Mundo RPG

O Lar do Rpgista Brasileiro
 
InícioInício  PortalPortal  GaleriaGaleria  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Dom Dez 05, 2010 2:57 pm

Algum lugar no Descampado de Rohan – 10 de Março do ano 220 da Quarta Era

Uma noite sem estrelas havia caído sobre os cavaleiros que acampavam em meio ao descampado. Várias pequenas tendas denunciavam a presença de pelo menos uma centena de homens. Na realidade, havia cento e cinqüenta. Era um Éored de Rohan, composto por 150 guerreiros habilidosos no uso da espada e da lança, especialistas em lutar sobre os cavalos. Sua função, naquele momento, era patrulhar o descampado, mas não por ordem do Rei.

O jovem e rebelde Marechal da Terra dos Cavaleiros, Éomer, tinha nome de rei, e pertencia a uma casa real. Dotado de coragem e determinação que era marcante nos grandes líderes. E por isso liderava 150 homens, contra as ordens do rei, que não havia permitido sua partida. Mas Éomer sabia que coisas estranhas estavam acontecendo em Rohan. Não era raro encontrar marcas de pés pesados nos verdes gramados da Terra dos Cavaleiros. E aquilo eram pegadas de orcs. Ora, orcs andando por Rohan não poderia ser boa coisa nunca. Eles temiam os Cavaleiros, mas se ainda sim ousavam trafegar por aquelas terras, então havia algo maior em ação. Era fácil perceber.

Naquela noite os homens estavam inquietos, pois vários rumores de batalha chegaram até seus ouvidos. Somente as palavras tranqüilizadoras de Éomer tiveram o poder de acalmá-los. Ainda sim, vários ficaram de guarda durante a noite, a pedido do capitão Gulfwine, guerreiro leal a Éomer e seu braço direito, primeiro em comando após o Marechal.

Mas o Marechal foi acordado quando a noite já ia alta. Gulfwine estava ali ao seu lado balançando-o gentilmente:

- Éomer, desculpe-me acordá-lo. Preciso que veja uma coisa.


Spoiler:
 

________________________________________________
Devagar e sempre...


Última edição por Arvedui em Seg Dez 06, 2010 12:25 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Dom Dez 05, 2010 9:57 pm

Éomer já sentia alguém ali.
Estava acordado quando Gulfwine lhe toca.

- Estou acordado. - disse com voz cansada. - É algo alarmante, ou posso me vestir?

Eomer ia se levantando, mesmo de ceroulas.
Não aguentava saber que a Lenda de Orcs andando livremente por Rohan depois de tanto tempo.


________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Seg Dez 06, 2010 5:36 pm

O homem fica meio sem jeito com a resposta do príncipe, mas o espera vestir-se. Quando finalmente Éomer sai da tenda, Gulfwine já o está esperando, expressão muito séria no rosto e rugas de preocupação na testa. Os dois homens caminham na noite fria, suas respirações produzindo pequenas nuvens de fumaça quando expiram o ar. Pouco tempo depois o acampamento há havia ficado algumas centenas de metros atrás.

Lá adiante, Éomer podia divisar, graças à luz de uma tocha, as figuras enormes de dois robustos cavaleiros de Rohan. Aos pés dos cavaleiros havia duas sombras até o momento indefinidas. Somente quando estavam a poucos passos da luz da tocha é que Éomer pode ver que eram orcs: dois deles, cada um com um buraco do tamanho de uma tangerina no pescoço ou nas axilas, feitas pelas lanças mortais dos Cavaleiros de Rohan, e de onde saía um sangue negro que tingia os verdes gramados da Terra dos Cavaleiros.

- Dois orcs! Nossos batedores os pegaram rondando as cercanias do acampamento e os abateram. Orcs não vem à Terra dos Cavaleiros para tirar férias em casais senhor. Com certeza há mais deles por aí.

Gulfwine parecia tão irritado quanto Éomer. Saber que os malditos guinchadores andavam livremente e sem medo por aquelas terras já era ruim, mas saber que o Rei não acreditava nos constantes avisos de Éomer e seus homens era revoltante.

-Que devemos fazer senhor?

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Sab Dez 18, 2010 7:05 pm

A noite fria acordava Éomer.
Ainda coçava os olhos quando viu os dois Orcs.
Estava cansado, o dia anterior foi muito exaustivo.
Porém quando os vê, seu sangue ferve e a adrenalina o acorda de vez.

Éomer nada fala enquanto Gulfwine fala.

Sua resposta vem logo a tona - Vamos acordar os Roherin e vamos formar dois grupos, e achar esses malditos. - disse em tom firme e sério.

Éomer não estava com sua armadura, mas voltava para sua tenda apanhá-la.
- Acordem todos, podemos estar sendo alvos de uma emboscada. Logo seus passos vão se distanciando dos cavaleiros, enquanto ouve eles acordando seus homens...

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Qua Nov 28, 2012 6:22 pm

Em questão de minutos todo o Éored estava pronto. 150 habilidosos lanceiros roherim prontos pra perseguir, alcançar e matar quaisquer orcs num raio de milhas. Desde que Éomer havia partido de Edoras contra as ordens do Rei, nenhum orc havia cruzado Rohan e permanecido vivo. Os homens sob o comando do jovem Marechal sabiam que não seria agora que isso aconteceria. Éomer inspirava confiança e lealdade em seus homens. Todos ali seriam capazes de dar a vida pelo seu Marechal e por Rohan: e ali estavam os melhores do reino.

Os batedores voltaram rapidamente, e enquanto Éomer vestia a armadura e preparava o cavalo, Gulfwine os escutou. Quando veio ter com Éomer sua expressão não era das melhores.

- Éomer, os batedores que enviei retornaram e relataram um grupo grande de orcs indo em direção à Floresta de Fangorn. - o homem não parecia confortável ao dizer aquilo - Pretende mesmo segui-los para aquele local? Dizem que Fangorn é perigosa. Desde a guerra do Anel ninguém se aproxima de lá...

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Qui Nov 29, 2012 7:22 pm

Subindo em seu cavalo branco, sangue puro e criado desde potro, Éomer o alisa, agradecendo por seu desempenho.

Ao ouvir Gulfwine questionando com receio a Floresta de Fangorn, sobe em seu cavalo e começa a trotar com ele na frente dos roherim...

- Cavaleiros de Rohan...meus irmãos...a Floresta é perigosa?? E nós? O que somos então? - disse em voz alta, mas sem atcá-los, apenas com palavras para incentivo - Não podemos deixar que nossos medos sejam maiores do que nossa coragem...Estamos numa única missão, proteger nossas famílias dessa ameaça Orc...e se os malditos porcos se escondem embaixo de uma raiz da árvore mais alta de Gangorn....eu mesmo o arracarei de lá e deixarei sua cabeça exposta...
Éomer saca sua espada da bainha

- Nós somos donos de nossas terras....E QUEM VAI NOS IMPEDIR? - erguendo-a, esperando uma resposta coletiva

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Sex Nov 30, 2012 12:39 pm

Após as palavras de Éomer uma chuva de lanças se ergue batendo nos escudos e gritando vitória na língua dos Rohirim, enquanto outros gritavam "Salve Éomer!". Mas todos observavam seu líder com um fogo nos olhos e o desejo de poder, mais uma vez, lutar e vencer ao seu lado. Essa era a natureza dos guerreiros de Rohan: lealdade e coragem aliadas a uma perícia mortal com a lança.

Rapidamente a cavalgada iniciou. Gulfwine ia do lado direito de Éomer, como seu braço direito. A sombra do temor já havia abandonado sua face, agora havia apenas o fogo da batalha em seus olhos. Todos os grandes corcéis pareciam trotar no mesmo ritmo, seguindo o mesmo passo, de modo que os cavaleiros pareciam apenas sombras cinzentas se movendo madrugada adentro.

Não demorou muito até que encontrassem os primeiros rastros dos orcs. Como sempre, as criaturas marchavam pesadamente, deixavam marcas visíveis no caminho. Estavam a pé, o que significava que rapidamente os rohirim os alcançariam. E isso não demorou a acontecer. Pouco mais de duas horas após terem partido, os cavaleiros puderam avistar, de longe, as primeiras luzes do acampamento orc. Realmente estavam muito próximos à floresta de Fangorn. O que estavam fazendo ali, ninguém saberia dizer.

- Eles já notaram nossa presença, senhor. É difícil precisar os números, mas eles devem estar em pelo menos duas centenas, e há Uruk-Hai entre eles, provavelmente liderando. Isso deve dar algum desafio. - relatou Gulfwine após colher os dados durante alguns minutos - Pretende atacá-los agora, ou esperará pelo sol?

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kleiner
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1810
Idade : 32
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Sex Nov 30, 2012 4:01 pm

Éomer dá uma pequena olhada para seu fiel amigo e abre um leve sorriso.
- Senhores de Rohan....lhes ofereço duas cabeças de Orcs para cada um de vós...tenham cuidado, redobrem sua atenção e libertem sua ira diante destes porcos e imundos....Deixem pelo menos um Uruk vivo...quero ter o prazer de torturá-lo até saber o que fazem em nossas terras...

- AVANTE ÉOLINGANS - Berrou, sacando sua espada e cavalgando a toda velocidade, com sangue nos olhos.
Começa a observar por onde ir com seu cvalo, para matar o maior número possível de inimigos.

Lutar a luz da Lua lhe dava a liberdade que desejara.
Sem limites. Sem piedade. Sem o calor para castigá-los....seria uma batalha interessante...porém não duradoura...

________________________________________________

WhatsApp 41 9886 1050
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://mundorpg.forumbrasil.net
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Ter Dez 04, 2012 8:13 am

A noite ajudaria os rohirim, pois o luar proporcionava boa luz para a batalha. Claro que essa era a hora preferida dos orcs, mas Éomer era ousado o suficiente para atacá-los ainda durante a noite. De todo modo, a aurora não tardaria... era provável que o final da batalha fosse banhado pelos primeiros raios de sol, o que deixaria os orcs desesperados.

Há algumas centenas de metros de distância os orcs já se preparavam para a batalha. Éomer podia escutar seus gritos e xingamentos em sua língua terrível e grosseira. Os orcs pareciam esperar uma investida por parte dos rohirim, pois pareciam mais organizados. Haviam montado um acampamento bem equipado, com uma formação que permitia perceber a aproximação dos rohirim de onde quer que viessem.

Quando Éomer dá o grito final e os cavaleiros de Rohan iniciam seu ataque mortal, os orcs já estão preparados. Cimitarras em punho, elmos na cara, escudos a postos. Seria um massacre, ninguém conseguia resistir a pé aos cavaleiros de Rohan, e aqueles orcs não possuíam montarias. Mesmo assim, havia uma fúria guerreira em seus olhos, o que só aumentou a sede de batalha dos Eorlingas.

Não tardou para que as duas hostes se encontrassem. Logo no primeiro assalto dos cavaleiros de Rohan, dezenas de orcs caíram mortos, praticamente toda a linha de frente, composta apenas por orcs menores. Penetrando mais fundo na primeira linha dos orcs, os Rohirim puderam avistar os primeiros Uruk-hai. Eram enormes, quase da altura dos cavalos montados pelos cavaleiros.

Um deles, sacando uma cimitarra absurdamente grande, partiu o pescoço do cavalo de Gulfwine, que cavalgava ao lado de Éomer. O capitão caiu com um estrondo no chão, de um lado, e o cavalo sem cabeça de outro. Enquanto mais dois Uruks, menores que o primeiro, o cercavam. Por fim, Éomer pode ver Gulfwine levantando-se, de espada na mão, para defrontar três uruk-hai, enquanto a sua volta, vários orcs menores eram massacrados pela perícia dos cavaleiros de Rohan. Apenas os uruks gigantes pareciam representar algum desafio. Estavam matando muitos cavalos e alguns cavaleiros.

Spoiler:
 

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Arvedui
Administrador
Administrador
avatar

Número de Mensagens : 1799
Idade : 104
Localização : Mundo da Lua
Data de inscrição : 13/07/2008

MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   Seg Nov 25, 2013 1:20 pm

Cara, posta aqui, por favor: http://mundorpg.forumbrasil.net/t101-cacando-orcs-capitulo-i-liu#10093

Não esqueça de dar uma lida no Spoiler, pra entender o que eu fiz.

________________________________________________
Devagar e sempre...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lanças e Cimitarras [Capítulo I - Kleiner]
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Caçador do Vazio - Capítulo - 4 - Irmão Caçador.
» Fic - A Legião - CAPÍTULO 5 POSTADO!
» A Rainha das Lâminas - Capítulo - 2 - O Véu de Raiva.
» TKCast Leitura de Capítulos #05 - Capítulo 5
» Cajado da Redenção - Capítulo 09 - Confissão.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Mundo RPG :: Senhor dos Anéis :: Crônicas de Arda-
Ir para: