era diferente dos outros krogans. Podia ver como os padrões que eram tão claros para ele, pareciam totalmente obscuros e alienígenas para os demais. Skundar não queria apenas crescer e se tornar mais um mercenário qualquer, ou um mecânico que apenas servia para garantir uma subsistência. Estava determinado a correr atrás daquelas coisas que os krogans haviam abandonado a muito tempo: a busca por algo melhor.
Decidido que tinha que sair do planeta, começou a correr atrás das coisas que precisava. Sabendo que sua vida pela frente talvez fosse muito mais badalada do que apenas um mecânico, ele retomou seus treinamentos militares, mesclando o treinamento krogan convencional com idéias e práticas que encontrou em suas pesquisas: enquanto os krogans o ensinavam como bater mais forte e atirar mais preciso, ele corria atrás de treinamentos especiais que podia usar para desenvolver seu corpo, e técnicas para melhorar suas armas e equipamentos.
Ele pórem, não se preparava apenas para batalhas no distante futuro: seu rito de passagem para a idade adulta havia chegado. Ele deveria sobreviver ao combate com horas de inimigos para provar que era um adulto digno de viver no clã Urdnot.
A única ajuda que Skundar recebeu de seu clã foi uma armadura e algumas armas, e logo ele estava la, de pé no meio do campo de batalha, enquanto o martelo gigante batia para chamar todas as hordas inimigas para virem enfrentá-lo. Skundar estava preparado: havia usado suas habilidades para otimizar as armas e a armadura que haviam sido fornecidas a ele. Utilizando bombas improvisadas, sensores construídos por ele mesmo e outros aparatos, Skundar montou o campo de batalha para funcionar a seu favor, e quando os inimigos apareceram, lutou com toda a ferocidade e agressividade de um verdadeiro guerreiro Urdnot!
Quando, no final do dia, a equipe de busca chegou ao campo de batalha, encontraram o mais novo adulto do clã ferido e cansado, sentado sobre um dos corpos de seus inimigos em um campo de batalha rodeado por pedaços e tripas por todo lado.

Vida adulta:
Após se consagrar um Urdnot de verdade, Skundar decidiu que era finalmente a hora de partir de sua casa, desbravar o universo, encontrar seus tesouros e traze-los devolta a Tutchanka. Porém, logo deu de cara com mais um obstáculo: a dificuldade de sair do planeta.
Os krogans não possuiam naves próprias, portanto, sair do planeta requiria que o krogan fosse contratado por alguem. Era muito comum a contratação de soldados e mercenários, mas quem estaria atrás de um krogan cientista?!
Um dia, uma das naves de comércio que visitavam ocasionalmente o clã Urdnot fez um pouso forçado, em uma região selvagem ainda na área do clã. Skundar se juntou a um pequeno grupo de resgate que foram com tanques ao local onde a nave havia caído. Ao chegarem la, montaram um perímetro de segurança. A idéia era fazer o resgate dos tripulantes e da carga mais valiosa e voltarem nos tanques.
O plano falhou: a queda da nave e a movimentação dos tanques atrairam várias criaturas perigosas, o que resultou em algumas casualidades. Skundar se juntou aos demais krogans nos esforços de combate em todos os momentos que foram necessários, embora ele fosse responsável por cuidar da avaliação da estrutura da nave para um eventual resgate dela. A situação porém ficou mais feio do que o esperado, pois a região começou a ser rodeada por thrasher maws. Sair dali por terra era uma sentença de suicídio.
Por dias os tripulantes e os krogans ficaram presos naquela área, lutando contra as bestas terríveis de Tutchanka, até que pelo intelecto e astúcia de Skundar e dos outros responsáveis de engenharia, eles conseguiram consertar parte da nave usando alguns pedaços dos tanques e outras peças sobressalentes, ao menos o suficiente para a nave aguentar um vôo breve dali até a cidade Urdnot mais próxima.
Pelo seu desempenho em toda essa enrrascada, Skundar conseguiu finalmente o interesse de um contratante: um volus chamado Zada Ban, qual ele ja conhecia de uma ou outora visita no clã, mas de quem havia realmente se aproximado durante os dias que ficaram ilhados naquele lugar.

Os dias de hoje:

Após todos os preparos, Skundar partiu com Zada Ban. Estava indo para Omega.  O volus o havia contratado como seu segurança e associado em negócios. Omega não era bem o lugar que Skundar via como ideal para desenvolver sua carreira científica, mas ao menos ja era um começo fora de Tuchanka. Porém, mais surpresas ainda agurdavam por ele: ao passar pela descontaminação, foi detectado que Skundar possuía contaminação por elemento Zero, o que permitia que ele, com os implantes corretos, pudesse se utilizar de poderes biotic.
Com o auxílio de Zada Ban e seus contatos, Skundar logo conseguiu os implantes e ja começou seu treinamento para entender e controlar suas habilidades bióticas. Skundar atualmente vive com Zada Ban em Omega, supostamente trabalhando como mecânico em um pequeno negócio montado pelos dois nas proximidades do bar Afterlife.

________________________________________________
"A knight is sworn to valour

His heart knows only virtue

His blade defends the helpless

His might upholds the weak

His word speaks only truth

His wrath undoes the wicked."


                         
- The "Old Code"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Savanah
Usuário
avatar

Número de Mensagens : 400
Data de inscrição : 08/12/2012

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Sab Dez 08, 2012 10:37 am

Nome: Keila nar Maleen
Raça: Quarian
Conceito: mechanist
Virtude: Esperança
Vicio: Orgulho
Experiência: 0


Atributos.(5/4/3)

Físicos.

Força: 1
Destreza: 3
Vigor: 3

Mentais.

Inteligência: 4
Raciocínio: 2
Perseverança: 2

Sociais.

Presença: 3
Manipulação: 1
Autocontrole: 2

Tamanho: 5
Defesa: 2
Iniciativa: 5
Deslocamento: 9
Blindagem:
Percepção: 4


Vitalidade: 8
Escudo:



Habilidades.(11/7/4) (+3 Especializações).


Mentais.

Ciências: 3
Erudição:
Informática: 3
Investigação:
Medicina: 2
Ocultismo:
Ofícios: 3(Explosivos)
Politica:

Fisicos.

Armamento:
Armas de Fogo: 4 (Granadas)
Briga:
Condução: 3
Dissimulação:
Esportes:
Furto:
Sobrevivência:

Sociais.

Astúcia:
Empatia:
Expressão:
Intimidação:
Manha: 3 (Black Market)
Persuasão: 1
Socialização:
Trato com Animais:

Qualidades:
Engenhoqueiro nato: Um quarian pode comprar qualidades tecnologicas pagando metade do valor de experiencia.
Conhecimento tecnologico: Todos os quarian detém um certo nivel de conhecimento em tecnologia, especialmente de naves. Recebem naturalmente +2 de Bonus em testes de Informatica ou Oficio relacionados a naves e IAs.

Sistema Imunologico deficiente: Eras vivendo em ambiente esterelizado e controlado fez o sistema imunologico dos quarians muito fracos, por isto não conseguem viver sem suas roupas lacradas pois até mesmo um germe insignificante no ar pode ser mortal.

DNA Dextro Amino: Apesar de serem uma forma de vida baseada em carbono e respirar oxigenio, o DNA Quarian é constituido por dextro-aminoacidos, sendo a unica outra espécie com este DNA os quarians. Por causa desta constituição distinta. Quarians não podem beber ou comer nada feito para outras espécies sem provocar uma reação alergica na maioria das vezes fatal.
-Sabotagem 1 (1)
-Armadura Tech 2 (2)
-Sobrecarga 4 (4)

Defeitos


Força de Vontade: 4

Equipamento.

Omni tool

História.

A nave Marleen havia sido uma nave de pesquisa e exploração de espaço profundo de alta tecnologia, comissionada pelo governo Turian. Isso antes da guerra com os Rachni, a nave foi vendida como sulcata aguns anos depois do final da guerra e acabou sendo adquirida por um Quarian em peregrinação após um golpe de sorte em Tessia.
Apesar de estar ultrapassada em praticamente todos os sentidos os Quarians se esforçaram para reparar e reequipar a nave e em poucos meses ela estava voando ao lado do resto da Flotilla como uma nave batedoura, usando grupos de sensores extremamente poderosos para vasculhar o vazio do espaço. Keila nasceu nessa nave, uma pequena garota quarian que se apaixonou pela beleza dos radares de longo alcance, dia após dia ela se dedicava a manter a nave em funcionamento e aprender os segredos de sua tecnologia e esse talvez teria sido seu grande chamado se não fosse pelo Incidente de Copernicus - 3.
A nave havia saltado a frente do resto da flotilla para escanear o sistema de Copernicus, na orla da galáxia, quando eles se aproximavam do terceiro planeta do sistema, um gigante gasoso, a pequena Keila havia se escondido em um pequeno recesso perto do banco de sensores e sozinha, observava os influxo de dados por uma porta de entrada discreta que sua mãe havia lhe ensinado como criar a alguns meses atrás. Naquele momento a garota viu o reflexo de algo surgir no radar e ouviu o lever retumbar dos motores aumentar, parecia que eles haviam encontrado algo em órbita do planeta e o capitão dava ordem de se aproximar. Com curiosidade a garota observava atenciosamente em sua omnitool.
Então houve revelação, sem que a pequena keila soubesse, naquele momento a nave Marleen se aproximava de um cruzador leve Batarian que fazia um levantamento de dados do sistema, a nave Batarian, equipada com tecnologia superiora, detectou a nave Quarian primeiro e abriu fogo com uma rajada de misseis nucleares, os campos de força da Marleen nunca haviam sido desenhados para sobreviver a uma verdadeira batalha e caiu com os dois primeiros impactos, quatro dos misseís foram derrubados pelas defesas da nave, dois deles foram hackeados e redirecionados em tempo, porém um solitário missel atingiu a Marleen, um impacto direto que obliterou seu banco de sensores e estremeceu a nave como um todo. A pequena Keila quase morreu nesse dia, a pesada blindagem Turian ao seu redor a salvou das chamas nucleares, mas mesmo assim ela havia presenciado algo belo, algo que ela nunca poderia descrever em palavras, mas que a marcaria profundamente a jovem Quarian.

Sozinha ela começou o estudo da arte dos explosivos, devorando livros de física e química para aprender tudo que podia sobre o fenômeno, aprendendo a confeccionar desde pequenas bombas químicas as devastadoras armas nucleares, pela Flotilla ela ficou conhecida por seus shows de fogos de artifício.
Mas a vida da garota não seria marcada por apenas uma revelação, quando chegou o tempo de sua peregrinação ela partiu para a Citadel, buscando arranjar fortuna vendendo suas perícias, mas para o azar o único contrato que ela conseguiu havia sido com uma pequena empresa que estava sendo contratada pelos Turians para a criação de uma colônia.
A viagem foi longa, em uma velha nave de transportes de cargas, nada com que a Quarian não estivesse acostumada, tendo tempo de conhecer o resto da tripulação, incluindo um pequeno grupo de Quarians que também haviam sido contratados.

O trabalho no planeta era dificil, mas o pagamento era justo e a cada dia de trabalho Keila se sentia mais perto de comprar o lote de aceleradores lineares que ela desejava e também conhecia melhor os quarians com quem vivia, foi entre eles que ela conheceu Normi´naara, que viria a se tornar seu amante e confidente.

A segunda revelação veio com um estrondor, piratas atacaram o planeta, saquearam tudo que podiam e foram embora deixando para trás pilhas de corpos, Keila sobreviveu por pouco, mas passou os dias seguintes lutando contra febre e infecções, se esforçando para manter Normi´naara vivo, ele havia recebido um disparo quase fatal.
Dia e noite a jovem lutou contra a infecção que se espalhava em velocidade alarmante, se ela tivesse tido acesso a medicamentos de qualidade e equipamento médico verdadeiro, talvez ela tivesse conseguido salvar Normi´naara, mas tudo que eles haviam trazido eram antibióticos de amplo espectro e ela havia conseguido ajeitar algumas das máquinas em equipamento de suporte de vida rudimentar, mas o sistema era falho e a cada dia um pouco mais do quarian morria.
No décimo dia, Keila, já se preparando para a morte do seu amante teve uma idéia que era ao mesmo tempo brilhante e insana, mas ela não tinha tempo para se preocupar com a parte insana no momento. Frenéticamente ela começou a usar toda e qualquer parte das máquinas que ela conseguisse colocar suas mãos para construir um processador central e uma unidade de memória de alta qualidade.
Então em uma noite chuvosa ela conectou a unidade de suporte de vida de Normi´naara ao novo processador central.
Quase duas semanas mais tarde uma nave de resgate chegou a colônia para encontrar apenas uma quarian severamente desnutrida e um drone leve de construção ainda operacional, a nave deveria levá-los de volta a Citadel, onde seriam realizados inquéritos sobre o que teria acontecido, mas em uma parada para reabastecimento em Omega a quarian e seu drone desapareceram sem deixar traços.
Keila sabia que as outras pessoas nunca iriam entender a sua genialidade, ela havia conseguido criar algo sem precedentes, a perfeita fusão de orgânico e sintético, seu amado estava vivo dentro do invólucro do Drone, agora tudo que ela precisava era descobrir como traze-lo de volta em uma forma mais orgânica.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Sex Dez 14, 2012 10:36 pm

Nome: Kiohan
Raça: Salarian
Conceito: Comerciante de Informações
Virtude: Fé
Vício: Orgulho
Experiência: 10 (Background)

Físicos:

Força O
Destreza OOOO
Vigor OO

Mentais

Inteligência OOOO
Raciocínio OO
Perseverança OO

Sociais

Presença O
Manipulação OO
Autocontrole OOO

Tamanho: 5
Defesa: 4
Iniciativa: 7
Deslocamento: 10
Blindagem:
Percepção: 5
Vitalidade 7
Escudo 3

Mentais

Ciências O
Investigação OOOO
Política OO
Informática OOOO

Físicos

Armas de Fogo O
Dissimulação OOO
Furto OO

Sociais

Expressão O
Persuasão OO
Manha O

Qualidades

Memória Eidética (2pt)
Contatos (2pt)
Recursos (2pt)
Habituè (1pt)

Força de Vontade 4

Equipamento
- Armadura Leve
- Omni Tool + Dispositivo de Hacker (nem sei se posso comprar, me diz aí)

História.

O universo é vasto e cheio de segredos, e há pessoas que vivem deles, há pessoas que pagam por eles, há pessoas que matam por eles. E eu... ah, eu vivo de segredos. Mas não quaisquer segredos, os segredos que eu descubro, guardo e, às vezes, vendo, têm potencial para abalar sistemas e galáxias. Eu me chamo Kiohan e sou um comerciante de informações, um nome bonito para alguém que fuça os podres dos grandes e vende para outros grandes. Isso rende um bom dinheiro, mas rende também a adrenalina necessária para se viver como eu gosto de viver.
Eu não sei exatamente quando nasci, nem onde nasci, nem se tenho pais, ou se já os tive algum dia. Devo ter aproximadamente 14 ou 15 anos de vida, talvez mais, talvez menos, mas isso não me importa. Tudo o que eu conheço e que me importa hoje são segredos do submundo da política e da guerra. Minha primeira lembrança já remete ao treinamento para ser o que sou hoje. E assim tem sido minha vida desde então. Não me faz falta qualquer lembrança afetiva ou emocional, eu não preciso dessas coisas. Só preciso ser bom naquilo que faço e, modéstia à parte, eu sou muito bom naquilo que faço. Conheço as pessoas certas e detenho os recursos financeiros e tecnológicos necessários. Nada do que precisei fazer até hoje foi impossível para mim. Eu estou onde outros não conseguem estar, eu descubro coisas que outros levariam uma vida para descobrir.
Eu vivo rapidamente, e também mato rapidamente se for preciso, embora eu goste de trabalhar sem deixar sujeira. Ah, e por falar em trabalho, eu trabalho para o Shadow Broker. Você não sabe quem ele é? Que bom, continue sem saber, pois nem eu mesmo sei, e não se deve falar disso abertamente. E trabalho também aqui ou acolá, para esta organização ou aquele governo, conforme a minha conveniência, conforme a necessidade, ou conforme o nível do meu tédio. Nada me importa verdadeiramente, a não ser a diversão e o desafio. Minha mente anseia sempre por novos segredos a serem descobertos: quanto mais impossíveis pareçam, melhores são para mim. Eu gosto de saber que sou mais inteligente e capacitado que a maioria, mas gosto também de encontrar desafios e adversários à minha altura. E gosto principalmente de vencer, embora tenha consciência de que nem sempre isso é possível. Contudo, nenhuma derrota é perene, de forma que se hoje eu perco, amanhã certamente ganharei, tudo é questão de tempo... e de perspectiva.
Eu nunca me divirto, ou raramente me divirto, sem que tenha algum desafio ou missão. Concretizar o improvável é o combustível que me move rumo ao fim da linha. Eu gosto de ser posto à prova, de saber que há algum muro intransponível que ninguém mais conseguiu ultrapassar. Gosto de chegar ao outro lado e perceber, mais uma vez, com obviedade, que eu sou mais capaz que os demais. Essa é a heroína que me mantém de pé. Por isso gosto tanto do que faço. Jamais falhei em uma missão até hoje e sempre deixei bons contatos por onde passei. Isso só torna as coisas mais fáceis, dia após dia. No futuro, serei o maior dentre os maiores... é isso que me move.
Essa é minha realidade, minha existência. Eu não vejo outra razão para viver, que não seja essa. Portanto, nada se oporá entre mim e meu objetivo. Uma vez que eu tenha algum em vista, somente após alcançá-lo eu pararei. Assim agem os melhores, e eu definitivamente estou entre os melhores. Se você não acredita, azar o seu, mas nunca fale alto demais quando eu estiver por perto... eu posso descobrir algo que você quer muito esconder.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Bidy
Moderador
Moderador
avatar

Número de Mensagens : 1466
Idade : 28
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 23/11/2010

MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   Qua Abr 24, 2013 4:29 pm

Nome: Snogard
Raça: Quarian
Conceito:
Virtude: Fé
Vicio: Ira.
Experiencia: 8 (Background)


Fisicos.

Força: 1
Destreza: 3
Vigor: 2

Mentais.

Inteligencia: 3
Raciocinio: 3
Perseverança:2

Sociais.

Presença: 1
Manipulação: 3
Autocontrole: 3

Tamanho: 5
Defesa: 3
Iniciativa: 6
Deslocamento: 9
Blindagem: (Vide armadura).
Percepção: 6

Mentais.

Ciências: 3
Erudição:
Informática: 3
Investigação: 2
Medicina: 3
Ocultismo:
Ofícios:
Politica:

Fisicos.

Armamento:
Armas de Fogo:2
Briga:
Condução:
Dissimulação:
Esportes:
Furto:1
Sobrevivencia:1

Sociais.

Astúcia:2
Empatia:1
Expressão:
Intimidação:
Manha:
Persuasão:2
Socialização:2
Trato com Animais:

Qualidades.

Camuflagem: 2
Sobrecarga: 2
Bom senso: 2
Sabotagem: 1

Força de Vontade: 5

Snogard está longe da flotilha a aproximadamente dois ou três mêses. Através da observação e interação com outras raças ele chegou a algumas sérias conclusões. A primeira delas é que os ancestrais dele não deveriam ser idolatrados. A segunda é que ele jamais voltaria para a flotilha. Enojava-o ter que retornar para um lugar onde todos idolatravam um bando de, por falta de expreções melhores, inéptos e ignorantes.
Ele havia decidido que encontraria uma forma de poder viver fora da roupa lacrada dele, mesmo que isso o tranformasse em algo diferente do que se conhece por ‘Quarian’. Amigável com todas as raças, ele se recusa a ficar em bons termos com qualquer outro Quarian que idolatre, rspeite ou não concorde com ele que os ancestrais não merecem a idolatria que recebem.
Prefere manter distância quando em situação de combate, mas sempre que possível, evita.

________________________________________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://z6.invisionfree.com/Mundo_das_Trevas/index.php?s=6f82bdff
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ficha dos Personagens   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ficha dos Personagens
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Flowchart de relacionamento dos personagens do Nasuverso
» [NEWS] Novos Personagens confirmados para Playstation All-Stars Battle Royale!
» [Vídeo]Comercial do PS3 com personagens!
» Personagens de Bakuman ganham miniaturas
» Tem personagens de anime que muita gente gosta mas que te irrita?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Mass Effect :: Codex: Informações e Area OFF-
Ir para: